Whatsapp icon Whatsapp

Tipos de Rochas

A classificação dos tipos de rochas, conforme sua gênese, é em ígneas ou magmáticas, metamórficas e sedimentares.
A classificação das rochas permite-nos conhecer melhor suas propriedades
A classificação das rochas permite-nos conhecer melhor suas propriedades

A litosfera, a camada superficial e sólida da Terra, é composta por rochas, que, por sua vez, são formadas pela união natural entre os diferentes minerais. Assim, em razão do caráter dinâmico da superfície, através de processos como o tectonismo, o intemperismo, a erosão e muitos outros, existe uma infinidade de tipos de rochas.

Dessa forma, foram elaborados vários tipos de classificação das rochas. A forma mais conhecida concebe-as a partir de sua origem, isto é, a partir do processo que resultou na formação dos seus diferentes tipos.

Nessa divisão, existem três tipos principais: as rochas ígneas ou magmáticas, as rochas metamórficas e as rochas sedimentares.

1) Rochas ígneas ou magmáticas: são aquelas que se originam a partir da solidificação do magma ou da lava vulcânica. Elas costumam apresentar uma maior resistência e subtipos geologicamente recentes e de formações antigas. Elas dividem-se em dois tipos:

1.1) Rochas ígneas extrusivas ou vulcânicas: são aquelas que surgem a partir do resfriamento do magma expelido em forma de lava por vulcões, formando a rocha na superfície e em áreas oceânicas. Como nesse processo a formação da rocha é rápida, ela apresenta características diferentes das rochas intrusivas. Um exemplo é o basalto.

Processo de constituição do basalto a partir da lava vulcânica
Processo de constituição do basalto a partir da lava vulcânica

1.2) Rochas ígneas intrusivas ou plutônicas: são aquelas que se formam no interior da Terra, geralmente nas zonas de encontro entre a astenosfera e a litosfera, em um processo constitutivo mais longo. Elas surgem na superfície somente através de afloramentos, que se formam graças ao movimento das placas tectônicas, como ocorre com a constituição das montanhas. Exemplo: gabro.

O gabro é um exemplo de rocha ígnea intrusiva
O gabro é um exemplo de rocha ígnea intrusiva

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

2) Rochas metamórficas: são as rochas que surgem a partir de outros tipos de rochas previamente existentes (rochas-mãe) sem que essas se decomponham durante o processo, que é chamado de metamorfismo. Quando a rocha original é transportada para outro ponto da litosfera que apresenta temperatura e pressão diferentes do seu local de origem, ela altera as suas propriedades mineralógicas, transformando-se em rochas metamórficas. Exemplo: mármore.

O mármore surge a partir do metamorfismo do calcário
O mármore surge a partir do metamorfismo do calcário

3) Rochas sedimentares: são rochas que se originam a partir do acúmulo de sedimentos, que são partículas de rochas. Uma rocha preexistente sofre com as ações dos agentes externos ou exógenos de transformação do relevo, desgastando-se e segmentando-se em inúmeras partículas (meteorização); em seguida, esse material (pó, argila, etc.) é transportado pela água e pelos ventos para outras áreas, onde se acumulam e, a uma certa pressão, unem-se e solidificam-se novamente (diagênese), formando novas rochas.

Esse tipo de constituição rochosa, em certos casos, favorece a preservação de fósseis, que, por esse motivo, só podem ser encontrados em rochas sedimentares. Além disso, nas chamadas bacias sedimentares, é possível a existência de petróleo, recurso mineral muito importante para a sociedade contemporânea. Exemplo: calcário.

O calcário é uma rocha sedimentar *
O calcário é uma rocha sedimentar *

Conhecer os diferentes tipos de rocha é importante para a realização de práticas econômicas, que se beneficiam delas de várias formas. Além disso, tal compreensão possibilita o entendimento dos processos de formação da Terra, do relevo e seus ciclos de transformação.

_________________________

* Créditos da imagem: Manishwiki15 e Wikimedia Commons

Publicado por Rodolfo F. Alves Pena
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

Os afloramentos rochosos permitem o estudo de rochas originalmente internas
Afloramentos rochosos
Entenda o que são os afloramentos rochosos, como eles se formam e a importância deles nos estudos das Ciências da Terra.
Rochas e minerais: qual será a diferença?
Diferença entre rochas e minerais
Confira qual é a diferença entre rochas e minerais, além de conhecer os conceitos desses importantes elementos das Ciências da Terra.
Nessa foto, é possível observar a ação das águas do mar sobre o litoral
Formas litorâneas de relevo
Veja quais são as principais formas litorâneas de relevo, como enseadas, baías e outras.
Grand Canyon nos EUA-Arizona
Os Cânions
Os cânions, O que são cânions, Onde pode ser encontrado os cânions, Como são formados os cânions, Grand Canyon é o mais conhecido, As medidas do Grand Canyon, Qual é o maior cânion do mundo.
As variações observadas na atmosfera ao longo de um dia dizem respeito às condições do tempo de um determinado lugar.
Qual é a diferença entre tempo e clima?
Descubra a diferença entre tempo e clima. Saiba quais são as definições de cada um, bem como os elementos que os influenciam. Veja também o que é previsão do tempo.
Descargas de trajetórias irregulares e ramificadas.
Raio
Raio, o que são raios, características de um raio, classificação dos raios, como ocorre a descarga elétrica do raio, considerações de segurança em casos de tempestades.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Sigmund Freud
Filosofia
Sigmund Freud
Nessa videoaula você conhecerá mais sobre a vida e estudos do "pai" da psicanálise.
video icon
Thumb Brasil Escola
Literatura
Realismo fantástico
Trazemos uma análise sobre realismo fantástico. Assista já!
video icon
Thumb Brasil Escola
Química
Funções orgânicas
Tire um tempo para entender melhor o que são as amidas.