Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Biologia
  3. Botânica
  4. Absorção de água e nutrientes

Absorção de água e nutrientes

Nas plantas, a entrada de água e nutrientes ocorre pela raiz, favorecida pela presença de pelos radiculares que aumentam a superfície de absorção.

Água e íons são essenciais para o desenvolvimento da planta e são conseguidos graças às raízes, que, além de fixar a planta no solo, atuam na função de absorção. Essas substâncias entram pelas raízes e seguem até o xilema, um tecido condutor que as transporta para todas as partes da planta.

Importância do sistema radicular na absorção

Água e íons são absorvidos pelas raízes, e esse processo é facilitado por pelos radiculares. A maior parte da água vinda do solo, que entra no corpo da planta, penetra por pontos mais jovens da raiz, diretamente pela epiderme. Os pelos radiculares atuam nesse processo para aumentar a superfície de contato.

Após atravessar a epiderme, a água movimenta-se pelo córtex, atingindo a endoderme e seguindo em direção ao cilindro vascular, formado por tecidos condutores. Ao atingir o xilema, a água segue da raiz para outros locais da planta.

A água pode percorrer três caminhos através da raiz:

  • Apoplasto: A água passa margeando o protoplasto, via parede celular.

  • Simplasto: Nesse caso, a água passa de protoplasto a protoplasto por meio dos plasmodesmos.

  • Transcelular: Nesse caminho, a água passa de célula a célula através das membranas celulares.

No caso dos nutrientes inorgânicos, a captação também ocorre pela epiderme, principalmente nos pelos absorventes de raízes jovens. Os íons movem-se da epiderme até a endoderme de maneira simplástica. Os minerais são absorvidos por meio de transporte ativo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Nas gimnospermas e angiospermas, a absorção dos nutrientes no solo é facilitada pela presença de fungos denominados de micorrízicos. Esses fungos associam-se aos sistemas radiculares e são importantes principalmente para a absorção de fósforo.

Pressão positiva da raiz e teoria da coesão-tensão

O transporte de água acontece de diferentes maneiras e está relacionada com a transpiração. Quando há pouca transpiração, observa-se a pressão positiva da raiz. Nas ocasiões em que há muita transpiração, o transporte é explicado pela teoria da coesão-tensão.

  • Pressão positiva da raiz: Quando a transpiração acontece lentamente, ou está ausente, ocorre uma secreção de íons para dentro do xilema. O potencial hídrico torna-se mais negativo e a água entra por osmose. Desse modo, cria-se uma pressão positiva que força a água, e também os íons que estão dissolvidos, a subir pelo xilema.

  • Teoria da coesão-tensão: Essa teoria explica que a água é puxada devido à tensão gerada pela transpiração. Nessas ocasiões, a água é puxada por fluxo de massa pelos ramos que estão passando pelo processo de transpiração. Assim sendo, as raízes tornam-se superfícies de absorção passiva.

As raízes garantem a absorção de água e nutrientes para a planta
As raízes garantem a absorção de água e nutrientes para a planta
Publicado por: Vanessa Sardinha dos Santos
Assuntos relacionados
As folhas geralmente são verdes e desempenham importante papel na fotossíntese
Folhas
Saiba mais sobre as folhas, estruturas vegetais de crescimento limitado e bastante importantes no processo de fotossíntese, respiração e transpiração.
Fotossíntese
Que tal aprender sobre fotossíntese, o processo que ocorre em plantas, principalmente nas folhas, e em outros organismos? Entenda seu funcionamento e sua importância!
Transpiração da planta e a condensação da água no recipiente
Transpiração nas plantas
Entenda um pouco mais a respeito do processo de transpiração que ocorre nos vegetais. Neste texto abordaremos o que é a transpiração, em que regiões do corpo da planta ela ocorre, quais fatores influenciam esse processo e a importância e malefícios da transpiração para o vegetal.
Os tecidos condutores são o xilema e o floema
Tecidos condutores
Entenda a importância dos tecidos condutores e conheça as diferenças básicas entre o xilema e o floema.
As briófitas são plantas pequenas e delicadas que vivem em ambientes úmidos e sombreados
Briófitas
Clique aqui e saiba mais sobre a estrutura e o ciclo reprodutivo das briófitas.
A raiz é uma importante estrutura da planta, pois permite a fixação e absorção de nutrientes
Partes da raiz
Compreenda as partes da raiz e como elas estão relacionadas com o crescimento do órgão.
Os tecidos vegetais de sustentação garantem suporte mecânico à planta.
Tecidos de sustentação vegetal
Clique aqui e amplie seus conhecimentos sobre os tecidos de sustentação vegetal. Neste texto, abordaremos o que são tecidos de sustentação e falaremos as principais características do colênquima e do esclerênquima. Além disso, apresentaremos um quadro comparativo com as principais diferenças entre eles.
A = Xilema, B = Floema.
Vasos Condutores de Seiva: Lenho e Líber
Feixes de vasos condutores de seiva: bruta e elaborada.
Corte transversal numa raiz de uma dicotiledônea. A: xilema; B: floema.
Tecidos condutores: xilema e floema
Sobre estes dois tecidos condutores, responsáveis pelo transporte e distribuição de substâncias na planta: suas características, suas células e tipos de condução.
Cada cacho da pupunheira possui até cem frutos
Pupunheira
Planta típica da região amazônica de bastante interesse econômico.
Observe o xilema no corte anatômico
Xilema
Amplie seus conhecimentos sobre o xilema, um tecido de condução encontrado em alguns vegetais.