Whatsapp icon Whatsapp

Polímero Kevlar: mais forte que o aço

A maior utilização do kevlar é em coletes à prova de bala
A maior utilização do kevlar é em coletes à prova de bala

O kevlar é um polímero sintético também conhecido como poliarilamida ou poliaramida. Ele foi descoberto por Stephanie Kwolek, no ano de 1965, e foi lançado em 1982.

O kevlar é obtido por meio da polimerização de adição do ácido tereftálico (ácido p-benzenodioico) com a p-benzenodiamina:

Reação de obtenção do kevlar

Observe que esse polímero é formado por longas cadeias de anéis de benzeno interconectadas com grupos amina.

A principal propriedade do kevlar é a sua alta resistência ao impacto, ele é sete vezes mais forte que o aço. O Kevlar é diferente nesse sentido dos outros polímeros, porque as suas fitas de polímeros se atraem de tal maneira que formam camadas rígidas, como se pode ver nas duas ilustrações a seguir:

Camadas formadas por moléculas de kevlar

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Devido a essa propriedade, ele é usado em coletes e capacetes à prova de balas, roupas de pilotos de Fórmula 1 e seus carros de corrida, bicicletas, raquetes de tênis, chassis de carros, cintos de segurança,  cordas, roupas contra incêndios, esquis esportivos especiais e peças de avião.

Coletes à prova de bala feitos de kevlar são importantes para a proteção dos soldados

Nos aviões, o kevlar é usado para forrar o compartimento do motor. Assim, se a turbina vier a explodir, o dano sofrido poderá ser minimizado. Outra característica que faz dele um bom material para ser usado nos coletes e nos aviões é sua baixa densidade, ele é muito leve.

Além disso, ele possui resistência ao ataque químico, ao tempo e ao fogo (ele só queima depois de 8 segundos exposto a temperaturas acima de 1000ºC).

Publicado por Jennifer Rocha Vargas Fogaça
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

O buna-N e o buna-S são copolímeros empregados na fabricação de pneus de automóveis
Copolímeros
Entenda como se dá a formação dos copolímeros por mais de um tipo de monômero. Veja também os principais copolímeros utilizados e produzidos atualmente.
Dois compostos de mesma fórmula molecular e estruturas diferentes são isômeros
Isomeria
Clique para entender o que é isomeria e todas as classificações que envolvem esse ramo da Química Orgânica!
Quem foi o inventor das Panelas antiaderentes?
Polímero Teflon: como ele surgiu?
Saiba sobre este moderno plástico que possui característica antiaderente.
Nas décadas de 1920 e 1930 a baquelite foi muito utilizada para produzir telefones.
Polímero baquelite
A baquelite é um polímero do tipo polifenol. Descubra por que ela foi o primeiro polímero de importância industrial e conheça sua constituição e aplicações.
Polipropileno: Polímero sintético.
Polímeros
Polímeros, monômeros, polimerização, materiais poliméricos naturais, polímeros sintéticos, polímeros de condensação, polímero de adição, borracha natural, polissacarídeos, celulose, amido, glicogênio.
Macromoléculas do polipropileno (PP), um polímero de adição usado para a fabricação de tecidos, sacos de plástico e muitos outros artigos
Polímeros de Adição
Conheça os polímeros de adição, plásticos muito usados no cotidiano, na fabricação de produtos tais como garrafas, brinquedos, panelas, sacolas e materiais de isopor.
video icon
Química
Modelo atômico de Bohr
Com esta videoaula, você vai entender o modelo de Bohr, que foi uma tentativa de aplicar as ideias de quantização de Planck ao modelo nuclear de Rutherford. Para tanto, Bohr fixou o referencial no núcleo atômico e fez hipóteses (postulados) para justificar algumas evidências experimentais.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Genitive Case
É hora de aperfeiçoar sua gramática na Língua Inglesa. Assista!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Sociologia
Democracia racial
Você sabe o que significa democracia racial? Clique e nós te ensinamos!
video icon
Tigres Asiáticos
Geografia
Tigres Asiáticos
Assista à nossa videoaula sobre os Tigres Asiáticos, e conheça as razões do desenvolvimento rápido desses territórios.