Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Biologia
  3. Anatomia Humana
  4. Sistema Endócrino

Sistema Endócrino

O sistema endócrino é constituído pelas glândulas endócrinas, assim chamadas por lançarem, diretamente no sangue, os hormônios que produzem; o que as difere das glândulas exócrinas, que lançam suas secreções para fora do corpo.

Os hormônios são substâncias que influenciam na atividade de diversos órgãos do corpo, controlando o crescimento, a pressão arterial, a concentração de substâncias no sangue, etc. Esses hormônios são produzidos pelas células encontradas nas glândulas endócrinas, mas também podem ser produzidos pelo sistema nervoso, e por algumas células especializadas, encontradas em órgãos como coração, intestino, fígado, rins e estômago.

Os hormônios, quando liberados no sangue, agem apenas em um determinado tipo de célula, e por esse motivo elas são chamadas de células alvo. As células alvo possuem proteínas chamadas de receptores hormonais, que podem estar nas membranas ou no interior das células. Esses receptores hormonais combinam-se a um tipo específico de hormônio, ou seja, cada tipo de hormônio se une apenas a células que tenham receptores complementares aos seus, sendo que a estimulação hormonal ocorre somente se houver essa combinação correta.

Ao se encaixarem, os receptores presentes nas células são ativados, e essa ativação provoca inúmeras reações químicas. Uma dessas reações é a produção de monofosfato de adenosina cíclico (AMP cíclico), que estimula a síntese de proteínas, ativa algumas enzimas, aumenta a permeabilidade da membrana plasmática, dentre outras reações.

Podemos ver o resultado de uma dessas reações no crescimento do corpo, pois, com o aumento na velocidade da divisão celular e da síntese de proteínas, há o crescimento do organismo, como no efeito do hormônio do crescimento sintetizado pela hipófise. Outros hormônios podem causar outros efeitos, como facilitar a entrada de glicose na célula, estimular a oxidação do alimento, aumentar o desejo sexual, etc.

No corpo humano existem várias glândulas endócrinas, mas as principais são a hipófise, a tireoide, as paratireoides, suprarrenais ou adrenais, o pâncreas e as gônadas (testículos e ovário). Há uma região no encéfalo, denominada hipotálamo, que produz hormônios que controlam a hipófise. O tecido adiposo também atua como glândula endócrina, pois, ao acumular uma quantidade de gordura, ele começa a produzir a lipsina, um hormônio que atua no hipotálamo e que provoca a diminuição do apetite.

Hipófise – Também chamada de glândula pituitária, a hipófise se localiza na base do encéfalo e é considerada como a glândula mestra do corpo, em razão de seus hormônios regularem o funcionamento de várias glândulas endócrinas. A hipófise é dividida em adeno-hipófise e neuro-hipófise.

A adeno-hipófise produz e libera hormônios chamados de hormônios tróficos, ou seja, hormônios que controlam outras glândulas endócrinas. Os principais hormônios produzidos pela adeno-hipófise são o hormônio tireotrófico (TSH), que regula as atividades da glândula tireoide; o hormônio adrenocorticotrófico (ACTH), que regula o córtex das suprarrenais; o hormônio folículo estimulante (FSH), que atua no crescimento dos folículos nos ovários e espermatozoides nos testículos; e o hormônio luteinizante (LH), que provoca a ovulação e a formação do corpo lúteo nos ovários e a produção de testosterona nos testículos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Além dos hormônios citados anteriormente, a adeno-hipófise secreta outros hormônios, são eles: a prolactina, que estimula a produção de leite durante a gravidez e no período de amamentação; e o hormônio do crescimento, também chamado de somatrotofina ou GH.

A neuro-hipófise pode ser definida como uma expansão do hipotálamo e armazena e secreta dois hormônios, a oxitocina e o hormônio antidiurético (também conhecido como vasopressina).             

Tireoide – Localizada no pescoço, na porção inicial da traqueia, a tireoide produz a tiroxina e a tri-iodotironina, hormônios que possuem de três a quatro átomos de iodo em sua molécula. Os hormônios produzidos por essa glândula ajudam a manter normais a pressão sanguínea, o ritmo cardíaco, o tônus muscular e as funções sexuais. Algumas alterações na tireoide podem provocar o hipertireoidismo (a glândula produz hormônio em excesso) ou o hipotireoidismo (a produção de hormônios é deficiente). A calcitonina também é um hormônio produzido em pequenas quantidades pela tireoide.

Paratireoides – São encontradas em quatro e se localizam atrás da tireoide. Sintetizam o paratormônio, que atua no controle da taxa de cálcio no sangue.

Pâncreas – Glândula com funções endócrina e exócrina, o pâncreas é constituído por células chamadas de ilhotas de Langerhans, nas quais encontramos dois tipos de células: as células beta, que produzem o hormônio insulina; e as células alfa, que produzem o hormônio glucagon.

Suprarrenais – Também chamadas de adrenais, as suprarrenais encontram-se sobre os rins e são divididas em duas regiões: o córtex e a medula. No córtex são sintetizados os corticosteroides (mineralocorticoides e glicocorticoides) a partir do colesterol. O principal mineralocorticoide é a aldosterona, enquanto que o principal glicocorticoide é o cortisol. Na medula das suprarrenais são produzidos os hormônios adrenalina e noradrenalina.

Gônadas – As gônadas são os testículos no sexo masculino; e os ovários, no sexo feminino. Elas são as responsáveis pela produção de gametas, mas também sintetizam hormônios que podem influenciar no crescimento e desenvolvimento do corpo. Chamados de hormônios sexuais, os hormônios produzidos pelas gônadas controlam o ciclo reprodutivo e o comportamento sexual, sendo que os testículos produzem a testosterona, enquanto que os ovários produzem o estrógeno e a progesterona.

Glândulas que fazem parte do sistema endócrino
Glândulas que fazem parte do sistema endócrino
Publicado por: Paula Louredo Moraes
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

Sabemos que o sistema endócrino é formado por glândulas endócrinas, ou seja, glândulas que produzem secreções que são lançadas diretamente na corrente sanguínea. Marque a alternativa em que são encontradas apenas glândulas do sistema endócrino.

a) Testículos, tireoide e glândula sudorípara.

b) Hipófise, tireoide e glândula sebácea.

c) Glândula sudorípara, glândula salivar e ovários.

d) Hipófise, tireoide e testículos.

e) Testículos, ovários e glândula salivar.

Questão 2

A glândula tireoide produz os hormônios triiodotironina (T3), tiroxina (T4) e calcitonina. O excesso dos hormônios T3 e T4 causa uma doença que apresenta sintomas como irritabilidade, pele quente e úmida, insônia, perda de peso e exoftalmia. Essa doença é denominada de:

a) Hipotireoidismo.

b) Hipertireoidismo.

c) Anemia.

d) Nanismo.

e) Acromegalia.

Mais Questões
Assuntos relacionados
Em situações que causam estresse e excitação, ocorre a liberação de adrenalina
Adrenalina
Descubra alguns dos principais efeitos da adrenalina no corpo humano e sua importância médica.
Hormônios Sexuais
Conheça quando e onde são produzidos os hormônios sexuais masculinos e femininos!
A ultrassonografia pode ajudar a avaliar a estrutura da tireoide
Tireoidite de Hashimoto
Saiba mais sobre a tireoidite de Hashimoto, uma doença autoimune muito comum em mulheres.
Ao estudar para o Enem, é importante conhecer alguns dos temas mais recorrentes
Top 5 dos temas mais recorrentes em Biologia no Enem
Conheça os cinco temas mais recorrentes em Biologia no Enem e prepare-se para essa prova que tem como principal característica a contextualização.
Os estudos em Fisiologia abordam o funcionamento dos diferentes sistemas
Fisiologia nas provas do Enem
Entenda como é abordada a Fisiologia nas provas do Enem e verifique a resolução de algumas questões presentes nos últimos anos da prova.
Um exemplo de hormônio é a insulina, que garante a entrada de glicose nas células
Hormônios
Entenda o que são hormônios, substâncias produzidas pelas glândulas endócrinas que garantem a homeostase do corpo.
A pressão arterial deve manter-se em níveis adequados para se garantir a homeostase
Homeostase
Descubra mais sobre a homeostase por meio da leitura deste texto. Nele abordaremos o significado do termo homeostase, quem o criou e também a definição de meio interno. Além disso, explicaremos a importância de se manter o equilíbrio do meio interno e o que é o mecanismo de feedback.
O corpo humano é uma máquina perfeita e formada por diferentes sistemas.
Corpo humano
Clique aqui e aprenda um pouco mais a respeito do corpo humano. Neste texto, falamos dos níveis de organização do corpo humano e da função de alguns órgãos nele presentes. Falamos ainda a respeito dos diferentes sistemas do corpo humano, os órgãos presentes nesses sistemas e suas funções.
O sistema linfático atua em conjunto com o sistema circulatório e é um importante componente do sistema imunológico, pois colabora com glóbulos branco
Sistema linfático
Conheça mais sobre o sistema linfático – sistema responsável pela defesa do nosso organismo.
A hipófise se divide em adenoipófise e neuroipófise
Hipófise
Saiba quais são as funções dos hormônios sintetizados pela glândula hipófise.
Entre as vértebras há uma estrutura cartilaginosa chamada de disco invertebral
Hérnia de disco
Saiba mais sobre as causas, os sintomas e o tratamento da hérnia de disco.