Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Biologia
  3. Biologia Evolutiva
  4. Analogia e Homologia

Analogia e Homologia

Em biologia, o estudo evolutivo das espécies extintas e viventes, tem como auxílio os parâmetros análogos e homólogos de órgãos semelhantes, em espécies com considerável distanciamento genealógico, sendo a diferença:

Órgão Análogo → aqueles que desempenham a mesma função em certas espécies, apesar de terem origens embrionárias diferentes, ou seja, as células se diferenciam de folhetos embrionários distintos (mesoderma, endoderma e ectoderma), representando apenas semelhança morfológica entre estruturas, em função de mecanismos adaptativos correlacionados à execução requerida pelo mesmo, por exemplo, as asas das aves e dos insetos, diferentes quanto à origem, mas adaptadas ao vôo.

Órgãos Homólogos → aqueles que possuem a mesma origem embrionária e desenvolvimento semelhante em diferentes espécies, embora em alguns casos possa exercer funções diferentes em diferentes espécies, como os membros anteriores de vertebrados terrestres: o braço do ser humano, as asas de um morcego, a nadadeira de uma baleia e a pata dianteira de um cavalo.
Organismos diferentes com fisiologia estrutural semelhante.
Organismos diferentes com fisiologia estrutural semelhante.
Publicado por: Krukemberghe Divino Kirk da Fonseca Ribeiro
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

(PUC-SP-2002) As semelhanças encontradas entre dois animais aquáticos como o golfinho e o tubarão indicam evolução

a) convergente, pois esses animais são filogeneticamente distantes e apresentam adaptações semelhantes.

b) divergente, pois esses animais apresentam homologias indicadoras de parentesco.

c) convergente, pois esses animais apresentam homologias indicadoras de parentesco.

d) divergente, pois esses animais apresentam analogias indicadoras de parentesco.

e) convergente, pois esses animais são filogeneticamente próximos e apresentam adaptações semelhantes.

Questão 2

As asas do morcego e as asas de um inseto apresentam a mesma função: garantir o voo desses dois animais. Essas estruturas, apesar de possuírem a mesma função, não possuem mesma origem embrionária, sendo um caso de:

a) órgãos vestigiais.

b) órgãos análogos.

c) órgãos embrionários.

d) órgãos homólogos.

e) órgãos evolutivos.

Mais Questões
Assuntos relacionados
O cuidado parental da espécie.
Semelhanças entre o chimpanzé e o homem
Recentes descobertas evidenciam as semelhanças entre o chimpanzé e o homem. Confira!
A gênese das espécies: aproximação ou distinção de características.
Anagênese e Cladogênese
O aperfeiçoamento das características de uma população ou a separação da mesma em clados distintos.
Filogenia das Pantheras: leão, leopardo, onça, tigre e leopardo-das-neves.
Panteras e teorias de distribuição do grupo
A relação entre o parentesco entre os indivíduos deste gênero e seus padrões de distribuição.
Os tentilhões sofreram isolamento geográfico
Isolamento geográfico
Compreenda como o isolamento geográfico pode resultar na formação de novas espécies.
Os fósseis são registros que indicam que ocorreram mudanças nos seres vivos ao longo do tempo
Evidências da evolução
Conheça as principais evidências da evolução e entenda por que as teorias evolutivas são tão aceitas atualmente pela comunidade científica.
Evolução do Crânio Humano
Evolução
Evolução, o que é evolução, a primeira teoria evolutiva, os fósseis, as causas da evolução, as mutações.
As mutações são modificações no DNA
Mutação
Entenda o que é mutação, seus principais tipos e importância!