Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Química
  3. Química Geral
  4. Ligação Metálica

Ligação Metálica

As propriedades de uma ligação são diferentes das propriedades dos seus elementos constituintes. Os metais quando analisados separadamente possuem características únicas que os diferem das demais substâncias: eles são sólidos à temperatura ambiente (25°C) e apresentam cor prateada.
A estrutura atômica dos metais é a Cristalina, que se constitui por cátions do metal envolvidos por uma nuvem de elétrons. A capacidade que os metais têm de conduzir eletricidade se explica pela presença dessa nuvem de elétrons, que conduz corrente elétrica nos fios de eletricidade, não só neles, mas em qualquer objeto metálico.
As ligas metálicas possuem algumas particularidades que os metais puros não apresentam. Justamente por isso, são produzidas e utilizadas em abundância. Vejamos as propriedades das ligações metálicas:

Aumento da dureza: se pegarmos, por exemplo, o elemento Ouro (Au) da forma como é encontrado na natureza não conseguiríamos fabricar nenhum objeto consistente, pois ele é mais maleável que a grande maioria dos metais. Mas se adicionarmos a ele a prata (Ag) e o cobre (Cu) formaremos uma ligação metálica, aumentando a dureza e permitindo sua utilização para fabricar joias, como anéis, pulseiras, relógios, etc.
Essa liga metálica é também conhecida por Ouro 18 quilates e apresenta 75% em massa de ouro e os outros 25% correspondem à prata e ao cobre.

Aumento da resistência mecânica: para fabricar materiais que tenham maior resistência ao manuseio, é preciso recorrer à ligação entre os metais. O aço, por exemplo, é formado por ferro (Fe) e carbono (C). Essa liga fica tão resistente que é usada na fabricação de peças metálicas que sofrem tração elevada. Exemplos:
Aço cirúrgico: é usado para a obtenção de instrumentos cirúrgicos, por apresentar alta resistência à oxidação.
Aço inox: é uma liga dos metais ferro (Fe), carbono (C), cromo (Cr) e níquel (Ni); é usada para fabricar talheres para cozinha, peças de carro, etc.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
O aço cirúrgico é usado para fabricar piercings.
O aço cirúrgico é usado para fabricar piercings.
Publicado por: Líria Alves de Souza
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

(Cefet-PR) “Nas indústrias de fabricação de alumínio, mais de 70% dos recursos empregados é energia elétrica, um recurso que apesar de escasso ainda é muito barato no Brasil. Este custo é ainda inferior para empresas que possuem subsídio e pagam até um terço do preço pago pelos consumidores residenciais. Grande parte dos lingotes produzidos aqui é exportada e, lá fora, eles são transformados em componentes automotivos e equipamentos que o Brasil precisa comprar por um preço muito mais alto.”

(Revista Veja, ed. Abril, ano 34, nº21, 2001)

As ligações químicas entre os átomos de alumínio presentes nos lingotes produzidos são do tipo:

a) iônica.

b) dipolo-dipolo.

c) metálica.

d) covalente.

e) cristalina.

Questão 2

(UFRGS-RS) No modelo do gás eletrônico para a ligação metálica, considera-se que os nós do retículo cristalino do metal são ocupados por:

a) íons negativos.

b) íons positivos.

c) elétrons.

d) prótons.

e) átomos neutros.

Mais Questões
Assuntos relacionados
O dióxido de carbono é formado por ligações covalentes entre o carbono e dois átomos de oxigênio
Ligação Covalente
Entenda como ocorre a ligação covalente e como ela é representada por meio de fórmulas eletrônicas e estruturais.
O cloreto de sódio é um exemplo de composto formado a partir de ligação iônica entre os átomos
Ligação Iônica
Entenda como ocorre a ligação iônica, descubra seus princípios e características e aprenda a montar as fórmulas de compostos iônicos.
Spray: a pressão contida no frasco pode oferecer perigo.
Equação geral dos gases
Ela aborda as três variáveis de estado (P, V, T).
Isótopos de hidrogênio
Conheça as variáveis deste elemento.
O ósmio e o irídio estão situados no centro e na parte inferior da Tabela Periódica e, por isso, são os elementos que apresentam maior densidade
Densidade – propriedade periódica dos elementos
Entenda por que a densidade é considerada uma propriedade periódica dos elementos químicos.
Os gases expelidos pela chaminé industrial dispersam-se no ar, isso é um exemplo de difusão
Difusão e Efusão dos Gases
Conheça o que é a difusão e a efusão dos gases, fenômenos que explicam muitas situações do cotidiano.
Imagem meramente ilustrativa de ligação química envolvendo elétrons em camadas internas do átomo
Ligações químicas entre elétrons de camadas internas
Veja novos estudos que mostram a possibilidade de ligações químicas entre elétrons de camadas internas, o que vai contra as regras básicas da química.
Charles e Gay-Lussac foram dois cientistas franceses que estudaram as transformações isocóricas, criando a Lei que leva seus nomes
Transformação isocórica ou isovolumétrica
Transformação isocórica ocorre quando o volume e a massa de um gás são mantidos estáveis e sua temperatura e sua pressão variam.
A teoria atômica criada por Dalton conseguiu explicar microscopicamente a lei criada por Lavoisier
Explicação de Dalton para as Leis Ponderais
Veja como a teoria atômica de Dalton explica as leis ponderais de Lavoisier e Proust.
As duas formas alotrópicas do enxofre (rômbico e monoclínico) podem ser encontradas em locais propícios a erupções vulcânicas
Alotropia do Enxofre
Conheça como ocorre a alotropia do enxofre, resultando no enxofre rômbico e no enxofre monoclínico.
Produção de liga metálica a altas temperaturas
Ligas Metálicas
Conheça a composição e aplicação de algumas das ligas metálicas mais importantes, tais como o aço, o aço inox, o ouro 18 quilates, a amalgama, a solda, entre outros.