Verbos Impessoais

Você sabe o que são verbos impessoais? Os verbos impessoais são aqueles que não possuem sujeito. Ou seja, eles surgem em orações sem sujeito.

Há alguns muito usados, como o verbo “haver” no sentido de “existir”, como o próprio “há” no início dessa oração.

Podemos citar ainda: os que exprimem os fenômenos da natureza: chover, relampejar, ventar, nevar, gear, amanhecer, escurecer, esquentar, estar e fazer (meteorologia).

E os que indicam tempo: ser (indicando data, hora, distância) e fazer (tempo).

Os verbos impessoais ficam sempre na 3ª pessoa do SINGULAR.

Veja alguns exemplos:

a) Havia fatos que precisavam ser resolvidos.
b) Há motivos para que eu vá.
c) Faz muito tempo que não a vejo.
d) Amanheceu muito frio hoje.

Nas locuções verbais, o verbo auxiliar acompanha o principal: Deve haver um caixa eletrônico por aqui. Vai fazer dois anos que estou aqui.

Lembre-se que o verbo “existir” não é impessoal e, portanto, é conjugado normalmente em concordância com o sujeito: Existem muitas cadeiras aqui. Existe um motivo para eu estar feliz.
Publicado por: Sabrina Vilarinho
Assuntos relacionados
Classificação dos verbos
Verbos regulares, irregulares, abundantes e demais classificações.
Vozes Verbais
Aprenda a diferença entre voz ativa, voz passiva e voz reflexiva. Entenda quando utilizar cada uma e como passar de uma voz à outra.
Conjugações verbais? Fique atento (a)!
Conjugações verbais
Conheça neste espaço a importância de se manter atento (a) a algumas conjugações verbais!
O presente do subjuntivo e o imperativo afirmativo e negativo são derivados do presente do indicativo
Tempos derivados do presente do modo indicativo
Sua competência linguística pode se ampliar ainda mais, sabe como? Clicando e conferindo acerca dos tempos derivados do presente do modo indicativo!
O verbo haver, no sentido de existir ou de tempo decorrido, é impessoal, ou seja, não tem sujeito e, portanto, não flexiona para o plural
Houve ou houveram?
Houve ou houveram? Ficou na dúvida na hora de utilizar o verbo haver? Neste artigo você vai tirar suas dúvidas a respeito desse verbo e suas flexões!
A oração sem sujeito é aquela que apresenta verbos impessoais, os quais não se referem a uma pessoa do discurso
Oração sem sujeito
Neste artigo refletimos a respeito da oração sem sujeito e dos verbos impessoais que dispensam a existência de sujeito do discurso.
As locuções verbais são uma sequência de dois ou mais verbos que exercem função morfológica de um só verbo
Locuções verbais
Neste texto você encontra o conceito e exemplos de locuções verbais, uma sequência de dois ou mais verbos que exercem função de um só verbo.
Continuar e seguir são formas sinônimas, mas somente quando a ideia fizer referência a “dar continuidade, prosseguir”
Continuar e seguir
Continuar e seguir são formas verbais sinônimas apenas no sentido de dar continuidade, prosseguir.
Entre a irregularidade verbal e a discordância gráfica há diferenças
Irregularidade Verbal e Discordância Gráfica
Entre a irregularidade verbal e a discordância gráfica há diferenças, visto que a última representa apenas acomodações gráficas. Veja aqui mais detalhes!