Subclasse Prototheria

Entre os mamíferos, existe a subclasse prototheria. Os animais dessa subclasse são encontrados na Austrália e Nova Guiné, e o ornitorrinco é um de seus representantes.

Dentre os mamíferos, existe uma Subclasse denominada Prototheria, que abriga apenas uma Ordem: a Monotremata. Seus únicos representantes conhecidos pertencem à Família Ornithorhynchidae, com uma única espécie: Ornithorhynchus anatinus – o ornitorrinco; e à Família Tachyglossida, com quatro espécies de equidnas: Tachyglossus aculeatus, Zaglossus attenboroughi, Zaglossus bartoni e Zaglossus bruinji. Todos estes animais são encontrados unicamente na Oceania, em território Australiano, e na Nova Guiné.

Tais indivíduos, dotados de pelos e glândulas mamárias, botam ovos, ou seja: são ovíparos. Entretanto, diferentemente do que ocorre nos répteis e aves, o ovo permanece por certo tempo dentro do corpo da mãe, de onde retira e recebe nutrientes.

Além disso, não possuem ânus, apresentando apenas uma abertura para a reprodução e também para eliminação de fezes e resíduos nitrogenados: a cloaca. Não possuem dentes quando adultos, e nem tetas ou mamilos, sendo o leite expelido pelas glândulas e lambido pelos filhotes. Estes terão assistência de pelo menos um dos pais durante certo tempo da vida, ou seja: estes animais desenvolvem cuidado parental.

Como já disponibilizamos informações sobre o ornitorrinco, vamos conhecer algumas características das equidnas. Esses indivíduos são dotados de espinhos de coloração que varia entre o amarelo e o castanho, e pelos na região do ventre. Com tamanho que pode atingir até um metro, podem pesar até dez quilos. Vivem em ambiente terrestre, se abrigando em túneis subterrâneos durante o dia, feitos por eles mesmos, com auxílio de seus focinhos cilíndricos e unhas, bastante rígidos.

De hábito noturno, se alimentam de formigas, cupins, vermes e minhocas, com auxílio de suas grandes e pegajosas línguas. A cada gestação, dão origem a apenas um filhote, que vivem grudados à mãe até o nascimento de seus espinhos, sendo amamentados até os sete meses de idade. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia

Zaglossus attenboroughi: nome que homenageia o naturalista David Attenborough.
Zaglossus attenboroughi: nome que homenageia o naturalista David Attenborough.
Publicado por: Mariana Araguaia de Castro Sá Lima
Assuntos relacionados
Lampreia: um vertebrado que não possui vértebra
Agnatos
Sobre estes vertebrados que não possuem vértebras (nem mandíbula) e são dotados de endoesqueleto cartilaginoso, que preenche seus corpos cilíndricos. Habitam ambientes aquáticos.
Ornitorrinco
Subclasse Prototheria
Animais com características nada convencionais, endêmicos da Austrália e Nova Guiné.
As tuataras são as únicas representantes da ordem sphenodonta
Ordem sphenodonta
Clique aqui e conheça mais sobre os tuataras, animais que representam a ordem sphenodonta.
A piramboia é um peixe pulmonado encontrado na Amazônia e Mato Grosso
Peixes pulmonados
Saiba mais sobre as particularidades únicas que envolvem os peixes pulmonados.
Tipos de esponjas
Conheça as estruturas de esponjas do tipo áscon, sícon e lêucon.
Estrela-do-mar e Ouriço-do-mar.
Equinodermos
Animais unicamente marinhos cujo corpo geralmente apresenta espinhos.
Insetos: louva-a-deus predando uma borboleta. Fotografia: Fabrício Oda.
Inseto é artrópode?
Todo inseto é artrópode? Todo artrópode é inseto? O que é artópode? O que é inseto? Descubra aqui!
Seres abissais
Peixes abissais
Sobre estes seres que vivem em altas profundidades e podem ser capazes de produzir luz ou mesmo possuir bocas enormes.
A lampreia é uma espécie ameaçada de extinção.
Lampreias
Saiba mais sobre estes cordados aquáticos desprovidos de mandíbula.
As serpentes possuem muitas características particulares
Serpentes
Clique aqui e conheça mais sobre as características das serpentes, répteis amados por uns e temidos por outros.