Whatsapp icon Whatsapp

Folclore brasileiro na obra de Câmara Cascudo

O folclore brasileiro na obra de Câmara Cascudo tem papel crucial, já que esse autor tinha grande interesse pela cultura popular de nosso país.
Luís da Câmara Cascudo foi um dos maiores pesquisadores da cultura popular brasileira
Luís da Câmara Cascudo foi um dos maiores pesquisadores da cultura popular brasileira

Para se compreender bem a história de um país, é necessário não apenas se debruçar sobre os documentos oficias que são acumulados desde sua origem ou ainda sobre documentos da alta cultura (instituições religiosas, artes eruditas etc.), pois também se faz necessário o estudo das tradições populares, da cultura popular. Nesse sentido, o trabalho dos folcloristas, isto é, dos estudiosos da cultura popular, torna-se indispensável. No Brasil, muitos foram aqueles que se dedicaram ao estudo das nossas tradições populares, mas, entre esses muitos, destacou-se a figura de Luís da Câmara Cascudo.

Luís da Câmara Cascudo, ou simplesmente Câmara Cascudo, nasceu em Natal (Rio Grande do Norte) em 30 de dezembro de 1898. Apesar de ter nascido nessa cidade, Câmara Cascudo estudou em Recife, Pernambuco. Foi também no estado de Pernambuco que começou a se interessar pelos mais diversos assuntos relacionados com as artes e com as disciplinas humanísticas, como história, direito, antropologia e sociologia.

Desde a sua primeira obra, Alma Patrícia (uma espécie de biobibliografia de escritores do Rio Grande do Norte), publicada em 1921, Cascudo demonstrou uma enorme capacidade de catalogar personagens históricos e seus respectivos sistemas de pensamento. Ainda na década de 1920, ele começou a se interessar por literatura e pela tradição dos contos, lendas e narrativas populares, como as que eram impressas nos cordéis e vendidas nas feiras nordestinas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Em 1939, Câmara Cascudo publicou a obra Vaqueiros e cantadores: folclore poético do sertão de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará, sua primeira obra tipicamente folclorista, que inauguraria uma vertente de estudos importantíssima para se compreender o Brasil sertanejo. Nessa e em outras obras, Cascudo, mais do que proceder como analista e crítico desses materiais, estava interessado em compilá-los, em registrá-los para a posteridade de estudiosos.

Na década de 1940, Cascudo publicou mais três obras importantes: Antologia do folclore brasileiro (1943), Geografia dos mitos brasileiros (1947) e Os holandeses no Rio Grande do Norte (1949). Na década de 1950, seu trabalho mais lido e comentado veio a público, o famoso Dicionário do folclore Brasileiro (1951). A essas, seguiram-se inúmeras outras obras, não apenas restritas ao campo da pesquisa folclorista, mas também no campo da sociologia e da antropologia, no qual, ao lago de Gilberto Freyre, foi um dos pioneiros a escrever sobre a história da alimentação no Brasil.

Publicado por Cláudio Fernandes
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

O boitatá é um personagem do folclore que tem formato de uma cobra de fogo que expele suas chamas contra quem quer destruir as florestas e os campos.
Boitatá
Acesse o site e conheça mais sobre a lenda do boitatá. Saiba como essa lenda é contada em várias partes do Brasil e quais são suas principais características.
Boto-cor-de-rosa
Clique para conhecer mais detalhes da lenda do boto-cor-de-rosa, ser que se transforma em homem para conquistar mulheres nas festas ribeirinhas.
Bumba meu boi
Conheça a origem do bumba meu boi. Saiba os nomes que seus festejos recebem pelo país e quais são os personagens que fazem parte dessa dança.
O curupira é personagem de uma lenda do folclore brasileiro que surgiu nos povos indígenas e que foi relatada, pela primeira vez, no século XVI.
Curupira
Clique para saber mais sobre a lenda do curupira! Aprenda sobre a origem dessa lenda e qual é o significado do nome desse ser do folclore brasileiro.
Iara
Conheça a história de Iara, lenda presente no folclore brasileiro. Veja o que caracteriza esse ser e como essa história surgiu.
Lobisomem
Clique aqui e conheça detalhes sobre a lenda do lobisomem. Veja onde essa narrativa surgiu, conheça diferentes versões dela, e saiba como ela chegou ao Brasil.
Mula sem cabeça
Clique e acesse este texto para conhecer mais sobre a mula sem cabeça, uma tradicional figura do folclore brasileiro. Conheça a origem dessa lenda.
video icon
Português
Substantivos concretos e abstratos
Enquanto os substantivos concretos são nomes dados aos seres propriamente ditos, os abstratos referem-se àqueles que precisam de outros para existir. Nesta videoaula, estudaremos esses tipos de substantivos. Confira!

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Genitive Case
É hora de aperfeiçoar sua gramática na Língua Inglesa. Assista!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Sociologia
Democracia racial
Você sabe o que significa democracia racial? Clique e nós te ensinamos!
video icon
Tigres Asiáticos
Geografia
Tigres Asiáticos
Assista à nossa videoaula sobre os Tigres Asiáticos, e conheça as razões do desenvolvimento rápido desses territórios.