Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Biologia
  3. Gravidez
  4. Vantagens do parto normal ou vaginal

Vantagens do parto normal ou vaginal

Todas as fêmeas dos mamíferos têm o corpo preparado para a gravidez. Por isso quando falamos de parto normal estamos falando de algo natural. O parto normal não causa risco de hematomas, infecções ou complicações para a mãe nem para o bebê. É um tipo de parto que acontece naturalmente, no momento certo de o bebê nascer.

Durante a gravidez, o corpo da gestante vai se transformando e se preparando para o parto; quando chega a hora do nascimento do bebê, o médico examina a dilatação do colo do útero da mãe e a posição da criança. Se o colo do útero estiver dilatado e a criança estiver em posição cefálica (de cabeça para baixo), ocorrerá o parto normal. Há casos em que o médico precisa induzir a dilatação do colo do útero. Para isso o médico administra, via intravenosa, ocitocina sintética. A ocitocina é um hormônio já produzido naturalmente pela gestante durante o trabalho de parto.

Quando as contrações começam, as paredes do útero comprimem o bebê para que ele saia, e, com o esforço da mãe, o bebê é expelido. Ao realizar essa compressão todo o corpinho do bebê é comprimido, inclusive seu tórax. “Isso garante que o líquido amniótico de dentro dos seus pulmões seja expelido pela boca, facilitando o primeiro suspiro da criança na hora em que nasce”, explica Rosangela Garbers, neonatalogista do Hospital Pequeno Príncipe, em Curitiba. A mãe sente várias contrações e isso deixa o bebê estressado, fazendo com que ele produza o hormônio cortisol , mas isso é muito bom para a criança, pois faz com que seu pulmão funcione bem, podendo até mesmo evitar futuras pneumonias. Após a saída da criança, o útero se contrai mais uma vez para a saída da placenta.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Em alguns casos o médico opta por fazer um corte na região do períneo (região entre a vagina e o ânus), para que a criança saia sem romper os tecidos perineais. Esse corte é chamado de episiotomia, feito quando o espaço é pequeno e não dá para a criança passar. Após o parto, o corte é suturado e cicatriza-se em poucos dias.

Ao realizar parto normal o organismo da mãe produz ocitocina e prolactina, hormônios naturais que aceleram a descida do leite, e em um prazo máximo de 48 horas mãe e bebê recebem alta hospitalar e vão para casa.

Vantagens do parto normal
Vantagens do parto normal
Publicado por: Paula Louredo Moraes
Assuntos relacionados
45% dos brasileiros nasceram de cesarianas
Cesariana: quando recorrer a ela?
Sobre a cesariana: como é feita, prós e contras, em quais casos são imprescindíveis.
Na depressão pós-parto, a mãe pode ter dificuldades em criar laços com o filho
Depressão pós-parto
A depressão pós-parto é um quadro que afeta aproximadamente 15% das ex-gestantes. A depressão pós-parto se manifesta até seis meses após esse evento, e tende a ser incapacitante.
Realize todos os exames em seu bebê, um diagnóstico precoce pode fazer a diferença
Triagem auditiva
Entenda mais sobre a triagem auditiva neonatal e a importância desses exames para o bebê.
Toda mulher tem o direito de escolher como será seu parto
Parto humanizado
Saiba mais sobre o parto humanizado, uma filosofia que cria um clima harmonioso para o nascimento do bebê.
O parto em cesariana remete a diversas fontes históricas, mas tem sua história associada diretamente a Júlio César
História do parto por “cesariana”
Saiba mais sobre a história do parto por “cesariana” e descubra o porquê desse nome e qual é a sua procedência.
Negar o pedido de uma grávida não causa terçol.
Curiosidade: gestantes e terçol
Conheça algumas crendices sobre terçóis e gestantes, e saiba até onde são verdades.
Ronnie e Donnie: os mais antigos gêmeos siameses do mundo
Gêmeos coligados, unidos, ou siameses
Entenda a formação de gêmeos siameses, e o porquê desta expressão.