Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Biologia
  3. Biologia Evolutiva
  4. Semelhanças entre o chimpanzé e o homem

Semelhanças entre o chimpanzé e o homem

Existem semelhanças entre o chimpanzé e o homem. Cerca de 98% dos genes dos chimpanzés assemelham-se com os do homem.

A investigação de semelhanças entre o comportamento dos seres humanos em comparação aos dos chimpanzés perdura há várias décadas. Mesmo conjugando essas duas espécies igual ramo evolutivo, separadas por 4 milhões de anos de adaptação distinta, guardam menos de 2% de diferença genética, isso quer dizer que seus genes se assemelham em 98%.

Entretanto, a ciência diante dessa aproximação genética, compreende que ainda é polêmica a concepção de um paralelo entre os chipanzés e os humanos, existindo vários paradigmas não compreendidos.

Para alguns pesquisadores, os chipanzés, em algum estágio evolutivo tiveram bloqueado o incremento da inteligência num momento anterior à criação de uma linguagem (comunicação gestual e sonora). Isso quer dizer que os macacos podem apenas copiar um comportamento com a repetição de gestos ou a “escolhas” de símbolos sem significado comum entre a população e muito menos propagável hereditariamente.

Contudo, há quem considere que esses primatas possuem aptidões mentais como as de uma criança de 4 anos de idade. Experiências demonstraram que são capazes de expressões envolvendo raciocínio lógico e de aprendizagem, comunicando-se através de sinais e símbolos gráficos mediados por interpretação computadorizada.

Recentes descobertas evidenciam que os chimpanzés conseguem desenvolver cultura própria, reforçando a similaridade com o homem.

Em demonstrações realizadas pelo primatologista Andrew Whiten, com relação ao estilo de vida adotado por um grupo de animais, esclarece que os hábitos comportamentais podem ser aprendidos e não puramente herdados.

Com base nas características anatômicas: rotação e liberdade de movimentos dos ombros e dos braços, a habilidade das mãos, tendo o primeiro dedo oponível funcionando como pinças para agarrar, foi possível o desenvolvimento de técnicas e ferramentas empregadas para caçar insetos, bem como abrir nozes, misturar alimentos e manter comunicação entre os membros do grupo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Consideráveis parâmetros despertam estudos comparativos, genéticos e comportamentais correlacionados às semelhanças existentes entre o chimpanzé e o homem.

O cuidado parental da espécie.
O cuidado parental da espécie.
Publicado por: Krukemberghe Divino Kirk da Fonseca Ribeiro
Assuntos relacionados
A escala geológica e as teorias segundo a especiação das espécies.
Gradualismo e Equilíbrio Pontuado
Linhas de pensamento a respeito da origem de novas espécies.
A gênese das espécies: aproximação ou distinção de características.
Anagênese e Cladogênese
O aperfeiçoamento das características de uma população ou a separação da mesma em clados distintos.
A gradativa configuração biótica dos ambientes.
A biodiversidade evolutiva do ambiente marinho e terrestre
A diferença entre os ecossistemas e a estrutura das populações.
Os tentilhões sofreram isolamento geográfico
Isolamento geográfico
Compreenda como o isolamento geográfico pode resultar na formação de novas espécies.
Os fósseis são registros que indicam que ocorreram mudanças nos seres vivos ao longo do tempo
Evidências da evolução
Conheça as principais evidências da evolução e entenda por que as teorias evolutivas são tão aceitas atualmente pela comunidade científica.
Organismos diferentes com fisiologia estrutural semelhante.
Analogia e Homologia
A função exercida por estruturas semelhantes ou diferentes (morfologia), conforme a origem embrionária e o parentesco entre as espécies.
Filogenia das Pantheras: leão, leopardo, onça, tigre e leopardo-das-neves.
Panteras e teorias de distribuição do grupo
A relação entre o parentesco entre os indivíduos deste gênero e seus padrões de distribuição.
Crossing-over: um evento responsável pela variabilidade genética de uma população.
Teoria sintética da evolução
Abordagem que alia evolução e genética para explicar a origem da diversidade.