Negócio da China

A expressão “negócio da China” tem origem no contato comercial entre Ocidente e Oriente.
A expressão “negócio da China” tem origem no contato comercial entre Ocidente e Oriente.

Desde a Antiguidade, as atividades comerciais tiveram grande importância no desenvolvimento de certas civilizações. Mais do que garantir riqueza e bons lucros, a circulação de mercadorias também promovia um rico intercâmbio entre culturas distantes. A expansão da classe mercantil árabe, por exemplo, permitiu que vários hábitos alimentares e outras formas de conhecimento contribuíssem para o desenvolvimento da ciência no mundo ocidental.

Nos fins da Idade Média, a consolidação da burguesia européia realizou a integração entre Ocidente e Oriente por meio de longas rotas terrestres e marítimas que buscavam as cobiçadas especiarias oriundas desta região. Até que a expansão marítimo-comercial ocorresse no início do período moderno, a busca pelas sedas, temperos, ervas, óleos e perfumes orientais era o grande “negócio da China” para os mercadores daquela época.

Ainda hoje, a expressão “negócio da China” é usualmente utilizada quando alguém obtém algum tipo de acordo bastante vantajoso. De fato, a concepção desse termo remonta o grande interesse que os comerciantes da Europa tinham em buscar as mercadorias oferecidas pelos chineses e outros povos asiáticos. No século XV, por exemplo, a Coroa Portuguesa conseguiu alcançar um lucro superior a 6000% com a venda de produtos obtidos na Índia.

Chegando ao século XIX, essa expressão também ganha força no momento em que a economia capitalista vivia um período de visível expansão. Nessa época, os britânicos cobiçavam a exploração do vasto mercado consumidor chinês, assim como o uso de suas matérias-primas e a numerosa força de trabalho disponível. Para tanto, era necessário que tivessem um grande poder de interferência nas instituições daquela nação.

Indiferentes às demandas da Inglaterra, os chineses não tinham o mínimo interesse em abrir portas para que os britânicos participassem do cenário político do seu país. Foi então que a Coroa Britânica decidiu invadir a China na série de conflitos que marcaram as Guerras do Ópio, ocorridas entre 1839 e 1860. Após subjugarem as autoridades daquele país, os ingleses passaram a estabelecer diversos monopólios comerciais que lhe garantiram um polpudo “negócio da China”.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Rainer Sousa
Mestre em História

Publicado por Rainer Gonçalves Sousa
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

Leonardo Da Vinci foi um dos primeiros a pensar em um modelo de lente de contato.
A invenção das lentes de contato
Uma ideia renascentista que atravessou os séculos até se tornar realidade.
O vinho é uma bebida fermentada.
Bebidas destiladas e fermentadas
Qual a diferença no processamento para se obter Etanol?
Inalar gás hélio de uma bexiga distorce a voz
Gás hélio distorce a voz?
Veja por que o gás hélio distorce a voz, qual gás pode ser usado para engrossá-la e se faz mal inalar hélio.
Divisão das regiões postais do Brasil.
O que significam os números do CEP?
O que significam os números do CEP, CEP código postal, como descobrir um CEP, correios, zip code.
As formas de se cuidar do corpo variaram muito de acordo com o tempo.
Os banhos de antigamente
As várias formas que os homens inventaram para cuidar do corpo.
SX-9, o computador mais rápido do mundo.
Qual é o computador mais rápido do mundo?
Qual é o computador mais rápido do mundo?, computador, máquina mais rápida do mundo, PC, curiosidades, informática, cérebro humano, SX-9.
video icon
História
Leis abolicionistas
Assista à nossa videoaula para conhecer as principais leis abolicionistas do Brasil, isto é, a legislação que promoveu a emancipação dos escravos de maneira gradual antes da efetivação da abolição em si, em 13 de maio de 1888.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Guia de Profissões
Publicidade e Propaganda
Que tal conhecer um pouco mais sobre as funções de um publicitário?
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Genitive Case
É hora de aperfeiçoar sua gramática na Língua Inglesa. Assista!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Português
Preposições
Vamos aprender mais sobre essa classe conectiva de termos?