Whatsapp icon Whatsapp

Verbos defectivos em espanhol

Os verbos defectivos em espanhol são caracterizados pela ausência de algumas formas flexivas.
Aprenda sobre os verbos defectivos em espanhol!
Aprenda sobre os verbos defectivos em espanhol!

Os verbos defectivos em espanhol são caracterizados por não terem todos os paradigmas de conjugação. Essa ausência pode se manifestar no modo, nos tempos ou em pessoas da conjugação verbal. Por essa razão, os verbos defectivos são considerados irregulares.

A defectividade acontece por razões semânticas, sintáticas, léxicas e morfofonológicas, como você verá adiante. Alguns verbos defectivos em língua portuguesa também o são em espanhol, mas isso não é uma regra. Podem haver casos em que o verbo é defectivo apenas em uma das línguas ou, inclusive, verbos defectivos em espanhol dos quais se usa apenas seu particípio.

.)hábito(ter o costume, e soler (folgar) holgar ,(nevar) nevar ,(chover) llover ,(anoitecer) anochecer ,)ter o costume( acostumbrar ,(amanhecer)amanecer Os verbos defectivos mais comuns em espanhol são:

Veja também: Perífrasis verbales — locuções verbais em espanhol

Resumo sobre verbos defectivos

  • Esses verbos não apresentam todas as conjugações.

  • Essa ausência pode ser de pessoas, tempos ou modos verbais.

  • Um verbo defectivo em português pode não sê-lo em espanhol.

  • A defectividade pode acontecer por razões semânticas, sintáticas, léxicas e morfofonológicas.

  • Os verbos defectivos mais comuns são: amanecer (amanhecer), acostumbrar (ter o costume), anochecer (anoitecer), llover (chover), nevar (nevar), holgar (folgar) e soler (ter o costume, hábito).

Verbos defectivos por razões semânticas e sintáticas

De maneira geral, fazem referência a fenômenos da natureza ou só são conjugados na terceira pessoa do singular ou plural — estes últimos são chamados terciopersonales. Vejamos alguns exemplos:

Español

Português

acostumbrar

amanecer

anochecer

llover

nevar

relampaguear

granizar

tronar

acaecer

atañer

competer

concernir

holgar

soler

ocurrir

urgir

ter o costume*

amanhecer

anoitecer

chover

nevar

relampejar

granizar

trovejar

acontecer

referir-se, dizer respeito

competir, incumbir

concernir

folgar

costumar, ter o hábito/ costume

ocorrer

urgir

* Existem outros sentidos para o verbo acostumbrar, mas apenas no mencionado ele é defectivo. No sentido de “adaptar-se”, esse verbo não é defectivo.

Os verbos soler (costumar) e acostumbrar são usados em perífrases de infinitivo de sentido imperfectivo, ou seja, aquelas que indicam ações que se repetem ou que são frequentes. Devido a isso, só podem ser conjugados no presente do indicativo (él acostumbra, yo suelo), presente do subjuntivo (que él acostumbre, que yo suela), pretérito imperfeito do indicativo (él acostumbraba, yo solía) e pretérito perfecto compuesto (él ha acostumbrado, yo he solido).

Yo suelo desayunar a las seis de la mañana.
(Eu costumo tomar café às seis da manhã.)

*Yo solí desayunar a las seis de la mañana.

*Frase agramatical, ou seja, sem possibilidade de realização em espanhol. O pretérito indefinido — solí é um tempo verbal de unidade temporal encerrada. Dessa forma, ele não se refere a ações frequentes, e sim àquelas já concluídas, impossibilitando que haja frases com os verbos soler e acostumbrar nesse tempo verbal.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Verbos defectivos por razões morfofonológicas

Formam parte desse grupo alguns verbos de terceira conjugação (terminados em -ir). Alguns exemplos são:

a) arrecir (enrijecer), descolorir, entre outros — são conjugados apenas nas formas flexivas que apresentam a vogal temática -i-.

*Yo descoloro.
(frase agramatical em espanhol)

La fotografía se descolorió.
(A fotografia se descoloriu/perdeu a cor.)

b) balbucir (balbuciar): não é conjugado na primeira e na terceira pessoa do singular do presente do indicativo, nem em todo o presente do subjuntivo. Nesses casos, o verbo balbucear o substitui.

*Yo balbuzo.
(frase agramatical em espanhol)

Em seu lugar, se diria:

Yo balbuceo.
(Eu balbucio.)

Substituição de balbucir por balbucear na 1a pessoa do singular do presente do indicativo.

Él balbucía palabras incomprensibles.
(Ele balbuciava palavras incompreensíveis.)

¡OJO! O verbo abolir não é defectivo em espanhol, como acontece na língua portuguesa. Porém, ainda é usado com maior frequência nas pessoas com vogal temática -i-, como abolía ou abolió.

Um exemplo de modo verbal de paradigma defectivo é o imperativo, pois apresenta conjugações apenas para formas da segunda pessoa, tanto do singular como do plural. As demais conjugações são tomadas do presente do subjuntivo. Veja os exemplos:

Me dije a mí misma: ¡haz las tareas!
(Disse para mim mesma: faça as tarefas!)

Observe que, apesar de o sujeito dar uma ordem a si mesmo, foi necessário o uso de um verbo conjugado na segunda pessoa do singular (), pois o imperativo afirmativo não tem forma própria nessa pessoa.

Leia também: Infinitivo, gerúndio e particípio em espanhol

Verbos defectivos por razões léxicas

Esses verbos já não são usados ou foram substituídos por particípios adjetivados. Alguns exemplos são colorido, despavorido (apavorado em português; já não existe a forma verbal), usucapido e fallido.

Español

Português

arrecir

aterir

descolorir

embaír

balbucir

fallir

usucapir

colorir

enrijecer

enrijecer, paralisar

descolorir

enganar

balbuciar

falir

usufruir do direito por usucapião

colorir*

* Também se usa a forma colorear.

Exercícios resolvidos sobre verbos defectivos em espanhol

Questão 1

Identifica cuál de las frases no presenta un verbo defectivo en español:

a) El día amaneció despejado.

b) Se abolió la esclavitud en Brasil en 1888.

c) El frío le arrecía la piel.

d) Ana suele pasear los domingos a la tarde.

e) A José nadie le convence, es lo mismo que llover sobre mojado.

Resposta

Letra B. O verbo abolir não é defectivo em espanhol.

QUESTÃO 2

Indica las dos (2) frases que contienen verbos defectivos correctamente empleados.

a) Se le descolorió el cabello con el tiempo.

b) Yo no coloro, no me gusta.

c) Yo solí viajar cuando joven.

d) Relampagueó bastante, va a llover.

e) Yo siempre compito en las olimpiadas.

Resposta

Alternativas A e D.

Publicado por Renata Martins Gornattes

Artigos Relacionados

Imperativo en Español
Aprenda a usar o imperativo em Espanhol. Saiba como ocorre sua formação e como acrescentar os pronomes pessoais. Resolva os exercícios propostos.
Las formas no personales del verbo (infinitivo, gerundio y participio)
Infinitivo, gerúndio e particípio em Espanhol
Antes de aprendermos os tempos verbais, os modos e suas conjugações, é importante conhecer também as formas não pessoais do verbo, pois elas estão presentes nos nossos enunciados cotidianos. São elas: o infinitivo, o gerúndio e o particípio. Venha aprofundar seus conhecimentos em Espanhol com o nosso texto!
Perífrasis verbales
Aprenda o que são as “perífrasis verbales”, locuções verbais em espanhol. Saiba como elas se estruturam, e conheça as locuções “modales” e “aspectuales”.
video icon
Sociologia
Desigualdade Social no Enem: como esse tema é cobrado?
As desigualdades são variadas em todas as sociedades existentes. De que maneira o Enem cobra esse tema? Veja isso e muito mais com a resolução de questões que já apareceram na prova.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
videoaula brasil escola
Química
Cinética química
Se ainda tem dúvidas quanto a velocidade das reações, essa videoaula é para você!
video icon
videoaula brasil escola
Português
Redação
Entenda como realizar argumento por causa e consequência com a nossa aula.
video icon
videoaula brasil escola
História
Crise de 1929
A quebra da bolsa de valores de Nova Iorque afetou não só os EUA, como o mundo. Entenda!