Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Literatura
  3. Escolas literárias
  4. A prosa do Pós-Modernismo

A prosa do Pós-Modernismo

O período literário após o Modernismo é chamado de Pós-Modernismo, no qual observamos poesia e prosa em ângulos convergentes. Enquanto o Concretismo consolidava suas características na poesia, a prosa pós-modernista seguia por diferentes estilos, marcada por tendências diversas: regionalista, urbana, intimista, política, realista-fantástica, além de crônicas e contos.

Vejamos cada vertente poética, separadamente:

- prosa regionalista: ênfase no âmbito rural, exposição de costumes locais, crítica político-social. Autores: Mário Palmério, Bernardo Elis, Ariano Suassuna, José Cândido de Carvalho, Autran Dourado e Josué Montello.

- prosa intimista: voltada para a exploração psicológica das personagens. Autores: Lygia Fagundes Telles, Osman Lins, Nélida Piñon, Ivan Ângelo e Raduan Nassar.

- prosa urbana: como o próprio nome já diz, é uma narrativa direcionada à denúncia dos problemas das grandes cidades nos aspectos social e político. Retrata a influência do progresso nociva às relações humanas, pois acarreta em solidão, marginalidade, violência. Autores: Rubem Fonseca, João Antônio, Luís Vilela, Dalton Trevisan e Ignácio de Loyola Brandão.

-prosa política: literatura que mostrava os fatos sociais diante da censura aos meios de comunicação de massa, sofrida no começo de 1964. O que o jornal não podia mostrar, a literatura narrava através do romance-reportagem (obras de denúncia com linguagem jornalística) e do realismo fantástico (obras de denúncia baseadas em situações fictícias, absurdas, como meio de satirizar a situação do país). Autores: Ignácio de Loyola Brandão, Antonio Callado, Roberto Drummond, José Louzeiro, Márcio Souza, João Ubaldo Ribeiro, Márcio Sousa, Ivan Ângelo, Murilo Rubião, José J. Veiga e Moacyr Scliar.

-crônicas e contos: a crônica tornou-se um gênero conhecido na literatura através do jornal. Da mesma forma, o conto passou a ser ferramenta literária para a retratação de dramas aparentemente triviais, mas com conteúdo reflexivo. Autores: crônistas: Fernando Sabino, Rubem Braga, Paulo Mendes Campos, Luis Fernando Veríssimo, Millôr Fernandes, Moacyr Scliar, Carlos Heitor Cony. Conto: Otto Lara Resende, Moacyr Scliar, João Antônio, Dalton Trevisan, Lygia Fagundes Telles, João Ubaldo Ribeiro, Caio Fernando Abreu, Domingos Pellegrini Jr. e Patrícia Mello.

Como vimos acima, alguns autores não se detiveram em apenas um tipo de tendência literária, assim como as diferentes vertentes da prosa pós-modernista, foram bastante ecléticos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Publicado por: Sabrina Vilarinho
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

Sobre o pós-modernismo, é correto afirmar, exceto:

a) Pós-modernismo é o nome dado às mudanças ocorridas nas ciências, nas artes e nas sociedades desde 1950.

b) O pós-modernismo é um termo de periodização artística e literária que se refere ao que vem depois do modernismo, abrangendo suas três fases: primeiro modernismo dos anos 20, modernismo dos anos 30-45, modernismo canônico de meados dos anos 40 e 60.

c) As narrativas pós-modernas apoiam-se no cotidiano, daí o seu caráter espontâneo, e dão prioridade às temáticas que levam ao inconsciente coletivo.

d) Os temas da prosa pós-modernista são extraídos do cotidiano e tratados com irreverência. Essa abordagem tinha como objetivo destruir e contestar os valores artísticos do passado, bem como os valores ideológicos, sociais e históricos que forjaram o patriotismo brasileiro.

e)  Enquanto o Concretismo consolidava suas características na poesia, a prosa pós-modernista seguia por diferentes estilos, marcada por tendências diversas: regionalista, urbana, intimista, política, realista-fantástica, além de crônicas e contos.

Questão 2

Entre as principais obras literárias da prosa pós-modernista estão:

I. Morte e vida severina, de João Cabral de Melo Neto.

II. Memórias sentimentais de João Miramar, de Oswald de Andrade.

III. As meninas, de Lygia Fagundes Telles.

IV. Amar, verbo intransitivo, de Mário de Andrade.

V. Grande Sertão: Veredas, de Guimarães Rosa.

a) I, III e V.

b) II e IV.

c) II, III e V.

d) I e V.

e) III, IV e V.

Mais Questões
Assuntos relacionados
Lygia Fagundes Telles é uma das maiores escritoras da Literatura brasileira. Produziu, ao longo de sua carreira, diversos romances e livros de contos
Lygia Fagundes Telles
Conheça o real e o fantástico na obra de Lygia Fagundes Telles.
Ariano Suassuna
A arte como vocação, missão e festa: Conheça a vida e a obra do escritor e dramaturgo Ariano Suassuna.
Gabriel García Márquez
Saiba quem foi Gabriel García Márquez, importante autor latino-americano. Leia detalhes de sua biografia, descubra suas principais obras e veja frases do autor.
Realismo no Brasil
Conheça o que foi o realismo no Brasil. Leia a respeito do contexto histórico, seus desdobramentos e quais foram os principais autores realistas brasileiros.
Luís Carlos Prestes – revolucionário comunista
Modernismo – Momento histórico da primeira fase
Tudo sobre a história da primeira fase do Modernismo!