Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Biologia
  3. Imunologia
  4. A descoberta da penicilina

A descoberta da penicilina

A descoberta da penicilina se deu de forma acidental, pelo médico e bacteriologista escocês Alexander Fleming, em 1928. Pesquisando substâncias capazes de combater bactérias em feridas, esqueceu seu material de estudo sobre a mesa enquanto saía de férias. Ao retornar, observou que suas culturas de Staphylococcus aureus estavam contaminadas por mofo e que, nos locais onde havia o fungo, existiam halos transparentes em torno deles, indicando que este poderia conter alguma substância bactericida.

Ao estudar as propriedades deste bolor, identificado como pertencente ao gênero Penicillium, Fleming percebeu que ele fornecia uma substância capaz de eliminar diversas bactérias, como as estafilococos: responsáveis pela manifestação de diversas doenças, tanto comuns quanto mais graves. A substância recebeu o nome de “penicilina”.

Tal achado, comprovadamente inofensível para as células animais, foi isolado, concentrado e purificado em laboratório alguns anos depois, por Howard Florey e Ernst Chain. Na época da Segunda Guerra Mundial, esta substância foi produzida em larga escala, por fermentação, salvando milhares de vidas.

A penicilina tornou-se disponível para a população civil na década de 40: mesma época em que os três pesquisadores ganharam o prêmio Nobel de Medicina por suas descobertas, estas capazes de impedir a morte e complicações de doenças como pneumonia, sífilis, difteria, meningite, bronquite, dentre outras.

Atualmente a penicilina é utilizada de forma menos frequente em razão de seu uso indiscriminado – causando a seleção das bactérias e consequentemente, ao longo do tempo, resistência a este antibiótico. Assim, hoje a Amoxicilina é o antibiótico mais amplamente utilizado no tratamento de doenças bacterianas. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Alexandre Fleming: o pesquisador que descobriu o poder dos fungos do gênero Penicillium.
Alexandre Fleming: o pesquisador que descobriu o poder dos fungos do gênero Penicillium.
Publicado por: Mariana Araguaia de Castro Sá Lima
Assuntos relacionados
O nosso corpo conta com um eficaz sistema de defesa interno, comparável a um exército bem organizado e aparelhado
Características do sistema imunológico
Saiba mais sobre as células que compõem o sistema imunológico e a função de cada uma delas.
O linfócito é uma célula esférica com grande núcleo
Linfócitos
Saiba mais sobre os linfócitos, células especializadas na defesa do organismo por meio da produção de anticorpos e outras substâncias.
As superbactérias são um grande problema de saúde em virtude do difícil tratamento
Superbactérias
Entenda por que as superbactérias constituem um grave problema nos hospitais brasileiros e do mundo.
Vacinas
Você sabe o que são vacinas? Clique aqui e descubra o que são esses produtos, como agem em nosso corpo e sua importância.
A vacina contra a gripe é bastante eficaz.
Vacina contra a gripe
Que tal aprender mais sobre a vacina contra a gripe? Clique aqui, tire suas dúvidas e conheça alguns mitos e verdades sobre essa vacina.