Darwinismo

Darwinismo é o nome dado à teoria evolucionista baseada nas ideias de Charles Darwin. Assim como outras teorias evolucionistas, o darwinismo defende a descendência com modificação, contrapondo, portanto, a ideia fixista de que as espécies são imutáveis. O darwinismo baseia-se em dois pilares: a ancestralidade comum e a seleção natural. Após os conhecimentos sobre genética serem adicionados às ideias darwinistas, surgiu a teoria que chamamos de neodarwinismo.

Leia mais: Charles Darwin – um dos pesquisadores mais influentes da história da ciência

Darwin e A origem das espécies

Darwin foi um importante naturalista britânico que ficou conhecido por sua obra A origem das espécies por meio da seleção natural, publicada em 1859. Nela Darwin tentou explicar os mecanismos que levam às mudanças nas espécies ao longo do tempo e são responsáveis pelo surgimento de novas espécies. Seu trabalho apresenta dois pontos principais: a ancestralidade comum e a seleção natural.

Darwinismo é a teoria evolutiva que tem como base as ideias propostas por Darwin.
Darwinismo é a teoria evolutiva que tem como base as ideias propostas por Darwin.
  • Ancestralidade comum

Darwin, em seu trabalho, mostrou evidências de que as espécies sofrem mudanças ao longo do tempo e que elas surgem por meio de uma sucessão de ancestrais. Ele utilizou a expressão “descendência com modificação” para explicar essa ideia. Segundo Darwin, as espécies apresentam, portanto, ancestrais comuns e sofrem modificações ao longo do tempo que levam ao surgimento de novas espécies com base nesses ancestrais.

A ancestralidade comum pode ser demonstrada quando observamos, por exemplo, as características homólogas, que possuem semelhanças entre si, mesmo apresentando, algumas vezes, funções diferentes.

Os membros anteriores dos mamíferos são exemplos de estruturas homólogas. Quando comparamos os membros dos seres humanos, dos cachorros, das baleias e dos morcegos, percebemos que, mesmo tendo diferentes funções, eles apresentam os mesmos elementos esqueléticos básicos. Essas estruturas não surgiram de maneira independente em todas essas espécies, sendo, o mais provável, provenientes de um ancestral comum.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

  • Seleção natural

Outro ponto importante do darwinismo é a ideia de seleção natural. Darwin fez uma série de observações e pôde concluir que as populações apresentam indivíduos com diferentes características, as quais podem ser passadas de uma geração para outra.

Os indivíduos que herdam características que lhes conferem vantagem de sobrevivência, apresentam maior chance de desenvolver-se e reproduzir-se, passando essa característica vantajosa aos seus descendentes. Aqueles que apresentam características menos vantajosas, apresentam menos chance de sobrevivência e também de reprodução. Ao longo das gerações, percebe-se que a característica vantajosa vai aumentando entre os indivíduos devido ao seu maior sucesso reprodutivo.

Podemos exemplificar como a seleção natural atua utilizando o clássico exemplo do pescoço da girafa. De acordo com as ideias de Darwin, existiam girafas de pescoço longo e girafas de pescoço curto. As girafas de pescoço curto apresentavam maior dificuldade de conseguir alimento em locais mais altos, quando os vegetais mais baixos estavam escassos. As girafas de pescoço longo apresentavam vantagem, uma vez que conseguiam alimentar-se em árvores com a copa mais alta.

Ao longo do tempo, observou-se um aumento da população de girafas de pescoço longo, uma vez que elas tinham maior chance de sobrevivência e de reprodução, passando essa características aos seus descendentes.

De acordo com Darwin, existiam girafas de pescoço longo e de pescoço curto, sendo as de pescoço longo mais aptas a viverem no ambiente.
De acordo com Darwin, existiam girafas de pescoço longo e de pescoço curto, sendo as de pescoço longo mais aptas a viverem no ambiente.

Darwin considerou a seleção natural como o principal mecanismo que leva à modificação das espécies ao logo do tempo. Vale destacar que, apesar de explicar o mecanismo de seleção natural, Darwin não tinha conhecimentos sobre genética e, portanto, não compreendia a forma como as características eram passadas para as gerações seguintes. Caso queira aprofundar-se nesse importante macanismo, leia: Seleção natural.

Leia também: Quatro evidências que amparam a teoria da evolução

Neodarwinismo

O darwinismo baseia-se na ideia de que os organismos mudam ao longo do tempo e que o meio, por ação da seleção natural, seleciona os organismos mais adaptados, os quais apresentam maior chance de deixar descendentes.

O neodarwinismo, por sua vez, considera a seleção natural como um importante mecanismo de modificação dos seres vivos, contudo novos conhecimentos trazidos pela genética foram adicionados, sendo a teoria de Darwin complementada, por exemplo, com as famosas leis de Mendel e o conhecimento sobre mutações. O neodarwinismo, também chamado de teoria sintética da evolução, surgiu no início do século XX e é, até o momento, a ideia evolucionista mais aceita.

Publicado por: Vanessa Sardinha dos Santos
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

Um fenômeno bastante conhecido e usado como exemplo para ilustrar as ideias de Darwin é o melanismo industrial. Ele se caracteriza pelo aumento da variedade de mariposas escuras da espécie Biston betularia em algumas regiões da Inglaterra. Marque a alternativa que explica corretamente por que esse aumento ocorreu.

a) O aumento das mariposas escuras ocorreu porque as brancas eram mais suscetíveis à poluição e isso as levou à extinção. As escuras, por sua vez, não sofriam com os efeitos tóxicos da poluição e sobreviveram.

b) As mariposas claras diminuíram, pois elas foram tornando-se escuras pela ação da poluição e passaram essa característica aos seus descendentes.

c) As mariposas claras diminuíram em razão da predação. Elas tornaram-se mais visíveis em áreas poluídas, onde a fuligem escurecia troncos e muros. Com isso, as escuras tiveram mais chances de sobrevivência e, consequentemente, de reproduzir-se.

d) O número maior de mariposas escuras é explicado pelo fato de que a poluição escureceu a asa desses animais.

Questão 2

Um dos pontos principais do darwinismo diz respeito à seleção natural. Segundo o conceito da seleção natural, é incorreto afirmar que

a) Organismos mais aptos possuem maior probabilidade de chegar à fase adulta e reproduzir-se.

b) O meio ambiente exerce uma força seletiva sobre as espécies.

c) No processo de seleção natural, organismos que possuem características desvantajosas com o tempo diminuem em número.

d) Na seleção natural percebemos que o organismo mais forte sempre é o selecionado.

Mais Questões
Assuntos relacionados
Evolução do Crânio Humano
Evolução
Evolução, o que é evolução, a primeira teoria evolutiva, os fósseis, as causas da evolução, as mutações.
Monumento de Lamarck
Lamarckismo
Aprenda mais sobre o lamarckismo, a ideia evolucionista proposta por Lamarck. Neste texto, falaremos quem foi Lamarck e aprenderemos a respeito de suas principais ideias: lei do uso e desuso e lei da herança de características adquiridas. Conheceremos ainda o clássico exemplo da girafa, que ilustra essa teoria.
O macaco é ancestral do homem?
Evolução humana
A espécie humana não é descendente dos macacos. Saiba o porquê
Filmes podem ser uma ótima forma de estudar Biologia e também outras disciplinas
Cinco filmes para estudar Biologia
Confira cinco filmes para estudar Biologia e torne seus estudos mais produtivos!
Os fósseis são uma importante evidência da evolução
Teorias evolucionistas
Entenda o que são as teorias evolucionistas e conheça as diferenças entre as teorias evolutivas de Lamarck, Darwin e o neodarwinismo.
A raposa-do-ártico apresenta coloração branca, o que ajuda na camuflagem
Seleção natural
Saiba mais sobre a seleção natural, um mecanismo evolutivo proposto por Charles Darwin que seleciona o organismo mais apto.
A pesca com rede pode ocasionar a seleção direcional
Tipos de seleção natural
Saiba mais sobre os diferentes tipos de seleção natural existentes e amplie seus conhecimentos sobre os mecanismos de evolução!
Charles Darwin
Conheça um pouco mais sobre a vida e obra do naturalista Charles Darwin, um pesquisador que mudou completamente a forma como entendemos a evolução.
Naturalismo
Saiba o que foi o naturalismo. Conheça seus principais autores. Entenda a diferença entre realismo e naturalismo.
fóssil que mantém relação evolutiva entre répteis e aves.
Fóssil
Indícios de animais ou vegetais viventes no passado.
As Eras Geológicas.
Eras geológicas
A história da Terra divide-se em etapas, que correspondem às principais fases de seu desenvolvimento. Essas espatas são as Eras Geológicas. Confira!
Filogenia das Pantheras: leão, leopardo, onça, tigre e leopardo-das-neves.
Panteras e teorias de distribuição do grupo
A relação entre o parentesco entre os indivíduos deste gênero e seus padrões de distribuição.
Os tentilhões sofreram isolamento geográfico
Isolamento geográfico
Compreenda como o isolamento geográfico pode resultar na formação de novas espécies.
Estátua de Charles Darwin no Museu de História Natural de Londres
Evolucionismo
Evolucionismo é a teoria que tenta entender e explicar as mudanças ocorridas entre as diversas espécies de seres vivos. Clique aqui e saiba mais!
As mutações são modificações no DNA
Mutação
Entenda o que é mutação, seus principais tipos e importância!
Crossing-over: um evento responsável pela variabilidade genética de uma população.
Teoria sintética da evolução
Abordagem que alia evolução e genética para explicar a origem da diversidade.
Organismos diferentes com fisiologia estrutural semelhante.
Analogia e Homologia
A função exercida por estruturas semelhantes ou diferentes (morfologia), conforme a origem embrionária e o parentesco entre as espécies.