Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Física
  3. Óptica
  4. Hipermetropia

Hipermetropia

Podemos dizer que o nosso olho, ou globo ocular como também é chamado, é um sistema óptico extremamente sofisticado e também pode apresentar algumas imperfeições na sua estrutura. Tais imperfeições podem provocar o que chamamos de defeitos de visão. Os defeitos de visão mais comuns que ouvimos falar são miopia, hipermetropia, presbiopia e astigmatismo. Nesse texto nos atentaremos ao estudo da hipermetropia.

O nosso olho possui duas características básicas, que algumas pessoas que apresentam defeito visual não possuem. A primeira delas é que ele é capaz de focalizar, sobre a retina, objetos que estão muito distantes, isto é, no infinito, sem acomodação do cristalino. A segunda é que ele é capaz de focalizar, também na retina, objetos localizados muito próximos do observador.

Podemos definir o defeito visual hipermetropia como sendo um defeito oposto ao defeito visual miopia (não permite visão nítida de um objeto distante). A hipermetropia caracteriza-se por um achatamento do olho na direção do eixo anteposterior ou por uma convergência diminuída, em relação olho normal. No caso da hipermetropia, a imagem é formada depois da retina e isso provoca falta de nitidez na formação de imagens próximas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Para que uma pessoa hipermetrope consiga enxergar com nitidez os objetos que estão próximos a ela, é necessário aumentar a convergência de seu olho. Para conseguir aumentar a convergência do olho é necessário que a pessoa faça uso de lentes convergentes ou faça cirurgia a fim de modificar a curvatura da córnea, tornando-a mais convergente.

Visão de uma pessoa que apresenta o defeito visual de hipermetropia
Visão de uma pessoa que apresenta o defeito visual de hipermetropia
Publicado por: Domiciano Correa Marques da Silva
Assuntos relacionados
Ilusão de Óptica
Ilusão de Óptica
Ilusão de óptica, imagens que enganam a visão humana, quando começaram os estudos sobre a ilusão de óptica, quem primeiro estudou as ilusões de ótica, figuras que tem várias interpretações.
Colorido das bolhas de sabão
A coloração das bolhas de sabão
Saiba a explicação para o colorido das bolhas de sabão.
A concha cromada para sopa serve de exemplo de um espelho esférico côncavo e convexo
Propriedades dos espelhos esféricos
Veja aqui a definição de espelhos esféricos e confira algumas de suas propriedades.
Astigmatismo
Você sabia que a pessoa com astigmatismo não vê as imagens de forma clara? Clique aqui e entenda o que é, quais são os sintomas e qual o tratamento para essa deficiência.
Mesmo usando máscaras de mergulho para facilitar a visão embaixo d’água, ela continuará desfocada
Por que não enxergamos bem debaixo d’água?
Você sabe por que não enxergamos bem debaixo d’água? Neste texto, você entenderá por que uma pequena mudança no índice de refração do meio pode mudar a forma como enxergamos, tornando as imagens desfocadas, como quando mergulhamos na água. Clique para entender melhor como tudo isso afeta a nossa visão!
Frente e Pincel de Luz
O conjunto de raios de luz pode ser chamado de pincel de luz.
A lâmina é a associação de dois dioptros planos paralelos: ar/vidro e vidro/ar
Lâmina de faces paralelas
Veja aqui como ocorre a refração de um raio de luz quando ele incide sobre uma lâmina de faces paralelas.
A pessoa que apresenta Miopia não consegue enxergar nitidamente objetos distantes dela
Defeito da visão chamado Miopia
Entenda aqui como ocorre o defeito visual conhecido como miopia e o que pode ser feito para corrigi-lo.