Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Física
  3. Termologia
  4. Calor específico

Calor específico

O calor específico é definido como a quantidade de energia necessária para que 1 g de uma substância sofra aumento ou diminuição de temperatura de 1°C.

O calor específico é a quantidade de calor que deve ser fornecida para que 1 g de substância tenha a sua temperatura elevada em 1°C. Cada substância possui um determinado valor de calor específico, que é geralmente expresso em cal/g.°C.

Quanto maior for o calor específico de uma substância, maior será a quantidade de calor que deverá ser fornecida ou retirada dela para que ocorram variações de temperatura. A água, quando comparada com várias outras substâncias, possui o maior calor específico, que corresponde a 1 cal/g.ºC

→ Comparando valores de calor específico

 

A tabela abaixo traz o valor do calor específico de algumas substâncias de nosso cotidiano.

Ao visitar a praia, percebemos que, durante o dia, a temperatura da água é inferior à temperatura da areia. A partir da tabela, podemos reparar que o calor específico da areia é bem menor que o da água, logo, a quantidade de energia necessária para aquecer a areia é menor e, por isso, seu aquecimento ocorre mais rápido. Durante a noite, a areia também perde energia mais facilmente que a aguá, esfriando-se mais rapidamente.

Podemos ainda citar como exemplo o ato de colocar café quente em um copo de alumínio. Percebemos que rapidamente o alumínio aquece-se, chegando à mesma temperatura do café. Isso ocorre porque o calor específico do alumínio é pequeno.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

→ Determinação do calor específico (c)

A capacidade térmica de um corpo (C) corresponde à razão entre a quantidade de calor recebida e a variação de temperatura sofrida pelo corpo. Essa grandeza mostra o comportamento dos corpos diante do recebimento de calor. O calor específico de um material é definido como a razão entre a capacidade térmica de um corpo por sua massa:

c = C
      m

→ Consequências do calor específico da água

O alto valor do calor específico da água influencia a ocorrência de alguns fenômenos meteorológicos, como:

  • A brisa marítima: O fenômeno das brisas é resultado da menor variação de temperatura da água do mar em relação à variação de temperatura da costa. A água varia pouco a sua temperatura em razão de seu maior calor específico.

  • El Niño: Em virtude da elevação da temperatura das águas do Oceano Pacífico na região do Peru, uma quantidade de calor acima do normal é transferida para a atmosfera e gera alterações bruscas no clima da Terra.

Durante o dia, a areia aquece-se mais rapidamente que a água, pois seu calor específico é menor que o da água
Durante o dia, a areia aquece-se mais rapidamente que a água, pois seu calor específico é menor que o da água
Publicado por: Joab Silas da Silva Júnior
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Lista de Exercícios

Questão 1

(PUC-RS) Um corpo A, homogêneo, de massa 200 g, varia sua temperatura de 20 ºC para 50 ºC ao receber 1200 calorias de uma fonte térmica. Durante todo o aquecimento, o corpo A mantém-se na fase sólida. Um outro corpo B, homogêneo, constituído da mesma substância do corpo A, tem o dobro da sua massa. Qual é, em cal/gºC, o calor específico da substância de B?

a) 0,1

b) 0,2

c) 0,6

d) 0,8

e) 1,6

Questão 2

Ao visitar a praia durante um belo dia de sol, perceberemos que a areia estará bem quente, enquanto a água estará fria. Marque a alternativa que explica corretamente o motivo da diferença de temperatura entre as duas substâncias.

a) O calor específico da água é muito menor que o da areia, por isso ela não se esquenta facilmente.

b) O calor específico da areia é menor que o da água, por isso ela sofre variações de temperatura com maior facilidade.

c) A quantidade de água é infinitamente superior à quantidade de areia, por isso a água nunca se esquentará.

d) Por ser um líquido e apresentar maior proximidade das moléculas, a água sempre apresentará maior dificuldade para elevar sua temperatura.

e) Todas as explicações acima estão incorretas.

Mais Questões
Assuntos relacionados
O calor fornecido a uma substância que pode gerar mudança de estado físico é chamado de latente
Calor latente
Você sabe o que é calor latente? Clique e saiba mais sobre essa quantidade de energia que pode alterar o estado de agregação molecular.
As fagulhas não queimam o operário porque possuem massa muito pequena e, portanto, capacidade térmica pequena.
Capacidade térmica
Clique para saber mais sobre a capacidade térmica, grandeza que caracteriza os corpos em relação à sua variação de temperatura.
Más interpretações podem nos levar a cometer erros graves em Física
Cinco erros conceituais em Física
Leia este texto para nunca mais cometer alguns erros conceituais em Física!
Há muita Física envolvida no processo de estourar pipoca!
Física da pipoca
Clique aqui e saiba como a Física atua no processo de transformação do milho na deliciosa pipoca!
A quantidade de calor que gera mudança de fase nas substâncias é denominada de calor latente
Quantidade de calor
Clique para entender tudo a respeito da quantidade de calor, bem como seu desmembramento em calor latente e sensível!
Energia térmica
Você sabe o que é energia térmica? Clique aqui e entenda o conceito de energia térmica, saiba como ela funciona e conheça a fórmula usada para calculá-la.
Absorvemos calor sensível quando estamos próximos de uma fogueira com carvão em brasa.
Calor sensível
Você sabe o que é calor sensível? Acesse o artigo e saiba o que é, conheça as fórmulas e aprenda a calcular a quantidade de calor sensível.
Calor e Temperatura
Entendendo a diferença entre as radiações
A cor do Calor
Temperatura e emissão de radiação
Temperatura
Saiba mais sobre temperatura, conheça a definição dessa importante grandeza, confira quais são escalas termométricas e descubra a relação entre calor e temperatura!
Um tipo de troca de calor é o aquecimento da Terra pelo Sol pelo processo de irradiação térmica
Trocas de Calor
As trocas de calor acontecem porque os corpos tendem a ceder e a receber esse tipo de energia. Confira!