Whatsapp icon Whatsapp

Classificação dos fungos

Podemos realizar a classificação dos fungos em sete filos: Chytridiomycota, Neocallimastigomycota, Blastocladiomycota, Microsporídia, Glomeromycota, Ascomycota e Basidiomycota.
Os fungos do filo Basidiomycota são conhecidos como cogumelos
Os fungos do filo Basidiomycota são conhecidos como cogumelos

Os fungos são organismos agrupados, segundo a classificação de Whittaker, no Reino Fungi. Esses organismos podem ser encontrados em diferentes ambientes e são importantes ecologicamente, pois realizam o papel de decompositores, e também economicamente, pois são usados desde a medicina até em nossa alimentação. Além disso, alguns fungos destacam-se porque causam doenças.

Principais características dos fungos

Os fungos são organismos unicelulares ou multicelulares que apresentam células eucariontes, ou seja, com núcleo delimitado por membrana. Esses organismos são heterotróficos, não apresentando plastos ou qualquer pigmento fotossintetizante. A hifa é a unidade estrutural dos fungos e seu conjunto é denominado de micélio, que, por sua vez, é responsável pelo desenvolvimento do fungo e pela absorção de nutrientes.

Classificação dos fungos

Os fungos podem ser classificados em diferentes filos. Aqui consideraremos sete filos, os quais estão descritos a seguir:

Chytridiomycota: Nesse grupo a grande maioria de seus representantes é de água doce, com poucas espécies marinhas e terrestres. Como característica mais marcante, observa-se a presença de uma estrutura de propagação no ambiente aquático flagelada (zoósporo flagelado).

Neocallimastigomycota: Esses fungos anaeróbios são encontrados, em sua maioria, vivendo no sistema digestório de mamíferos herbívoros. Produzem zoósporos não flagelados.

Blastocladiomycota: São fungos encontrados no ambiente aquático, solo e parasitando insetos. Possuem reprodução sexuada por meio da fusão de gametas e reprodução assexuada com zoósporo com apenas um flagelo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Microsporídia: Fungos que não possuem mitocôndria e flagelos e que são parasitas obrigatórios de animais.

Glomeromycota: Esses fungos vivem em associação mutualística com as raízes de algumas plantas. Nessa associação, a planta fornece nutrientes para o fungo provenientes da fotossíntese, e o fungo absorve água, nutrientes e minerais do solo e transfere-os para a planta. Esse filo de fungos é recente e foi proposto em 2001.

Ascomycota: É o maior grupo de fungos existente. Estima-se que cerca de 75% dos fungos descritos pertençam a esse grupo, estando registradas mais de 32.000 espécies. Eles são encontrados na natureza como parasitas, saprófitos e formando líquens. Nesse grupo, observa-se a estrutura de propagação conhecida como asco, a qual possui ascósporos (esporos sexuados).

O filo Ascomycota corresponde ao maior filo dos fungos
O filo Ascomycota corresponde ao maior filo dos fungos

Basidiomycota: Esse grupo é tradicionalmente conhecido como cogumelos orelhas-de-pau e são considerados como os mais evoluídos do reino em virtude de sua complexidade. São fungos terrestres, em sua maioria. Formam, por reprodução sexuada, uma estrutura conhecida como basídio, o qual contém basidiósporos (esporos sexuados). Os fungos desse grupo são macroscópicos e diferenciam-se pela forma, coloração e tamanho.

Publicado por Vanessa Sardinha dos Santos
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

Candida albicans: responsável pela candidíase.
Blastomicose, candidíase e criptococose
Breves informações sobre a blastomicose, candidíase e criptococose: doenças fúngicas.
Fungos: orelhas-de-pau (pluricelular) e leveduras (unicelular)
Características gerais dos fungos
Fungos, Bolores, Organismos eucariontes, Células nucleadas, Leveduras, Cogumelos, Quitina, Polissacarídeo nitrogenado, Heterotróficos, Sapróbios, Hifas, Micélio, Hifas septadas, Hifas cenocíticas, Reprodução sexuada, Aeróbios e anaeróbios.
Os principais representantes dos fungos são os bolores, as orelhas-de-pau e as leveduras
Fungos
Veja aqui algumas características dos fungos: seres eucarióticos e heterotróficos.
Ação do fungo penicillium sobre bactérias estafilococos
Importância dos fungos
Aplicação de fungos na medicina, indústrias e pesquisas em geral.
Queijo roquefort
Importância dos fungos na alimentação e meio ambiente
Descubra como os fungos são importantes no nosso dia a dia.
Os liquens são organismos muito simples que conseguem sobreviver em vários ambientes
Liquens
Veja aqui o que são liquens e qual a sua importância ecológica e econômica.
Mutualismo
Veja o que é mutualismo e como essa relação harmônica funciona através de exemplos.
video icon
Química
Ligações Químicas no Enem
As ligações químicas podem ocorrer de duas formas: entre átomos/íons ou moléculas. Elas resultam em características e propriedades que são bastante exploradas nas provas do Enem. Se liga na aula de hoje, que consiste em uma breve revisão sobre as ligações químicas, além de mostrar como elas já foram cobradas nas edições anteriores do Enem.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Genitive Case
É hora de aperfeiçoar sua gramática na Língua Inglesa. Assista!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Sociologia
Democracia racial
Você sabe o que significa democracia racial? Clique e nós te ensinamos!
video icon
Tigres Asiáticos
Geografia
Tigres Asiáticos
Assista à nossa videoaula sobre os Tigres Asiáticos, e conheça as razões do desenvolvimento rápido desses territórios.