Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Química
  3. Química Geral
  4. Misturas Homogêneas e Heterogêneas

Misturas Homogêneas e Heterogêneas

Antes de definirmos as misturas, é preciso saber o que são substâncias:
Substância pura é a substância (ou composto) formada exclusivamente por partículas (moléculas ou aglomerados) quimicamente iguais.
É muito difícil encontrarmos substâncias puras na natureza. Em geral, elas são produzidas em laboratório, por processos de fracionamento de misturas ou métodos de purificação. Qualquer fração dessas substâncias apresenta a mesma característica que as demais, sempre igual a da própria substância.

Mistura é um sistema formado por duas ou mais substâncias puras, chamadas componentes.
As misturas podem ser classificadas em homogêneas e heterogêneas. A diferença entre elas é que a mistura homogênea é uma solução que apresenta uma única fase enquanto a heterogênea pode apresentar duas ou mais fases. Fase é cada porção que apresenta aspecto visual uniforme.
Existe uma diferença entre solução e composto, as soluções não têm composição fixa como a dos compostos, ou seja, as quantidades de cada elemento presentes nas soluções podem variar e estar em qualquer proporção.

Exemplos de misturas homogêneas: as águas salgadas, o ar, apresentam uma única fase. A água do mar contém, além de água, uma quantidade enorme de sais minerais. O ar é uma mistura de nitrogênio e oxigênio que apresenta aspecto homogêneo.

Exemplos de misturas heterogêneas: água e óleo, granito. A água e o óleo não se misturam, sendo assim, é um sistema que apresenta duas fases e cada uma é composta por uma substância diferente. O granito é uma pedra cuja composição é feita por uma mistura heterogênea de quartzo, feldspato e mica, podemos ver pela diferença de cor de cada pedra.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Química Geral - Química - Mundo Educação

Granito: mistura heterogênea de pedras.
Granito: mistura heterogênea de pedras.
Publicado por: Líria Alves de Souza
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

(UFES) Observe a representação dos sistemas I, II e III e seus componentes. O número de fases em cada um é, respectivamente:

Exercício sobre misturas
Exercício sobre misturas

I- óleo, água e gelo.
II- água gaseificada e gelo.
III- água salgada, gelo, óleo e granito.

a) 3,2,6.

b) 3,3,4.

c) 2,2,4.

d) 3,2,5.

e) 3,3,6. 

Questão 2

(UFES) Considere os seguintes sistemas:

I - nitrogênio e oxigênio;
II - etanol hidratado;
III - água e mercúrio.

Assinale a alternativa correta.

a) Os três sistemas são homogêneos.

b) O sistema I é homogêneo e formado por substâncias simples.

c) O sistema II é homogêneo e formado por substâncias simples e composta.

d) O sistema III é heterogêneo e formado por substâncias compostas.

e) O sistema III é uma solução formada por água e mercúrio.

Mais Questões
Assuntos relacionados
O dióxido de carbono é formado por ligações covalentes entre o carbono e dois átomos de oxigênio
Ligação Covalente
Entenda como ocorre a ligação covalente e como ela é representada por meio de fórmulas eletrônicas e estruturais.
O óleo lubrificante é obtido por destilação fracionada
Destilação simples e fracionada
Conheça as etapas e os equipamentos utilizados na destilação simples e na fracionada!
Compartilhar elétrons: ligação covalente dativa.
Ligação covalente dativa
Clique aqui e aprenda um pouco mais sobre a ligação covalente dativa!
Realização do método de filtração a vácuo em um laboratório
Filtração a vácuo
Conheça a filtração a vácuo e os equipamentos utilizados nesse processo e saiba por que esse método possibilita filtrar de forma mais veloz.
Óleos essenciais são obtidos por destilação por arraste de vapor
Destilação por arraste de vapor
Clique e conheça a técnica utilizada para separar componentes voláteis, denominada destilação por arraste de vapor.
Análise cromatográfica
Clique aqui e entenda o que é uma análise cromatográfica e como ela é feita!
As duas formas alotrópicas do enxofre (rômbico e monoclínico) podem ser encontradas em locais propícios a erupções vulcânicas
Alotropia do Enxofre
Conheça como ocorre a alotropia do enxofre, resultando no enxofre rômbico e no enxofre monoclínico.
Um selo impresso em 1963 na Dinamarca mostra imagem de Niels Bohr comemorando o cinquentenário da sua famosa teoria atômica*
Modelo Atômico de Rutherford-Bohr
Conheça o modelo atômico de Rutherford-Bohr que explica muitos fenômenos, como a emissão de luzes coloridas pelos fogos de artifício.
O tamanho do raio atômico muda se ele ganhar ou perder elétrons
Raio Atômico e Iônico
Descubra como ocorre a variação do tamanho do raio atômico quando o átomo perde ou ganha elétrons, transformando-se em um íon.