Whatsapp icon Whatsapp

Comprar à vista ou a prazo

As lojas utilizam os termos à vista e a prazo (prestação) como marketing para atrair o cliente. Mas nem todas as pessoas sabem calcular qual dessas alternativas compensa mais. O cálculo que utilizamos para descobrir a vantagem do pagamento à vista ou a prazo pertence à matemática financeira.

Sempre quando uma loja opina por aplicar os famosos pagamentos a prazo ela visa vantagem, em sua maioria esse tipo de pagamento nunca é para o cliente mais vantajoso do que o pagamento à vista, e enquanto que para a loja é mais lucrável, pois quando um cliente faz um pagamento parcelado, a empresa ganha em cima do juro pago pelo cliente no financiamento da mercadoria.

Vejam algumas dessas promoções e aprenda a analisar qual é a condição mais vantajosa, ou seja, qual delas o consumidor terá que desembolsar menos.

Exemplo 1:

Em uma determinada loja, uma máquina fotográfica é vendida à vista por R$270,00, ou por R$326,70 com o pagamento para dois meses. Qual é a taxa de juros que a loja está operando?

Quando uma loja faz esse tipo de proposta par o consumidor o pensamento dela é o seguinte: hoje tenho um capital de R$270,00 aplico-o e ao final dessa aplicação recebo de volta com o juro um montante de R$326,70.

Então, para que o consumidor saiba calcular qual é a taxa dos juros que essa loja está trabalhando, basta aplicar esses valores na fórmula dos juros compostos.

M = C (1 + i)n
326,70 = 270 (1 + i)2
326,70 : 270 = (1 + i)2
1,21 = (1 + i)2
√1,12 = 1 + i
1,1 – 1 = i
i = 0,1 ou 0,1 . 100 = 10%.

Portanto, a loja opera com a taxa de juros de 10% ao mês sobre as compras parceladas.

Exemplo 2:

Um aparelho de som é vendido à vista por R$248,00 ou 3x de R$100,00 sem entrada. Se o cliente conseguir aplicar o seu dinheiro a 2,8% ao mês, Qual das duas opções de pagamento é mais vantajosa.

Devemos encontrar quanto ele deve aplicar para conseguir pagar o som no final dos três meses:

R$100,00 daqui a 1 mês ----- 100 = x (1 + 0,028)1 ----- x = 97,28
R$100,00 daqui a 2 meses ----- 100 = y (1 + 0,028)2 ----- y = 94,70
R$100,00 daqui a 3 meses ----- 100 = z (1 + 0,028)3 ----- z = 92,09

A soma dos três capitais é o valor que o consumidor irá pagar pelo aparelho de som parcelando esse pagamento em 3 vezes sem entrada.

97,28 + 94,63 + 92,05 = 283,96

Como 283,96 é maior que 248,00, concluímos que mais uma vez o pagamento à vista é mais vantajoso

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Publicado por Danielle de Miranda

Artigos Relacionados

Divisão Diretamente Proporcional
Dividindo valores em partes diretamente proporcionais.
Divisão Inversamente Proporcional
Dividindo números de maneira inversamente proporcional.
Fator de Capitalização
Fator de correção das capitalizações compostas.
Financiamentos
No mercado atual, o financiamento é largamente utilizado. Clique e entenda!
Proporção
Conheça tudo sobre proporção: aprenda a verificar se os valores são proporcionais ou não e entenda o que são grandezas direta e inversamente proporcionais.
video icon
Professora ao lado do texto"Verbos irregulares".
Português
Verbos irregulares
Sabendo que o estudo de verbos não é uma tarefa fácil, nesta videoaula esclareceremos as formas de flexão dos verbos irregulares, ou seja, aqueles que, ao serem conjugados, apresentam alteração em seu radical ou em sua terminação. Não deixe de assistir!