Whatsapp icon Whatsapp

Contração do Comprimento

Para realizarmos a medida do comprimento de um determinado corpo que está em repouso em nosso referencial, podemos, calmamente, medir as coordenadas das extremidades desse corpo usando uma régua.

Mas quando tentamos realizar esta medida quando o corpo está em movimento, temos que observar simultaneamente (em nosso referencial) as coordenadas das extremidades do corpo para que o resultado de nossas medidas seja válido.

Em seus postulados, Einstein propôs que: as leis da física são as mesmas para qualquer referencial inercial, e a velocidade da luz no vácuo tem o mesmo valor em todas as direções e em todos os referenciais inerciais.

Assim, foi proposto que o comprimento de um corpo, medido em outro referencial em relação ao qual está se movendo (na direção da dimensão que está sendo medida), é sempre menor que o comprimento medido inicialmente.
Vejamos a figura abaixo:
Contração do comprimento
Contração do comprimento

Vamos supor que na figura acima o corpo esteja em repouso, possuindo comprimento L’ em relação a um observador. Em um segundo momento, o corpo possui velocidade V (em relação ao mesmo observador) na mesma direção em que foi medido o comprimento inicial. Einstein afirmou que esse corpo apresentará um comprimento L, sendo que L < L’, mantendo constante o valor da altura h.

De tal modo, podemos dizer que houve uma contração de comprimento, sendo a equação abaixo a que faz uma ligação direta entre esses comprimentos:

Onde:

L = comprimento do objeto em movimento
L’ = comprimento do objeto em repouso
u = velocidade relativa entre o referencial
c = velocidade da luz no vácuo

Por Domiciano Corrêa Marques da Silva
Graduado em Física
Publicado por Domiciano Correa Marques da Silva

Artigos Relacionados

2005: Ano Mundial da Física
O Ano Mundial da Física foi organizado pela comunidade científica. Clique e veja qual foi a homenagem que aconteceu nesse evento!
As Forças Fundamentais da Natureza
Clique aqui e conheça quais são as forças que integram as forças fundamentais da natureza!
Constante de Planck
Clique aqui para saber tudo sobre a constante de Planck. Confira seu valor e como calculá-lo. Aprenda a lei de Planck e conheça a sua história.
Cromodinâmica e Eletrodinâmica Quântica
Clique aqui e conheça a definição de cromodinâmica e eletrodinâmica quântica!
Elétrons como ondas
Conheça aqui mais sobre de Broglie, físico francês que propôs que o dualismo (elétrons como ondas) que valia para a radiação também deveria valer para as partículas.
Geradores eletromagnéticos
O estudo da indução magnética e o funcionamento de um gerador elétrico.
video icon
"Matemática do Zero | Classificação de triângulos" escrito sobre fundo azul
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Classificação de triângulos
Nessa aula veremos que um triângulo pode ser classificado quanto às medidas dos lados (isósceles, equilátero e escaleno) e quanto às medidas dos ângulos (acutângulo, retângulo e obtusângulo).