Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. História Geral
  3. Idade Média
  4. A divisão das terras feudais

A divisão das terras feudais

A divisão das terras feudais eram feitas em três categorias: manso senhorial, manso servil e manso comunal.

Para organizar a exploração das terras no feudo, senhores feudais e servos utilizavam uma série de critérios organizacionais. Essas formas de organização facilitavam o controle sobre a rotina dos servos e a regulamentação das várias taxas impostas sobre a produção agrícola. De fato, sem o emprego desses critérios, a delimitação do uso das propriedades seria um tanto quando mais complicado.

Geralmente, as terras eram dividas em três categorias elementares: o manso senhorial, o manso servil e o manso comunal. O manso senhorial correspondia à metade das terras cultiváveis em todo o feudo. Os alimentos ali produzidos eram integralmente repassados ao dono das terras e o servo tinha a obrigação de dedicar entre três a quatro dias da semana ao cultivo destes terrenos.

Logo abaixo, temos a demarcação do manso servil. Do ponto de vista legal, a posse do manso servil tinha natureza dupla: uma posse legal, pertencente ao senhor do feudo; e uma posse útil estabelecida pelo servo. Por meio do uso dessas terras o servo retirava a produção necessária para a obtenção de seu sustento e o pagamento dos vários tributos e obrigações exigidos pelo senhor feudal.

O manso comunal era compreendido como todos os terrenos da propriedade que poderiam ser utilizados concomitantemente pelo senhor feudal e os seus servos. Na maioria das vezes, o manso comunal correspondia aos bosques e pastos onde poderia ser feita a criação de animais, o recolhimento de alimentos silvestres, a caça e a obtenção de lenha.

Observando esse processo de divisão de terras, podemos notar claramente que o senhor feudal tinha controle sobre a grande parte da produção agrícola. Além de contar com toda a riqueza gerada em seu manso, ainda extraía uma porção dos produtos do manso servil sob a forma de imposto. Dessa forma, é possível compreender que as relações servis eram cingidas pelo signo da desigualdade.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
As terras de um feudo eram costumeiramente divididas em diferentes mansos.
As terras de um feudo eram costumeiramente divididas em diferentes mansos.
Publicado por: Rainer Gonçalves Sousa
Assuntos relacionados
As cruzadas mobilizaram as populações européias rumo à conquista de regiões orientais.
Cruzadas
Cruzadas, Idade Média, falta de terras, exclusão da classe nobiliárquica, expansão muçulmana, Igreja, exércitos cruzados, conquista de entrepostos comerciais, oito cruzadas, revitalização do comércio.
Império Carolíngio: devoção religiosa e militarismo em um dos maiores governos da Europa Medieval.
Império Carolíngio
A fase áurea da dominação dos francos na Europa Medieval.
O Alcorão reúne os elementos fundamentais da religião muçulmana.
Os princípios islâmicos
O desenvolvimento das crenças fundamentais da religião muçulmana.
Constantino I foi o fundador do Império Bizantino
Império Bizantino
Saiba o que foi o Império Bizantino, que durou do século IV ao século XV, e entenda a sua importância para o período da Idade Média e início da Idade Moderna.
Os povos germânicos dominaram o Antigo Império Romano.
Povos Germânicos
Idade Média, Queda do Império Romano, bárbaros, tribos germânicas, crise do Império Romano, economia agrícola, agricultura de subsistência, comitatus, Odin, Valhalla, feudalismo, relações de fidelidade.
Clero, nobreza e campesinato: a tríade fundamental da sociedade feudal.
A Sociedade Feudal
A organização social da Europa durante a Idade Média.
A natureza de Cristo foi o ponto fundamental desta heresia medieval.
Arianismo
Uma das mais importantes heresias da Baixa Idade Média.