Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Química
  3. Química Orgânica
  4. Isomeria
  5. Estereoisomeria ou Isomeria Espacial

Estereoisomeria ou Isomeria Espacial

A Estereoisomeria pode ser explicada e visualizada somente por meio de fórmulas espaciais. Esteroisômeros são compostos que possuem o mesmo grupo funcional, o mesmo tipo de insaturação, a mesma estrutura, heteroátomo ou substituinte. Eles se diferem apenas pela configuração das moléculas, isto é, pelo arranjo espacial dos átomos.

1º) Compostos saturados:

Quando sofrem uma rotação em torno das ligações simples, os átomos das moléculas isômeras adquirem arranjos atômicos diferentes. Por exemplo, observe os modelos das moléculas do etano a seguir, caracterizados por meio da representação de Newman e fórmulas em cavalete das moléculas do Etano:

 

Respectivamente: Projeção de Newman e fórmulas em cavalete das moléculas do Etano
Respectivamente: Projeção de Newman e fórmulas em cavalete das moléculas do Etano

A molécula do etano na conformação I- estrela é a mais estável porque passa por um mínimo de energia potencial. Conforme vai rotacionando, esta energia vai aumentando e, ao adquirir a conformação II- eclipse, atinge o seu máximo. Dessa forma, a maioria das moléculas do etano encontra-se na forma I – estrela, ou seja, na conformação mais estável.

2º) Compostos insaturados de cadeias abertas (acíclicas) e de cadeias cíclicas:

Ao contrário dos compostos saturados vistos anteriormente, os compostos insaturados não sofrem rotação, pois a ligação dupla é rígida e isso causaria o seu rompimento.

a)      Diasteroisômeros cis-trans em compostos insaturados de cadeia aberta:

 

 

Neste caso, os ligantes de cada átomo de carbono da dupla são diferentes entre si. Observe os exemplos de isômeros geométricos do 1,2 – dicloroeteno abaixo.

 

 

Isômeros geométricos do 1,2 – dicloroeteno
Isômeros geométricos do 1,2 – dicloroeteno
 
A conformação I é do 1,2 – dicloroeteno cis, porque quando cada átomo de carbono da dupla apresenta um átomo de hidrogênio, este está no mesmo lado do plano. Já o segundo composto é denominado trans (1,2 – dicloroeteno trans) porque seus átomos de hidrogênio ligados aos carbonos da dupla estão em lados opostos do plano.

b) Diasteroisômeros cis-trans em compostos de cadeias cíclicas (fechadas):

Os compostos cíclicos também não sofrem uma rotação completa em torno de seus eixos, porque sua estrutura é rígida e isso causaria o rompimento do ciclo.

Neste caso, para que ocorra isomeria cis-trans, é necessário que pelo menos dois carbonos do ciclo possuam ligantes diferentes entre si e iguais aos de outro átomo de carbono.

Seguindo a mesma regra para os compostos insaturados de cadeia fechada, traçamos uma reta imaginária, separando os eixos do plano espacial destes átomos de carbono e observando se seus ligantes iguais estão do mesmo lado (cis) ou de lados opostos (trans).

Exemplo:

Isômeros do 1,2-diemtilciclopentano.


Isômeros do 1,2-diemtilciclopentano.

3º)  Isomeria E-Z:

Este sistema E-Z foi criado pelo químico orgânico inglês Christopher Kelk Ingold (1893-1970), pelo químico orgânico bósnio e naturalizado suíço Vladimir Prelog (1906-1998) e colaboradores. Ele serve para acabar com um impasse denominado cis-trans, quando se aplica a alcenos cujos átomos da dupla possuem mais de dois ligantes diferentes.

No sistema E-Z tem maior prioridade o ligante cujo átomo imediatamente ligado ao carbono da dupla tiver maior número atômico. Por exemplo, considerando os isômeros do 3- metilpent – 2 –eno, temos:

Isômeros do 3- metilpent –2–eno
Isômeros do 3- metilpent –2–eno

O isômero I é denominado Z-3- metilpent–2–eno, porque os ligantes de maior número atômico de cada carbono da dupla estão do mesmo lado (a letra Z vem da palavra alemã zusammen, que significa junto; e a letra E, vem da palavra alemã entgegen, que significa oposto). Já o isômero II, é denominado E-3-metilpent–2–eno, pois os ligantes de maior número atômico de cada carbono da dupla estão de lados opostos.

A mesma regra vale para a denominação dos compostos cíclicos.

Por Jennifer Fogaça
Graduada em Química


 
A Estereoisomeria apenas pode ser entendida por meio de fórmulas espaciais.
A Estereoisomeria apenas pode ser entendida por meio de fórmulas espaciais.
Publicado por: Jennifer Rocha Vargas Fogaça
Assista às nossas videoaulas
Assuntos relacionados
Isomeria Espacial
Entenda o que é e quais são os tipos de isomeria espacial. Clique aqui!
O 1,2-dicloropropano é um exemplo de composto cíclico que realiza isomeria geométrica cis-trans e isomeria óptica
Isomeria em compostos cíclicos
Veja quais são os casos de isomeria em compostos cíclicos tanto na isomeria constitucional (plana) quanto na estereoisomeria (espacial).
Importância da diferenciação dos isômeros óticos da Talidomida.
Isômeros perigosos
Importância da diferenciação dos isômeros óticos da Talidomida.
Exemplo de tautomeria: equilíbrio aldoenólico em uma solução de aldeído acético
Isomeria Dinâmica ou Tautomeria
Entenda como ocorre a isomeria constitucional dinâmica, ou tautomeria, um tipo de isomeria de função.
Imagem de isômero cis do 1,2-dimetilciclopentano
Isomeria Geométrica em Compostos de Cadeia Fechada
Veja quais são as condições necessárias para que a isomeria geométrica ocorra em compostos de cadeia fechada e observe um exemplo.
Os dois compostos de cima são diastereoisômeros e os de baixo são enantiômeros
Diferença entre diastereoisômeros e enantiômeros
Entenda a diferença entre diastereoisômeros e enantiômeros, um aspecto importante do estudo da isomeria espacial ou estereoisomeria.
O isômero (Z)-9-tricoseno é o feromônio da mosca doméstica que atrai os machos. Já o isômero (E)-9-tricoseno não possui nenhum efeito
Isomeria E-Z
Entenda o que é a isomeria E-Z e quando você deve usar esse sistema de nomenclatura para isomeria geométrica no lugar da cis-trans.
O butan-2-ol é capaz de gerar apenas uma mistura racêmica
Mistura racêmica
Aprenda o que é uma mistura racêmica e descubra como determinar a quantidade desses isômeros opticamente inativos.
A ribose apresenta diastereoisômeros por apresentar mais de um carbono quiral
Como contar os diastereoisômeros?
Aprenda como contar o número de diastereoisômeros presentes em um composto orgânico. Esse procedimento é baseado na determinação da quantidade de isômeros opticamente ativos, os quais estão relacionados com a quantidade de carbonos quirais existentes nas moléculas dessas substâncias. Clique e saiba mais!
Isomeria Óptica: conceito de simetria
Clique aqui e entenda qual é o conceito de isomeria óptica!
Isômeros geométricos possuem propriedades químicas distintas. Na figura, o ácido maleico pode se transformar no anidrido, mas o ácido fumárico não
Isomeria geométrica cis-trans
Entenda as características necessárias para a ocorrência da isomeria geométrica ou cis-trans e como ela influencia nas propriedades físicas e químicas dos compostos.