Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Biologia
  3. Ecologia
  4. Disseminação da semente

Disseminação da semente

Algumas sementes desenvolveram, ao longo da evolução, adaptações que permitiram a colonização de novos ambientes, de forma bastante eficiente. Plumas, estruturas aladas, hélices, ganchos, superfícies ásperas, ou mesmo o desenvolvimento de frutos são alguns exemplos.

Sementes que podem ser levadas pelo vento, graças a estruturas que conferem certa leveza a elas, disseminam por uma estratégia denominada anemocoria: é o que ocorre com as sementes de ipê, algodão e dente-de-leão.

A água pode, também, ser um fator de dispersão de sementes. Nestes casos, chamamos tal evento de hidrocoria. Os frutos do salgueiro (Salix humbolotiana) possuem grande capacidade de flutuação e, ainda, são bastante duráveis em meio aquático; tal como o coco-da-bahia.

Alguns frutos secos possuem formações que, assim como velcros, grudam no pelo de determinados animais, sendo levados por eles a longas distâncias. O carrapicho é um exemplo clássico deste tipo, denominado zoocoria.

Há, também, sementes cujos frutos são saborosos, nutritivos e, geralmente, cheirosos. Tais características atraem animais que podem disseminá-las, por exemplo, ao carregarem deliberadamente, principalmente na boca; ou liberarem pelas fezes, após a ingestão (endozoocoria). Alguns autores consideram tais eventos como antropocoria, quando são consequência da ação da espécie humana.

Existe, ainda, um tipo curioso que consiste na dispersão provocada pela própria planta, denominado autocoria. Neste, a planta se abre espontaneamente, liberando suas sementes para longe. A maria-sem-vergonha (Impatiens walleriana) é um exemplo.

A zoocoria, geralmente, é a estratégia (ou síndrome) mais encontrada em estudos sobre dispersão, seguida da anemocoria, hidrocoria e autocoria.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia

Disseminação de sementes de dente-de-leão por uma criança: anemocoria ou antropocoria?
Disseminação de sementes de dente-de-leão por uma criança: anemocoria ou antropocoria?
Publicado por: Mariana Araguaia de Castro Sá Lima
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Lista de Exercícios

Questão 1

A dispersão da semente é um processo importante para a sobrevivência de algumas espécies vegetais, uma vez que garante:

a) que a semente sempre caia em um local propício para o seu desenvolvimento.

b) que a semente seja depositada em um ambiente úmido.

c) que novos indivíduos não sejam gerados próximos à planta-mãe, diminuindo, assim, a competição.

d) a formação do fruto, que atrai outros dispersores.

e) que a semente seja transportada até áreas ricas em indivíduos de sua própria espécie, favorecendo o desenvolvimento.

Questão 2

Frutos carnosos de coloração forte e odor agradável estão diretamente relacionados com a atração de agentes dispersores. A dispersão por animais é denominada de:

a) autocoria.

b) barocoria.

c) zoocoria.

d) hidrocoria.

e) hemerocoria.

Mais Questões
Assuntos relacionados
As araucárias são exemplos de gimnospermas que ocorrem no Brasil
Gimnospermas
Clique aqui e aprenda mais sobre as gimnospermas, plantas que apresentaram a semente como novidade evolutiva.
Um bioma único, com distintos potenciais.
Floresta Amazônica
A Floresta Amazônica possui uma imensa biodiversidade, com fauna e flora ricas e exuberantes. Confira mais sobre essa imponente floresta aqui!
Na imagem, podemos ver um exemplo de protocooperação entre uma ave e um animal
Relações ecológicas interespecíficas
As relações ecológicas interespecíficas são classificadas em harmônicas e desarmônicas dependendo do tipo de relação que as espécies estabelecem entre si.
Os distintos e essenciais ambientes do planeta.
Os Tipos de Ambientes
A hidrosfera, a atmosfera e a litosfera são os tipos de ambientes essenciais do planeta. Conheça aqui a composição de cada um desses ambientes.
As pirâmides ecológicas são utilizadas para a representação dos níveis tróficos
Pirâmides ecológicas
Conheça os tipos de pirâmides ecológicas e como cada um relaciona os níveis tróficos.
Sociedade dos cupins
Saiba mais sobre os cupins, insetos sociais que vivem no interior do solo e da madeira.
Hora do Planeta 2020
A Hora do Planeta é um movimento conhecido mundialmente que ocorrerá no dia 28 de março. Aproveite nosso texto para conhecer essa ação e seu objetivo.