Whatsapp icon Whatsapp

Cegueira

A cegueira atinge um número significativo de pessoas em todo mundo e caracteriza-se por uma perda considerável ou total da visão.
A pessoa cega pode realizar suas atividades desde que seja estimulada
A pessoa cega pode realizar suas atividades desde que seja estimulada

O termo cegueira é utilizado normalmente para indicar a total incapacidade visual, entretanto, alguns autores usam-no para englobar também a presença de certa capacidade visual. Diante disso, existe uma dificuldade em encontrar uma definição exata dessa condição, por isso, essa noção pode variar de acordo com o autor analisado.

→ O que é a cegueira?

O termo cegueira é usado para identificar a condição de pessoas que apresentam total incapacidade de enxergar e também para aquelas com uma visão residual que, apesar de não ser a perda total da visão, dificulta-as de realizar suas atividades diárias normalmente.

Para considerar uma pessoa cega, dois fatores devem ser analisados: a acuidade visual, isto é, o que a pessoa enxerga à determina distância, e o campo visual, que é amplitude da área alcançada pela visão. Dessa forma, Segundo o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), devemos considerar como cegueira parcial ou cegueira legal a presença de uma destas duas condições: “a visão corrigida do melhor dos seus olhos é de 20/400 ou menor, ou se o ângulo em relação ao eixo visual que limita o campo visual apresenta medida inferior a 20 graus de arco, ainda que sua acuidade visual nesse estreito campo possa ser superior a 20/400.”

A cegueira total indica uma perda completa da visão. Nesse caso, esses indivíduos que a apresentam não são capazes nem mesmo de realizar a percepção luminosa. Essa condição é chamada também de amaurose.

De acordo com o Decreto nº 3.298 que regulamenta a Lei nº 7.853, de 24 de outubro de 1989, a cegueira é definida como uma deficiência visual “na qual a acuidade visual é igual ou menor que 0,05 no melhor olho, com a melhor correção óptica”.

→ Quais as causas da cegueira?

A cegueira pode ocorrer desde o nascimento e, nesse caso, é chamada de cegueira congênita ou, ainda, ocorrer mais tardiamente, que é denominada de cegueira adventícia ou adquirida. Normalmente, as principais causas de cegueira são erros de refração não corrigidos e catarata. Além disso, problemas como glaucoma, degeneração relacionada à idade, retinopatia diabética e opacidade corneada também podem ser citados como exemplos de causas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

De acordo com dados do CBO:

- 90% dos casos de cegueira ocorrem nas áreas pobres do mundo;

- 60% das cegueiras são evitáveis;

- 40% das cegueiras têm conotação genética (são hereditárias);

- 25% das cegueiras têm causa infecciosa;

- 20% das cegueiras já instaladas são recuperáveis.

→ Quais as consequências desse problema para a vida de uma pessoa?

A cegueira apresenta grande impacto na vida das pessoas e pode, inclusive, afetar psicologicamente quem a possui. Geralmente, a cegueira impede a pessoa de locomover-se sozinha, interferindo também na realização de outras atividades diárias relativamente simples. A comunicação também torna-se difícil, assim como a atividade profissional, o que pode ser traumático em alguns casos.

As pessoas que apresentam cegueira desenvolvida ao longo da vida possuem a chamada memória visual. Por causa dessa memória, essas pessoas conseguem lembrar-se de imagens e cores, por exemplo, o que facilita muito a adaptação ao nosso estilo de vida. No entanto, quem nasce cego não apresenta tais memórias.

Para enfrentar a cegueira, é necessária a ajuda familiar para garantir sempre apoio e incentivar as potencialidades da pessoa com essa deficiência. As famílias que impõem muitos limites à pessoa cega acaba tornando-a mais dependente e insegura, quando o papel da família é promover autonomia e independência. É importante, portanto, incentivar a pessoa cega a procurar formas de tornar-se mais independente, como realizar cursos de braille e aprender técnicas de orientação e mobilidade.

→ Sistema Braille

O Braille é um método de escrita e leitura utilizado por pessoas cegas
O Braille é um método de escrita e leitura utilizado por pessoas cegas

O sistema Braille foi criado por Louis Braille em 1825 e é conhecido como um meio de escrita e leitura utilizado por pessoas cegas. Nesse sistema, existem 63 combinações que representam as letras do alfabeto, números e símbolos. Cada letra, número ou símbolo está representado na cela Braille, a qual é organizada em duas colunas verticais que apresentam três pontos à direita e três, à esquerda. A disposição dos pontos nessa cela determina um caractere específico (Veja figura acima).

Publicado por Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos Relacionados

Defeito da visão chamado Miopia
Entenda aqui como ocorre o defeito visual conhecido como miopia e o que pode ser feito para corrigi-lo.
Doenças virais
Doenças provocadas por sistemas biológicos que só apresentam metabolismo quando estão no interior de células hospedeiras adequadas.
Luz e visão
Veja aqui um breve estudo que relaciona a luz à nossa visão e que aborda também os conceitos de visão adotados da Antiguidade até os dias de hoje.
Visão, um dos cinco sentidos
Veja quais estruturas constituem o olho humano, órgão responsável pela visão.
video icon
"Os dez erros mais comuns na redação" escrito sobre fundo roxo
Português
Os dez erros mais comuns na redação
Uma das etapas no aprimoramento da escrita é perceber quais são os erros que você mais comete para tentar evitá-los. Nesta aula, o professor Guga explica quais são esses erros e como evitá-los.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Pessoa com as pernas na água
Saúde e bem-estar
Leptospirose
Foco de enchentes pode causar a doença. Assista à videoaula e entenda!
video icon
fone de ouvido, bandeira do reino unido e caderno escrito "ingles"
Gramática
Inglês
Que tal conhecer os três verbos mais usados na língua inglesa?
video icon
três dedos levantados
Matemática
Regra de três
Com essa aula você revisará tudo sobre a regra de três simples.