Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Física
  3. Mecânica
  4. Queda livre

Queda livre

Queda livre é um movimento no qual os corpos que são abandonados com certa altura são acelerados pela gravidade em direção ao solo. Na queda livre, desconsidera-se o efeito da resistência do ar, por isso, nesse tipo de movimento, o tempo de queda dos objetos não depende de sua massa ou de seu tamanho, mas somente da altura em que foram soltos e do módulo da aceleração da gravidade no local. A queda livre é um movimento uniformemente acelerado e unidimensional, cuja aceleração é a aceleração da gravidade.

Corpos que são soltos em baixas alturas descrevem um movimento próximo ao de uma queda livre.
Corpos que são soltos em baixas alturas descrevem um movimento próximo ao de uma queda livre.

Veja também: Movimento uniforme – fómulas, gráficos e exercícios

Experimento de queda livre

O experimento de queda livre mais famoso é aquele que é frequentemente atribuído a Galileu Galilei, embora não passe de uma lenda, esse experimento foi muito importante para que entendêssemos que o peso dos corpos não afeta o seu tempo de queda, no caso em que a resistência oferecida pelo ar puder ser desprezada.

De acordo com a história, Galileu deixou cair objetos de diferentes massas caírem do alto da torre de Pisa e concluiu que os tempos de queda eram iguais. Entretanto, o experimento que foi de fato conduzido pelo físico italiano envolvia um plano inclinado no qual diferentes corpos eram postos a deslizar sobre sua superfície.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Fórmulas da queda livre

As fórmulas utilizadas para a queda livre levam em conta, na maior parte das vezes, um referencial que se encontra na mesma posição inicial do objeto em queda. Consideramos a queda livre como o movimento quando algum objeto é solto ou abandonado do repouso (velocidade inicial igual a zero) a partir de uma certa altura em relação ao solo, em uma região onde haja aceleração gravitacional. Os casos em que os objetos iniciam o seu movimento com velocidades iniciais diferentes de zero, dizemos que tratam-se de lançamentos verticais.

A fórmula que determina a velocidade de queda de um corpo que cai a partir do repouso é bastante simples, confira:

v – Velocidade de queda (m/s)

g – gravidade (m/s²)

t - tempo de queda (s)

A fórmula acima indica que a velocidade adquirida pelo corpo pode ser calculado por meio do produto entre a gravidade e o seu tempo de queda.

Para relacionarmos a altura e o tempo, utilizamos a seguinte fórmula:

H – altura (m)

Analisando a equação acima, é possível perceber que a distância vertical percorrida por um corpo em queda livre é proporcional ao quadrado do tempo. Isso indica que a cada instante o corpo estará caindo um espaço maior, pois seu movimento é acelerado.

Existe ainda uma equação que é capaz de relacionar a velocidade de queda com a altura. Essa equação deriva da equação de Torricelli:

Leia também: Cinco mitos da Física em que você sempre acreditou

Exemplos de queda livre

Confira algumas situações em que podemos considerar que o movimento pode ser aproximado de uma queda livre:

  • Maçã caindo de uma árvore

  • Celular caindo no chão

  • Um livro caindo de uma estante

  • Um copo caindo da mesa

De modo geral, podemos dizer que os objetos que caem de distâncias muito pequenas em relação ao solo descrevem um movimento muito próximo àquele que ocorreria sem a presença do ar.

Acesse também: Quem pesa mais? 1 kg de chumbo ou 1 kg de algodão

Apesar de ser chamado de queda livre, o movimento do paraquedista sofre a resistência do ar.
Apesar de ser chamado de queda livre, o movimento do paraquedista sofre a resistência do ar.

Exercícios resolvidos de queda livre

Para todos os exercícios abaixo, considere g = 10 m/s²

Questão 1) Uma bigorna de 100 kg é abandonada do alto de um edifício de 20 m de altura e cai em direção ao solo. Determine a velocidade em que a bigorna encontra-se imediatamente antes de tocar o chão. Desconsidere a resistência do ar.

a) 1 s

b) 2 s

c) 4 s

d) 3 s

e) 6 s

Gabarito: Letra B

Resolução:

Usaremos a fórmula que relaciona a altura com o tempo de queda para resolver esse exercício, observe:

Aplicando na fórmula os dados que foram fornecidos pelo exercício, encontramos que o tempo de queda para uma altura de 20 m, na Terra, onde a gravidade é de 10 m/s², é de 2 s. A massa do exercício não faz qualquer diferença no cálculo, uma vez que a resistência do ar é desconsiderada, nesse caso.

Questão 2) Dois corpos de massas distintas, m1 e m2, sendo m1 > m2, são abandonados de certa altura em um local controlado, de onde se retirou todo o ar presente. Em relação ao movimento descrito pelos corpos, assinale as alternativas corretas.

I – O corpo de massa m1 chega ao chão antes do corpo de massa m2.

II – O peso dos dois corpos é igual.

III – A aceleração sofrida pelos dois corpos é igual.

IV – A velocidade com que o corpo de massa m1 chega ao chão é maior.

São corretas:

a) Apenas II.

b) I, II e III.

c) Apenas III.

d) I e II.

e) III e IV.

Gabarito: Letra C

Resolução:

Vamos analisar as afirmativas:

I – FALSO – Como é dito no enunciado do exercício, todo o ar foi retirado do ambiente, por isso, o tempo de queda dos dois corpos depende somente da altura em que foram soltos e da gravidade local.

II – FALSO - O peso é a medida da força que a Terra exerce sobre os corpos, em razão da sua gravidade. Essa força pode ser calculada por meio do produto da massa pela gravidade, por isso, os pesos dos corpos são diferentes. Entretanto, suas massas também são diferentes, isso faz com que a aceleração adquirida por eles durante a queda seja igual.

III – VERDADEIRO – Apesar de o peso dos corpos ser diferente, suas massas também são. A razão entre essas grandezas tem módulo constante, por isso, a gravidade é igual para os dois.

IV – FALSO – Como foi explicado nas alternativas anteriores, as acelerações dos dois corpos são iguais, por isso, eles chegarão ao solo ao mesmo tempo.

Portanto, a única alternativa correta é a letra C.

Veja também: Primeira lei de Newton

Questão 3) Determine qual é a velocidade com que um objeto chega ao chão, se o mesmo estiver descrevendo um movimento de queda livre que dura um total de 3,0 s. Expresse sua resposta em km/h.

a) 40 km/h

b) 72 km/h

c) 36 km/h

d) 108 km/h

e) 30 km/h

Gabarito: Letra D

Resolução:

Vamos calcular a velocidade multiplicando a gravidade pelo tempo de queda:

Após a realização do cálculo acima é necessário que convertamos a velocidade para a unidade km/h, para isso, basta multiplicarmos o resultado pelo fator 3,6, resultando em uma velocidade de 108 km/h.

Questão 4) Um martelo de 2 kg é solto na superfície da Terra e posteriormente é solto na Lua, à mesma altura. Em relação aos movimentos de queda nas duas situações descritas, assinale a alternativa correta.

a) O peso do martelo é igual na Lua e na Terra.

b) Na Lua, o martelo ficaria parado no ar, pois lá não há gravidade.

c) O tempo de queda é igual nos dois casos.

d) O peso do martelo é maior na Lua.

e) O tempo de queda do martelo é maior na Lua, pois lá a gravidade é menor que na Terra.

Gabarito: Letra E

Resolução:

A gravidade da Lua é menor que a gravidade terrestre, por isso, o peso do martelo é maior na Terra, além disso, o tempo de queda na superfície da Lua é maior.

Publicado por: Rafael Helerbrock
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

(UFMS) Um corpo em queda livre sujeita-se à aceleração gravitacional g = 10 m/s2. Ele passa por um ponto A com velocidade 10 m/s e por um ponto B com velocidade de 50 m/s. A distância entre os pontos A e B é:

a) 100 m

b) 120 m

c) 140 m

d) 160 m

e) 240 m

Questão 2

(UERJ) Foi veiculada na televisão uma propaganda de uma marca de biscoitos com a seguinte cena: um jovem casal está num mirante sobre um rio e alguém deixa cair lá de cima um biscoito. Passados alguns segundos, o rapaz se atira do mesmo lugar de onde caiu o biscoito e consegue agarrá-lo no ar. Em ambos os casos, a queda é livre, as velocidades iniciais são nulas, a altura da queda é a mesma e a resistência do ar é nula. Para Galileu Galilei, a situação física desse comercial seria interpretada como:

a) impossível, porque a altura da queda não era grande o suficiente.

b) possível, porque o corpo mais pesado cai com maior velocidade.

c) possível, porque o tempo de queda de cada corpo depende de sua forma.

d) impossível, porque a aceleração da gravidade não depende da massa dos corpos.

Mais Questões
Assuntos relacionados
Transformação da energia eólica em energia elétrica
Potência de uma força
A potência de uma força representa a rapidez com que a energia é transformada em outras formas de energia.
A Cinemática é o estudo matemático do movimento
Principais equações da Cinemática
Clique aqui e conheça as principais equações da Cinemática, ramo da Física que estuda os movimentos sem atentar às suas causas.
As bombas lançadas pelos aviões na guerra do Vietnã executavam movimento horizontal até tocarem o alvo
Lançamento horizontal
Clique aqui para conhecer o lançamento horizontal, movimento curvilíneo executado por um objeto ao ser lançado de uma determinada altura.
Lançamento vertical para cima
Você sabe o que é lançamento vertical? Acesse o texto e confira uma introdução ao tema, conheça as principais fórmulas e confira ainda exercícios resolvidos.
A importância da equação de Torricelli vem do fato de que ela não depende do intervalo de tempo
Equação de Torricelli
Conheça a equação de Torricelli, importante análise feita sobre o movimento uniformemente variado por não apresentar dependência do intervalo de tempo.
O movimento uniforme ocorre em linha reta e sem aceleração.
Movimento uniforme
Você sabe como funciona o movimento uniforme? Saiba mais sobre esse movimento sem aceleração que ocorre ao longo de uma linha reta. Aprenda a classificar um movimento uniforme em progressivo e retrógrado e também a determinar a função horária da posição no MU. Confira também exercícios resolvidos sobre o assunto!
Visto de fora da atmosfera terrestre, o Sol apresenta cor branca. Sua cor aparentemente amarela ocorre em razão da absorção da luz pela atmosfera.
Cinco mitos da Física em que você sempre acreditou
Se você gosta de Física e é um entusiasta da área, provavelmente já se deparou com algumas dessas informações. Confira alguns mitos comuns da Física.
Galileu Galilei, o pai da experimentação
Um físico chamado Galileu Galilei
Conheça um pouco da história do físico que revolucionou a Física.
A aceleração é a grandeza que determina a variação da velocidade em função do tempo
Conceito de aceleração
Clique aqui para conhecer mais sobre o conceito de aceleração, grandeza vetorial que determina a taxa de variação da velocidade.
Quem é o mais pesado? Algodão ou chumbo?
Quem é o mais pesado: 1 kg de chumbo ou 1 kg de algodão?
Quem é o mais pesado? Você sabia que, apesar de terem massas e pesos iguais, amostras contendo 1 kg de chumbo e 1 kg de algodão podem apresentar medidas diferentes quando colocadas em uma balança? Ela tende a pender para o lado do chumbo, como se esse fosse mais pesado. Ficou curioso? Acesse o artigo e saiba o porquê.
Dirigir caminhões com cargas muito pesadas é perigoso: as cargas em movimento têm inércia muito grande e, portanto, tendem a continuar em movimento.
Primeira Lei de Newton
A primeira lei de Newton, também conhecida como lei da inércia, estabelece que os corpos têm uma tendência natural a permanecerem em repouso ou em movimento uniforme em linha reta. Confira alguns exemplos que podem facilitar o seu entendimento sobre essa importante lei do movimento. Entenda também o conceito de inércia.