Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Geografia
  3. Geografia humana
  4. Industrialização do Mundo

Industrialização do Mundo

A Industrialização ocorre seguindo modelos e formas diferenciadas em todo o mundo.

A industrialização consiste em transformar um determinado espaço geográfico a partir da construção de indústrias e de empresas direta e indiretamente ligadas a essas indústrias. Esse fenômeno humano é importante por provocar profundas alterações socioespaciais, tanto acelerando a urbanização e o êxodo rural quanto alterando drasticamente a maneira de exploração e utilização dos recursos naturais.

Quando se aborda a questão da industrialização mundial, fala-se de um processo que se manifestou de forma extremamente desigual pelo globo. Enquanto os países de industrialização clássica desenvolveram-se tecnologicamente a partir de meados do século XVIII e ao longo do século XIX, os países de industrialização tardia vivenciaram esse fenômeno apenas a partir do século XX, enquanto alguns deles ainda sequer podem ser considerados como territórios industrializados.

A Inglaterra foi o país que primeiro se desenvolveu nesse sentido, na chamada Primeira Revolução Industrial. Antes disso ocorrer, eram conhecidos apenas o artesanato e a manufatura, não existindo um processo produtivo sistematizado e guiado pela presença de maquinários, como ocorre nas fábricas.

Na Primeira Revolução Industrial, as técnicas baseavam-se na operação da máquina a vapor, cuja fonte de energia principal era o carvão. Essa etapa ocorreu na Europa e provocou profundas alterações no espaço das cidades, que passaram a crescer de forma acelerada em virtude da grande oferta de empregos e da mecanização do campo, que foi um dos fatores que provocaram o êxodo rural (migração em massa da população do campo para as cidades).

Na Segunda Revolução Industrial, a tecnologia conheceu um novo ciclo de inovação, e o petróleo tornou-se a principal fonte de energia, algo que ocorre até hoje, mesmo com as inovações industriais posteriores. A mão de obra passou a ser mais qualificada, uma vez que as formas de produção tornaram-se mais complexas, com maquinários movidos a energia elétrica e com um maior grau de complexidade. Nesse período também foi dominante o modelo de produção fordista, caracterizado pelo trabalho repetitivo nas fábricas e uma produção em grandes quantidades.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A partir da segunda metade do século XX, o mundo conheceu uma nova etapa: a Terceira Revolução Industrial ou Revolução técnico-científica informacional. Esse processo de desenvolvimento ainda se encontra em curso e é responsável pela informatização das sociedades e pelo desenvolvimento dos transportes, comunicação, biotecnologia e informação. Com isso, as chamadas multinacionais ou empresas globais conseguiram se disseminar pelo mundo, propiciando a industrialização de países subdesenvolvidos, que, antes disso, produziam apenas matérias-primas para as nações desenvolvidas.

Nesse contexto, fala-se do encurtamento das distâncias e da aceleração das atividades, naquilo que se denominou por compressão espaço-tempo. Com isso, o fordismo foi substituído pelo toyotismo em que não há mais a produção em massa, e sim conforme a demanda pelas mercadorias. Além disso, o trabalho deixou de ser repetitivo, mas sim flexibilizado, com um mesmo empregado desempenhando várias funções ao longo da cadeia produtiva.

Como reflexo do desenvolvimento industrial, percebemos que os países considerados desenvolvidos são justamente aqueles que primeiro se industrializaram. Com isso, seus espaços geográficos sociais, apesar de ainda apresentarem contradições e desigualdades, são mais modernos em relação aos países periféricos ou em desenvolvimento. Além disso, mesmo com as grandes multinacionais se espalhando por todo o mundo, são os países ricos que abrigam suas sedes – sobretudo as chamadas Cidades Globais, como Nova York e Londres – e dominam as principais formas de tecnologia.

As indústrias atuam na transformação de matérias-primas em mercadorias
As indústrias atuam na transformação de matérias-primas em mercadorias
Publicado por: Rodolfo F. Alves Pena
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

(UERJ) O capitalismo já conta com mais de dois séculos de história e, de acordo com alguns estudiosos, vive-se hoje um modelo pós-fordista ou toyotista desse sistema econômico. Observe o anúncio publicitário:

Anúncio de uma marca de eletrodomésticos
Anúncio de uma marca de eletrodomésticos

Uma estratégia própria do capitalismo pós-fordista presente nesse anúncio é:

a) concentração de capital, viabilizando a automação fabril.

b) terceirização da produção, massificando o consumo de bens.

c) flexibilização da indústria, permitindo a produção por demanda.

d) formação de estoque, aumentando a lucratividade das empresas.

Questão 2

Leia o trecho a seguir e responda ao que se pede:

Essa forma de industrialização é a que nos interessa mais de perto por ter ocorrido no Brasil. Trata-se de uma industrialização que, como o nome sugere, foi historicamente atrasada em relação à original e ocorreu em muitos países subdesenvolvidos [...]. Foi mais comum no século XX, embora, em alguns casos, tenha se iniciado de forma tímida no fim do século XIX”.

Vesentini, José William. Geografia: o mundo em transição. São Paulo: Editora Ática, 2012. p.67.

A forma de industrialização a que o autor se refere é:

a) a do tipo clássica, caracterizada pelo predomínio das chamadas “indústrias de chaminés”, hoje obsoletas.

b) a do tipo planificada, vista como a única forma de os países periféricos conseguirem se industrializar, sobre a forte proteção do Estado.

c) a do tipo tardia, realizada, em geral, com a presença predominante de capital estrangeiro e empresas multinacionais.

d) a do tipo planificada, realizada em países socialistas e keynesianistas, procurando articular o setor da indústria de base com o setor de bens de consumo.

e) a do tipo tardia, realizada graças à emancipação econômica apenas recentemente conquistada pelos países subdesenvolvidos.

Mais Questões
Assuntos relacionados
O desenvolvimento sustentável procura conciliar crescimento econômico e preservação natural
Desenvolvimento sustentável
Compreenda o conceito de desenvolvimento sustentável, o debate sobre a sustentabilidade e as medidas para promover essa política ambiental.
Imagem de um atentado atribuído ao grupo ETA.
Focos de conflitos no mundo
Confira aqui quais são os principais focos de conflitos no mundo.
As diferenças históricas e geográficas promoveram diferentes tipos de industrialização pelo mundo
Tipos de industrialização
Compreenda quais são e as principais características dos tipos de industrialização existentes.
Os sistemas de produção de bens, serviços e mercadorias interferem na vida em sociedade
Sistemas de produção
Confira os aspectos dos principais sistemas de produção: taylorismo, fordismo e toyotismo, com as suas respectivas particularidades.
Indústria de automóveis na Índia. País é um dos principais subdesenvolvidos industrializados
Industrialização em países subdesenvolvidos
Veja as principais características do processo de industrialização em países subdesenvolvidos.
Um dos símbolos do fordismo
Taylorismo e Fordismo
Confira aqui os conceitos de taylorismo e fordismo e como foram criados.
Na linha de produção toyotista, a quantidade de funcionários é reduzida
Toyotismo
As características do toyotismo, os fatores relacionados à produção e as consequências da adoção desse modelo industrial.
Industrialização brasileira
Clique e veja como foi a industrialização brasileira. Entenda o desenvolvimento industrial do Brasil, as políticas públicas criadas e sua entrada na economia global.
A mineração é um exemplo de indústria de base.
Tipos de indústria
Tipos de indústria, Quais são os principais tipos de indústria, Quando e onde surgiram as primeiras indústrias, A indústria de bens de consumo, A indústria de base, A indústria de bens duráveis, A indústria de bens não duráveis.
O desenvolvimento da industrialização criou a dicotomia entre capitalistas e trabalhadores: Exploradores X Explorados
Industrialização e trabalho
Saiba mais sobre o processo de industrialização mundial, a ascensão das tecnologias e a situação da classe trabalhadora desde o século XVIII até o XXI.