Whatsapp icon Whatsapp

Enóis

Definição conceitual do grupo funcional dos enóis

O esquema genérico da estrutura do seu grupo está representado abaixo:

Representação genérica do grupo enol.

Muitas vezes um enol é confundido com outros dois grupos funcionais orgânicos, que são: álcoois e fenóis. Observe as diferenças entre eles a seguir:

Álcoois: diferentemente dos enóis, os álcoois têm a hidroxila ligada em um carbono saturado, isto é, que só faz ligações simples.

Representação de um álcool: o etanol.

Fenóis: no caso dos fenóis, a hidroxila está ligada diretamente ao anel benzênico. Note que apesar de o carbono ser insaturado, nos enóis a cadeia tem que ser aberta.

Representação de um fenol: o 3-metilfenol.

O enol é um composto instável, podendo ser convertido facilmente em cetona ou aldeído. A presença dos enóis se dá principalmente no fenômeno isomérico da tautomeria, em que cetonas ou aldeídos se encontram em equilíbrio com os enóis. O que ocorre é que a ligação dupla entre o oxigênio e o carbono da cetona ou do aldeído pode migrar para o átomo de carbono vizinho. Assim, o hidrogênio deste carbono se desloca, ligando-se ao oxigênio da função orgânica e tornando-se um enol. Observe como isso ocorre nos equilíbrios abaixo:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Equilíbrio tautométrico entre aldeído e enol e cetona e enol.

O enol pode ser obtido também pela substituição de hidrogênios de carbonos de hidrocarbonetos com a dupla ligação, pelo grupo hidroxila (-OH).

*Nomenclatura:

Sua nomenclatura obedece às regras estabelecidas pela IUPAC (União Internacional de Química Pura e Aplicada) para os álcoois, com apenas uma diferença: no intermediário (tipo de ligação), coloca-se “en”, indicando a dupla ligação; e não “na”, que indica a ligação simples para os álcoois. Assim, temos:

Regra de nomenclatura para enóis.

Exemplos:

Exemplos de nomenclatura de compostos enólicos

Publicado por Jennifer Rocha Vargas Fogaça
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

Anilina
Fenilamina, Anilina, compostos aromáticos, líquido oleoso incolor, solúvel em álcool e éter, substância venenosa, alcatrão mineral, coramento de células para serem vistas ao microscópio, azul-de-metileno, sais de diazônio, Otto Unverdorben, destilação seca do anil ou do índigo.
Classificação dos alcoóis
De acordo com a posição e o número de hidroxilas.
O fenol comum é o hidrobenzeno mostrado acima
Fenóis
Veja qual é o grupo funcional dos fenóis, suas principais características e propriedades, bem como suas aplicações.
Estrutura em 3D do enol chamado but-2-en-2ol
Nomenclatura dos enóis
Aprenda os passos necessários para realizar a nomenclatura dos enóis!
O fenol comum, assim como a maioria dos fenóis, é tóxico e altamente irritante*
Propriedades dos Fenóis
Conheças as principais propriedades físicas e químicas dos compostos orgânicos do grupo dos fenóis.
A acetona é uma substância produzida a partir da hidratação de um alcino
Reações de hidratação em alcinos
Conheça como são os mecanismos da reação de hidratação de alcinos. Confira!
Qual a composição do filtro solar?
Ácidos carboxílicos e filtros solares
Qual a relação entre eles?
Estrutura molecular do Éter Etílico.
Éter Etílico
Éter Etílico, éter sulfúrico, éter dietílico, etoxietano, átomo de oxigênio ligado a dois grupos orgânicos, Valerius Cordus, reação de álcool etílico com ácido sulfúrico, extrema volatilidade, periculosidade do éter etílico, sintetizar a cocaína, provocar incêndios, solvente de resinas.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Sigmund Freud
Filosofia
Sigmund Freud
Nessa videoaula você conhecerá mais sobre a vida e estudos do "pai" da psicanálise.
video icon
Thumb Brasil Escola
Literatura
Realismo fantástico
Trazemos uma análise sobre realismo fantástico. Assista já!
video icon
Thumb Brasil Escola
Química
Funções orgânicas
Tire um tempo para entender melhor o que são as amidas