Whatsapp icon Whatsapp

Colisão oblíqua

Colisões em direções oblíquas
Colisões em direções oblíquas

Nos nossos estudos relacionados a colisões, vimos que durante uma colisão de dois corpos, as forças externas, se existirem, são desprezíveis se comparadas com as internas, portanto o sistema pode ser sempre considerado mecanicamente isolado. Vejamos a figura acima, onde temos uma colisão oblíqua. Nela percebemos que após se chocarem as massas tomam direções diferentes da direção inicial.

Nessa situação, em que a colisão é do tipo oblíqua, deve-se fazer a decomposição das velocidades em somente duas direções. Em seguida basta aplicar, para cada uma das direções, o princípio da conservação da quantidade de movimento. Como exemplo, consideremos duas bolas de mesma massa m1 e m2 e velocidades v1 e v2, respectivamente, que se colidem. Na figura acima temos a representação das bolas antes e depois da colisão.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Fazendo a decomposição das velocidades das duas massas na direção horizontal e vertical, para cada uma das direções, a conservação da quantidade de movimento, tem-se:

- direção horizontal:

 

- direção vertical:

Para que a resolução seja possível com essas duas equações, devemos ter, no máximo, duas incógnitas.

Decomposição das velocidades das massas m1 e m2

Publicado por Domiciano Correa Marques da Silva

Artigos Relacionados

Breve história da lei da inércia
Veja aqui quem foram os cientistas que contribuíram para a formulação da primeira lei de Newton ou Lei da inércia.
Galileu Galilei
Clique e acesse o texto para saber detalhes sobre a vida do importante cientista chamado Galileu Galilei. Entenda por que ele teve problemas com a inquisição.
Pressão
Você sabe o que é pressão? Aprenda o que ela é na física, sua fórmula e seus tipos. Reforce seus conhecimentos com nossos exercícios resolvidos sobre o tema.
video icon
Professora ao lado do texto"Verbos irregulares".
Português
Verbos irregulares
Sabendo que o estudo de verbos não é uma tarefa fácil, nesta videoaula esclareceremos as formas de flexão dos verbos irregulares, ou seja, aqueles que, ao serem conjugados, apresentam alteração em seu radical ou em sua terminação. Não deixe de assistir!