Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Física
  3. Física Moderna
  4. Contração do Comprimento

Contração do Comprimento

Para realizarmos a medida do comprimento de um determinado corpo que está em repouso em nosso referencial, podemos, calmamente, medir as coordenadas das extremidades desse corpo usando uma régua.

Mas quando tentamos realizar esta medida quando o corpo está em movimento, temos que observar simultaneamente (em nosso referencial) as coordenadas das extremidades do corpo para que o resultado de nossas medidas seja válido.

Em seus postulados, Einstein propôs que: as leis da física são as mesmas para qualquer referencial inercial, e a velocidade da luz no vácuo tem o mesmo valor em todas as direções e em todos os referenciais inerciais.

Assim, foi proposto que o comprimento de um corpo, medido em outro referencial em relação ao qual está se movendo (na direção da dimensão que está sendo medida), é sempre menor que o comprimento medido inicialmente.
Vejamos a figura abaixo:
Contração do comprimento
Contração do comprimento

Vamos supor que na figura acima o corpo esteja em repouso, possuindo comprimento L’ em relação a um observador. Em um segundo momento, o corpo possui velocidade V (em relação ao mesmo observador) na mesma direção em que foi medido o comprimento inicial. Einstein afirmou que esse corpo apresentará um comprimento L, sendo que L < L’, mantendo constante o valor da altura h.

De tal modo, podemos dizer que houve uma contração de comprimento, sendo a equação abaixo a que faz uma ligação direta entre esses comprimentos:

Onde:

L = comprimento do objeto em movimento
L’ = comprimento do objeto em repouso
u = velocidade relativa entre o referencial
c = velocidade da luz no vácuo

Por Domiciano Corrêa Marques da Silva
Graduado em Física
Publicado por: Domiciano Correa Marques da Silva
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Lista de Exercícios

Questão 1

Um móvel desloca-se a uma velocidade correspondente a 80 % da velocidade da luz, atravessando uma distância igual a 10 km, medida por um referencial em repouso. Calcule a distância percorrida pelo corpo em movimento.

a) 12 km

b) 6 km

c) 8 km

d) 16,6 km

e) 10 km

Questão 2

Quando um corpo move-se a uma velocidade próxima à velocidade da luz:

a) a distância percorrida por ele sofre acréscimos diretamente proporcionais à sua velocidade.

b) a distância percorrida por ele sofre diminuições diretamente proporcionais à sua velocidade.

c) a distância percorrida por ele sofre diminuições inversamente proporcionais à sua velocidade.

d) a distância percorrida por ele sofre acréscimos inversamente proporcionais à sua velocidade.

e) não é possível afirmar nada quando um corpo move-se a uma velocidade próxima à velocidade da luz.

Mais Questões
Assuntos relacionados
Ondas Eletromagnéticas Ionizantes
Conheça as radiações eletromagnéticas ionizantes!
A Teoria da Relatividade de Einstein foi baseada nas teorias das ondas eletromagnéticas de Maxwell
Teoria da Relatividade
Compreendendo a Teoria da Relatividade de Einstein.
Esquema de um espectrômetro para determinar as frequências presentes na luz emitida por uma lâmpada espectral de hidrogênio
O espectro dos elementos
Veja aqui como o espectrômetro é usado para determinar as frequências presentes na luz emitida por uma lâmpada espectral de hidrogênio, no estudo do espectro dos elementos.
De acordo com o paradoxo dos gêmeos, para uma pessoa que viaja ao espaço, o tempo passa mais devagar do que para uma pessoa que permanece na Terra
Paradoxo dos gêmeos
Saiba o que diz o intrigante paradoxo dos gêmeos e como ele pode provar a Teoria da Relatividade.
As marcações de tempo são diferentes para observadores que mantêm movimento relativo
Dilatação do tempo
Clique aqui e entenda a dilatação do tempo, fenômeno proposto por Albert Einstein em sua Teoria da Relatividade, no início do século XX.
Se alguém corresse como o Flash, seria tão rápido quanto à luz
O que aconteceria se alguém corresse tão rápido quanto o Flash?
Se você estivesse em iminente perigo, o último nome para chamar seria o do Flash! Clique e saiba o que aconteceria se alguém corresse como ele!
Albert Einstein foi um dos mais importantes cientistas do século XX.*
Albert Einstein
Clique aqui para conhecer a história de Albert Einstein: quem foi e quais foram as suas contribuições para a humanidade.
As Forças Fundamentais da Natureza
Clique aqui e conheça quais são as forças que integram as forças fundamentais da natureza!
Constante de Planck
Inversão do processo teórico dos gráficos do espectro da radiação.
Cromodinâmica e Eletrodinâmica Quântica
Clique aqui e conheça a definição de cromodinâmica e eletrodinâmica quântica!
À esquerda – símbolo comemorativo do Ano Mundial da Física; à direita – a foto mais conhecida de Albert Einstein.
2005: Ano Mundial da Física
O Ano Mundial da Física foi organizado pela comunidade científica. Clique e veja qual foi a homenagem que aconteceu nesse evento!
Gerador construído por uma espira
Geradores eletromagnéticos
O estudo da indução magnética e o funcionamento de um gerador elétrico.
Louis Victor Pierre Raymond (1892-1987)
Elétrons como ondas
Conheça aqui mais sobre de Broglie, físico francês que propôs que o dualismo (elétrons como ondas) que valia para a radiação também deveria valer para as partículas.