Whatsapp icon Whatsapp

Síntese proteica

A síntese proteica, também chamada de tradução, é um processo em que as informações contidas em uma molécula de RNA mensageiro são convertidas em proteínas.
Todos os tipos de RNA são formados a partir de uma molécula de DNA
Todos os tipos de RNA são formados a partir de uma molécula de DNA

O processo de síntese proteica, também denominado de tradução, baseia-se na leitura do RNA mensageiro e na união de aminoácidos correspondentes à sequência de códons (sequência de três bases nitrogenadas) presentes nesse RNA. Na síntese proteica, ocorre, portanto, a conversão de informações contidas nas moléculas de RNA em proteínas.

Quais são os tipos de RNA necessários para a síntese proteica?

Para que a síntese de proteínas ocorra, é necessária a ação do RNA mensageiro (mRNA), RNA ribossômico (rRNA) e RNA transportador (tRNA):

  • rRNA - Esse RNA é responsável por formar os ribossomos, o local onde ocorre a síntese proteica. Essas organelas destacam-se pela ausência de membrana e por serem formadas por duas subunidades, uma pequena e uma grande;

  • mRNA - Esse RNA possui as sequências de base que guiarão a síntese proteica;

  • tRNA – Esse RNA é o responsável por carregar os aminoácidos que formarão a nova molécula de proteína.

Quais são as etapas da síntese proteica?

Observe o esquema de um ribossomo realizando a síntese de uma proteína
Observe o esquema de um ribossomo realizando a síntese de uma proteína

De uma maneira resumida, podemos dizer que o processo de síntese proteica ocorre em três etapas: iniciação, alongamento e finalização. O processo inicia-se quando uma subunidade ribossomal pequena liga-se ao mRNA no códon de iniciação, o qual é identificado por uma molécula de tRNA que transporta metionina. O tRNA possui o anticódon UAC, o qual se emparelha com o códon AUG, o chamado códon de início da tradução. Após esse processo, a subunidade grande do ribossomo liga-se à subunidade pequena, tornando o ribossomo completo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O local onde o tRNA transportador da metionina encaixa-se no ribossomo é chamado de sítio P. Posteriormente, esse sítio é ocupado pelo tRNA, que transporta a cadeia polipeptídica que está sendo formada. Ao lado desse sítio encontra-se o sítio A, o qual aloja o tRNA, que, por sua vez, transporta o aminoácido que será colocado na cadeia polipeptídica que se forma. Após o tRNA alojar-se no sítio P, um novo tRNA aloja-se no sítio A e inicia-se a fase de alongamento.

Após a ligação dos dois primeiros tRNA, os aminoácidos ligam-se por ligações peptídicas e ocorre o deslocamento do ribossomo sobre a molécula de mRNA para as próximas três bases. O tRNA que transportava a metionina desprende-se, e o segundo tRNA segue em direção ao sítio P, deixando o sítio A livre para outro tRNA.

A molécula de mRNA é transportada códon a códon pelo ribossomo até encontrar um códon de terminação UAA, UAG ou UGA, que indica o fim da cadeia polipeptídica. Nesse momento, o fator de liberação garante a separação de todos os componentes e proporciona a liberação do polipeptídio completo. Essa última etapa é conhecida como finalização.

O que são polirribossomos?

Algumas vezes um mRNA não está sendo traduzido apenas por um ribossomo, sendo possível observar vários ribossomos em um mesmo mRNA e a formação de várias cadeias polipeptídicas em diferentes estágios. O conjunto de ribossomos que traduzem o mesmo mRNA é chamado de polirribossomo.

Publicado por Vanessa Sardinha dos Santos
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

Sequência de aminoácidos individuais que formam uma proteína
A química das proteínas
Aprenda quais são os elementos químicos, as formas estruturais e as principais características que envolvem a química das proteínas.
O RNA é formado a partir de uma fita da molécula de DNA
Características do RNA
Conheça mais sobre a molécula de RNA e saiba quais são seus tipos e qual sua principal função.
O DNA é o ácido nucleico que contém as informações de cada indivíduo
Dogma Central da Biologia Molecular
Entenda o que é o Dogma Central da Biologia Molecular e suas características.
A insulina é formada pela ligação peptídica entre vários aminoácidos
Ligação peptídica
Clique e saiba todas as particularidades da ligação peptídica, interação entre dois ou mais aminoácidos que resulta na formação das proteínas.
O filamento simples da molécula de RNA.
Molécula de RNA
A molécula que media o controle gênico, proporcionando a síntese das proteínas.
Os alimentos acima apresentam grande quantidade de proteínas
Proteínas
Entenda o que são proteínas e conheça um pouco mais a respeito de suas funções no organismo.
Ribossomos
Amplie seus conhecimentos sobre os ribossomos clicando aqui! Neste texto falaremos sobre a estrutura do ribossomo bem como sobre seu papel na síntese de proteínas.
Transcrição (Transcription) é o processo em que uma molécula de RNA é formada a partir de uma molécula de DNA
Transcrição
Amplie seus conhecimentos sobre a transcrição, um processo em que uma molécula de DNA serve como molde para a criação de uma molécula de RNA.
video icon
Filosofia
Viúva Negra: o contexto sociopolítico da criação da personagem
Uma das mais importantes peças dos Vingadores, a Viúva Negra (apresentada primeiramente na pele da personagem Natasha Romanoff e encarnada no cinema por Scarlett Johansson) apresenta uma boa chave de leitura para compreender um período da história do século XX: a Guerra Fria. Para saber mais, assista a este vídeo livre de spoilers!

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Sigmund Freud
Filosofia
Sigmund Freud
Nessa videoaula você conhecerá mais sobre a vida e estudos do "pai" da psicanálise.
video icon
Thumb Brasil Escola
Literatura
Realismo fantástico
Trazemos uma análise sobre realismo fantástico. Assista já!
video icon
Thumb Brasil Escola
Química
Funções orgânicas
Tire um tempo para entender melhor o que são as amidas