Whatsapp icon Whatsapp

Conceito de globalismo

O conceito de globalismo relaciona-se com as principais generalizações das práticas localizadas e também pela difusão do nacionalismo e da globalização.
O globalismo aborda as perspectivas totalizantes em face aos aspectos regionais
O globalismo aborda as perspectivas totalizantes em face aos aspectos regionais

Globalismo é um termo polissêmico, isto é, possui vários significados a depender do contexto em que é utilizado. Nas Ciências Sociais, o termo é empregado para referir-se a uma conjuntura social, geopolítica e histórica sobre a qual atuam diferentes segmentos da sociedade, desde indivíduos a grupos coletivos, envolvendo nações, nacionalismos e nacionalidades e suas diversas formas de comportamento e atuação.

Segundo o sociólogo Octávio Ianni, em sua obra A era do globalismo, o globalismo consiste em uma espécie de generalização de todas as particularidades expressas em âmbito local, provincial ou nacional, envolvendo os diferentes sistemas econômico-sociais e suas transformações. Afinal, segundo o mesmo autor, são essas realidades sociais, políticas, culturais e econômicas que se relacionam e dinamizam com a globalização do mundo, com a formação da sociedade global.

Dessa forma, ao considerarmos que a Globalização difundiu-se a ponto de se generalizar em todo o planeta, podemos então concluir que estamos diante de uma era globalista, em que as posições dominantes caracterizam, em uma escala mais ampla, os sentidos e os modos de vida de todo o mundo. Dessa forma, o globalismo estabelece-se como uma visão geral da sociedade global e globalizada, muito embora alguns localismos atuem no sentido de contrapor lógicas globalistas, ou seja, que se generalizam em todo o planeta.

É errado, no entanto, pensar que o globalismo consiste em algo homogêneo, ou seja, sem variações e diversidades. Pelo contrário, ele caracteriza-se pela ocorrência de sucessivos processos de fragmentação e integração que marcam aquilo que se chama por pós-modernidade, desenvolvendo-se muitas coletividades e nacionalidades, mas também profundas relações de diversidade e desigualdade entre os povos e indivíduos.

O globalismo, ao invés de excluir, convive com todas as manifestações ou ideologias do pensamento social, como o tribalismo, o regionalismo, o nacionalismo, o imperialismo, o colonialismo e outras. No entanto, essas relações são marcadas, modificadas ou transformadas pela configuração global com que as sociedades estruturam-se, o que marca as feições principais do globalismo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

De acordo com algumas visões, o globalismo expressa-se como a imposição mais ou menos definida de um sistema ou de uma visão de mundo em nível mundial. Assim sendo, graças aos avanços do imperialismo e do capitalismo, a doutrina ocidental proliferou-se mundo afora no sentido de impor total ou parcialmente os seus padrões sobre o funcionamento de todas as sociedades, o que inclui as suas formas de pensar.

É claro que o globalismo é apenas uma teoria, de modo que possui os seus defensores e os seus críticos. Esses últimos afirmam que o globalismo reduz a perspectiva mundial a uma relação de domínio do sistema capitalista e suas práticas de acumulação, desconsiderando dinâmicas e acontecimentos básicos das relações internacionais. Além disso, o âmbito geral em que os discursos são apresentados é apontado com erro, uma vez que a teoria globalista, em tese, não seria capaz de explicar certas particularidades e diferenciações que se estabelecem diante de contextos semelhantes.

De todo modo, o globalismo é um tema muito amplo, polêmico e com uma gama muito variada de autores, defensores e críticas, de forma que existem muitas linhas de pensamento a favor e contra essa forma de se observar a dinâmica da globalização. O que, talvez, não se possa negar é que o processo de globalização difunde-se cada vez mais pelo mundo e estabelece-se transformando e sendo transformado pelas relações humanas e sociais nas mais diversas escalas de análise.

Publicado por Rodolfo F. Alves Pena

Artigos Relacionados

A idéia de que a Europa é o centro da cultura mundial.
Eurocentrismo
Eurocentrismo, O que é Eurocentrismo, Qual é a finalidade do Eurocentrismo, Exemplos de Eurocentrismo, Eurocentrismo e as outras culturas, O Eurocentrismo e a divisão entre oriente e ocidente.
Representação do conceito de globalização, em que um homem segura uma projeção virtual do mundo.
Globalização
Clique aqui, saiba as principais características do processo de globalização e descubra vantagens e desvantagens dessa integração mundial.
Em tempos de Globalização, o contraste entre riqueza e pobreza é visível no espaço das cidades
Globalização econômica e exclusão social
Entenda o que é Globalização econômica e exclusão social e descubra qual é a relação entre esses dois processos.
A globalização no Brasil se intensificou a partir da década de 1990
Globalização no Brasil
Aspectos ligados à Globalização no Brasil e às transformações na economia do país.
video icon
Sociologia
Hipermodernidade de Gilles Lipovetsky
A hipermodernidade é a sociedade marcada pelo imediatismo e pelo hiperconsumismo. Ficou curioso? Veja nesta videoaula uma análise sobre Gilles Lipovetsky e a sociedade atual.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Sigmund Freud
Filosofia
Sigmund Freud
Nessa videoaula você conhecerá mais sobre a vida e estudos do "pai" da psicanálise.
video icon
Thumb Brasil Escola
Literatura
Realismo fantástico
Trazemos uma análise sobre realismo fantástico. Assista já!
video icon
Thumb Brasil Escola
Química
Funções orgânicas
Tire um tempo para entender melhor o que são as amidas.