Radioisótopos

Radioisótopos é o nome dado aos isótopos radioativos, como, por exemplo, o urânio e o hidrogênio.

Os Radioisótopos se referem a Isótopos que emitem radiação, ou seja, Isótopos radioativos.

Isótopos são átomos com o mesmo número atômico e diferente número de massa, mas como saber se são radioativos?

Conheça alguns:

Isótopos do Hidrogênio: 

 

Observe que os isótopos do elemento Hidrogênio possuem o mesmo número atômico (1), mas diferentes massas. O isótopo com massa 1 é o mais comum e não é radioativo. Já o isótopo com número de massa 2 é radioativo e dá origem às bombas de hidrogênio, e o isótopo com massa 3, ocorre em quantidades menores e é também radioativo.

Isótopos do Carbono:



O isótopo de Carbono 14 é um radioisótopo artificial, embora também exista na atmosfera, já o Carbono 12 é o mais comum na natureza, está presente no diamante, na grafite, etc.

O Carbono 14 é responsável por decifrar a idade de fósseis antigos, e por isso é elemento base na Arqueologia.

Isótopos do Urânio:



O isótopo de Urânio 238 não é radioativo, mas o 235 sim, e é usado para construir os reatores nucleares e as bombas atômicas.

Isótopos do Cobalto:



O Cobalto com número de massa 59 é o isótopo natural, já o Cobalto 60 é fabricado de modo artificial pelo bombardeamento do isótopo 59 com nêutrons. Este último é aplicado no tratamento de tumores. Veja a figura que ilustra o processo de bombardeamento do átomo de Cobalto:


Repare que um nêutron (indicado pela seta vermelha) colide com o núcleo de Cobalto modificando-o, neste instante ele adquire a propriedade radioativa e passa a emitir raios gama (indicado pela seta preta à direita).

O Cobalto 59 possui 27 prótons e 32 nêutrons (27+32 = 59), com o ganho de mais um nêutron passa a adquirir massa total = 60.

Os radioisótopos são muito úteis na agricultura, na engenharia, na medicina, etc., é importante lembrar que apresentam um alto grau de periculosidade e por isso são manipulados somente com o auxílio de robôs.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Veja mais!

Bomba atômica
– isótopos usados para efeitos maléficos. 

Publicado por: Líria Alves de Souza
Assuntos relacionados
Radiações Alfa, Beta e Gama
Radiações invisíveis aos olhos humanos, mas de extrema importância.
Qual a potência da bomba de hidrogênio?
Bomba de hidrogênio
Você sabe o que é uma bomba de hidrogênio? Clique aqui e entenda!
Radioatividade natural e a artificial, como surgiu cada uma delas?
Radioatividade natural e artificial
Origem das diferentes radiações.
Chaveiro contendo o elemento radioativo trítio.
Descoberta da meia vida
Capacidade dos elementos de emitir radiação.
Frederic Soddy estudou as emissões alfa e criou a primeira lei da radioatividade, que leva seu nome
Primeira Lei de Soddy
Conheça a lei de Soddy, que constitui a primeira lei da radioatividade, cujo enunciado explica a transformação que ocorre quando um átomo emite partículas alfa.
A radioatividade possui diversas aplicações benéficas à agricultura
Radioatividade na Agricultura
Conheça técnicas envolvendo o uso da radioatividade que são empregadas na agricultura, tais como a preservação de alimentos e o controle de pragas.
Quando o núcleo de um átomo é instável, ele sofre decaimento radioativo natural
Decaimento radioativo natural
Descubra por que ocorre o decaimento radioativo natural somente em determinados elementos químicos.
Frederick Soddy propôs as leis da radioatividade *
Leis da radioatividade
Conheça as leis da radioatividade e como elas explicam a formação de um novo elemento químico a partir de emissões radioativas!
Tsar Bomba (réplica) no Museu de Bombas Atômicas de Sarov
Variantes da bomba atômica
Conheça os tipos de reação nuclear