Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Química
  3. Química Orgânica
  4. Estudo do Carbono

Estudo do Carbono

O elemento carbono é a unidade fundamental da Química Orgânica, sendo assim ele merece ser estudado mais profundamente. O que será que torna o carbono essencial na formação dos compostos orgânicos?

Na segunda metade do século XIX, a estrutura do carbono começou a ser estudada por Archibald Scott Couper (1831-1892) e Friedrich August Kekulé (1829-1896), e posteriormente esses estudos foram denominados de postulados de Couper-Kekulé que estudam o comportamento químico do carbono, eles são subdivididos em três:

1º postulado: Tetravalência constante. O átomo de carbono é tetravalente, essa propriedade permite que esse elemento estabeleça quatro ligações covalentes, ele tem dois pares eletrônicos disponíveis. Exemplo:
        H
        │
H ─ C ─ H
        │
        H
    Metano

2º postulado: As quatro valências do carbono são iguais. Esse postulado explica por que existe, por exemplo, somente um clorometano. Qualquer que seja a posição do cloro, obtém-se um só composto: H3CCl.
       Cl
        │
H ─ C ─ H
        │ 
        H

3º postulado: Encadeamento constante. Átomos de carbono ligam-se diretamente entre si, formando estruturas denominadas cadeias carbônicas.

Essa propriedade é comum para o nitrogênio, enxofre, fósforo e oxigênio. Só que no caso do carbono essa capacidade de formar quatro ligações é mais pronunciada, a prova disso é que existem extensas cadeias carbônicas, e também uma variedade enorme de compostos orgânicos.

Um experimento bem simples pode comprovar a existência do carbono em um determinado composto como, por exemplo, na substância orgânica sacarose (açúcar comum).

Procedimento: Separe uma porção de açúcar e pingue algumas gotas de ácido sulfúrico (H2SO4) e observe: o açúcar se transformará em carvão, mas como isso ocorre?

A sacarose é constituída por carbono, hidrogênio e oxigênio, sua fórmula molecular é C12H22O11. O ácido sulfúrico concentrado é higroscópico: retira H e O na forma de H2O, resta então somente o C na forma de carvão.

Equação do processo:

C12H22O11 = C12 (H2O)11

C12 (H2O)11 + H2SO4 (conc) → 12C + H2SO4 + 11 H2O

                                                                 carvão
O carbono está presente na sacarose (açúcar comum).
O carbono está presente na sacarose (açúcar comum).
Publicado por: Líria Alves de Souza
Assista às nossas videoaulas
Assuntos relacionados
Polaridade dos Compostos Orgânicos
Polaridade dos compostos orgânicos, eletronegatividade, molécula de um composto orgânico, molécula apolar, molécula polar, carbono, hidrogênio, ligações apolares, ligações polares.
O látex extraído da seringueira origina polímeros.
Polímero Natural
Polímeros de adição, Polímeros de condensação, polissacarídeos, proteínas, polimerização dos monossacarídeos, borracha natural, Seringueira, Látex, Vulcanização, borracha vulcanizada.
Poliuretano na forma de bisnagas
Poliuretano versátil
Clique aqui e conheça as características e utilizações do poliuretano versátil!
O benzeno é um dos principais exemplos de substância com cadeia carbônica fechada
Classificação das cadeias carbônicas fechadas
Conheça a classificação das cadeias carbônicas fechadas, que pode levar em conta a presença de um núcleo benzênico, ligações pi ou heteroátomos.
A substância metano apresenta apenas ligações sigma entre os átomos.
Tipos de ligações sigma
Clique para aprender a determinar o tipo de ligação sigma existente entre os átomos presentes em uma molécula. Essa determinação é totalmente dependente do orbital (s, p ou hibridizado) incompleto existente em cada um dos átomos envolvidos nesse tipo de ligação. Retire todas as suas dúvidas sobre o assunto aqui!
Partes do corpo humano conservados em soluções de formol
Formaldeído
Clique e conheça as características do formaldeído e suas principais utilizações.
A diabetes melitus é regulada com a aplicação de insulina.
Glicose e diabetes
Carboidrato, glicose, hipoglicemia, dextrosol, soro glicosado, melitus, insipidus, hiperglicemia, deficiência de insulina, pâncreas, metabolismo da glicose, produção do hormônio insulina, diabético, alterações neurológicas e circulatórias, hormônio antidiurético, disfunção na glândula hipófise.
Macromoléculas do polipropileno (PP), um polímero de adição usado para a fabricação de tecidos, sacos de plástico e muitos outros artigos
Polímeros de Adição
Conheça os polímeros de adição, plásticos muito usados no cotidiano, na fabricação de produtos tais como garrafas, brinquedos, panelas, sacolas e materiais de isopor.