Whatsapp icon Whatsapp

Varíola

A varíola é uma doença grave que provocou milhares de mortes no passado e atualmente se encontra erradicada.
Observe as lesões causadas pela varíola
Observe as lesões causadas pela varíola

Diversas doenças caracterizam-se por sua dificuldade de cura e por provocarem a morte de centenas de pessoas através da história da humanidade. A varíola, por exemplo, é uma doença viral conhecida desde a antiguidade que causou um grande rastro de mortes em todo o mundo, sendo responsável, inclusive, por dizimar um grande número de tribos ameríndias.

A varíola é causada pelo Orthopoxvírus variolae, um dos maiores vírus existentes e também um dos mais resistentes, podendo permanecer viável por vários meses no meio ambiente. Ele apresenta o DNA como material genético e pertence à família Poxviridae. Sua transmissão ocorre de pessoa para pessoa por intermédio, principalmente, da inalação de gotículas com o vírus.

Após um período de incubação de cerca de uma a duas semanas, iniciam-se os sintomas da varíola. Inicialmente o vírus provoca febre muito alta, dores no corpo e na cabeça e mal-estar, sintomas relativamente inespecíficos. Após alguns dias, a febre diminui e começam a surgir pequenas manchas avermelhadas, que evoluem para bolhas de pus que causam muita coceira e dor. Ao coçar as bolhas, o paciente pode provocar sérias complicações, sendo a mais grave a perda de visão, que ocorre após o indivíduo levar as mãos contaminadas aos olhos. As bolhas vão desaparecendo à medida que a doença evolui e são formadas crostas, que, após algum período, soltam-se, podendo deixar cicatrizes. Em casos mais graves da varíola, o paciente pode apresentar hemorragias na pele e mucosas.

Normalmente a varíola é classificada em duas formas clínicas: a minor e a major. A primeira, que também é chamada de alastrim, é uma forma branda da doença, com taxas de mortalidade em torno de 1%. A forma major, por sua vez, é mais grave e apresenta taxas de mortalidade de 30%.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A varíola é uma doença extremamente grave e sem tratamento específico. Sua cura está diretamente relacionada com a forma clínica adquirida. O tratamento baseia-se apenas em administrar medicamentos que garantam o alívio da coceira e da dor. Em razão da falta de tratamento, era comum a prática de isolar o paciente, que, muitas vezes, morria sozinho.

A doença é considerada atualmente erradicada, e isso foi possível somente após o surgimento de uma vacina específica e um amplo plano de vacinação criado pela Organização Mundial de Saúde (OMS). O último caso dessa doença no mundo foi registrado em 1978, mas, no Brasil, a erradicação já havia acontecido em 1972. A erradicação mundial foi reconhecida oficialmente pela OMS em 1980.

Apesar de não existirem mais casos da doença, teme-se que o vírus possa ser usado por terroristas na fabricação de armas biológicas. Por ser uma doença sem cura, o resultado de um ato como esse poderia ser catastrófico. Acredita-se que apenas os EUA e a Rússia possuam amostras dos vírus, que são mantidos vivos para estudo.

Sugestão de leitura:

Leia também o texto Revolta da Vacina, que explica a reação da população brasileira após ser declarada a obrigatoriedade da vacinação contra a varíola.

Publicado por Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos Relacionados

O uso de máscaras é imprescindível em casos específicos.
Gripe A
Saiba algumas características da tão comentada gripe A.
Gripe aviária (gripe do frango)
Já ouviu falar a respeito da gripe aviária? Clique aqui e conheça mais sobre essa doença que afeta aves, mas pode também acometer o ser humano.
O herpes labial leva ao surgimento de lesões na região da boca. O beijo pode transmitir a doença.
Herpes
Neste texto você compreenderá melhor o que é herpes. Aprenda sobre suas causas, seus sintomas, seu tratamento e sua prevenção.
As lesões do herpes-zóster ocorrem somente em um dos lados do corpo
Herpes-zóster
Doença que ocorre em virtude da reativação do vírus da catapora.
As lesões da varíola, na maioria das vezes, deixam cicatrizes.
Resfriado, rubéola, sarampo e varíola: doenças virais.
Conheça como ocorre a transmissão de algumas doenças virais e quais são os tratamentos adequados.
Revolta da Vacina
Clique no link e saiba mais detalhes sobre a Revolta da Vacina, revolta popular que aconteceu no Rio de Janeiro, em 1904. Entenda os motivos.
Manifestação do Sarampo
Sarampo
Clique aqui e aprenda um pouco mais a respeito do sarampo conhecendo suas formas de transmissão, seus principais sintomas, sua prevenção e seu tratamento.
Vacinas
Você sabe o que são vacinas? Clique aqui e descubra o que são esses produtos, como agem em nosso corpo e sua importância.
Pessoa com luva branca segurando um tubo com amostra de fluidos para teste de vírus da varíola dos macacos
Varíola dos macacos
A varíola dos macacos é uma doença viral que apresenta sintomas similares aos da varíola humana. Clique aqui e saiba detalhes a respeito dessa doença.
video icon
Química
Energia de ionização
Energia de ionização é a quantidade de energia gasta para arrancar o elétron do átomo. Para que possamos medir essa energia, alguns fatores devem ser analisados. Vamos entender um pouquinho sobre essa propriedade periódica!

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Sigmund Freud
Filosofia
Sigmund Freud
Nessa videoaula você conhecerá mais sobre a vida e estudos do "pai" da psicanálise.
video icon
Thumb Brasil Escola
Literatura
Realismo fantástico
Trazemos uma análise sobre realismo fantástico. Assista já!
video icon
Thumb Brasil Escola
Química
Funções orgânicas
Tire um tempo para entender melhor o que são as amidas.