Whatsapp icon Whatsapp

Experimento – Dilatação Térmica

Os experimentos apresentados nas aulas de física sempre enriquecem a aula e fazem com que os alunos vejam a matéria com outros olhos.

A dilatação térmica dos sólidos é um fenômeno que pode ser demonstrado em diversas situações do dia a dia e os experimentos realizados envolvendo esse conteúdo podem ser feitos com materiais de baixo custo.

Um experimento bem simples de ser montado é o aro e a bolinha.

Utilize para montar o experimento 50 cm de fio de cobre maciço 12 mm e desencapado; uma esfera de aço (quanto maior melhor), um maçarico (chama) e um alicate.

Molde, na extremidade do fio, um aro, de tal forma que a esfera passe por ele bem justa, esse molde pode ser feito utilizando a esfera como gabarito.

Depois de feito o aro, mostre aos alunos que a esfera passa por ele tranquilamente. Veja a figura a seguir:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)


Agora ascenda a chama do maçarico e aqueça a esfera por, aproximadamente, três minutos, segurando-a com o alicate.


Esfera sendo aquecida pela chama do maçarico

Tente passar novamente a bolinha pelo aro feito com o fio de cobre e mostre aos alunos que a bolinha não passará em razão da dilatação sofrida por ela.


A esfera dilatou-se em virtude do aquecimento e não passa mais pelo aro

Por Frederico Borges de Almeida
Graduado em Física
Equipe Mundo Educação

Publicado por Frederico Borges de Almeida
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

Equivalência entre Joule e Caloria
Veja aqui qual foi o experimento usado por Joule que provou existir equivalência entre joule e caloria.
Teoria Cinética dos Gases
Clique aqui e aprenda em que consiste a teoria cinética dos gases!
video icon
Escrito"Matemática do Zero | Retas paralelas cortadas por uma transversal " em fundo azul.
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Retas paralelas cortadas por uma transversal
Nessa aula veremos o que são retas paralelas cortadas por uma transversal. Além disso, veremos as porpriedades e nomencaltura dos ângulos formados nessas duas retas cortadas por uma transversal: alternos internos, alternos externos, colaterais internos e colaterais externos.