Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Geografia
  3. Geografia humana do Brasil
  4. O território brasileiro e sua extensão

O território brasileiro e sua extensão

O território brasileiro é marcado pela sua grande extensão e também pela ampla diversidade natural e cultural que abriga.

O território brasileiro está localizado no continente sul-americano. Em termos de hemisférios, encontra-se situado totalmente no hemisfério ocidental, a maior parte de sua extensão está no hemisfério sul e uma pequena parte situa-se no hemisfério norte. Com uma área de 8.514.876 km², a extensão do território brasileiro é a quinta maior do planeta, atrás somente de Rússia, Canadá, Estados Unidos e China.

A ampla área territorial do Brasil faz com que o país seja considerado “de dimensões continentais”, sendo quase do mesmo tamanho da Oceania (8.525.989 km²) e um pouco menor do que toda a Europa (10.180.000 km²). Além do mais, ao contrário dos grandes países existentes, o Brasil não possui uma grande parte do seu território composta por áreas inóspitas, onde o povoamento é impossível ou muito difícil de ser realizado.

Cerca de 92% do território brasileiro encontra-se em uma faixa tropical, ou seja, posicionada entre os trópicos, pois a região sul do país é cortada pelo Trópico de Capricórnio. Outra linha geográfica importante que passa pelo país é a Linha do Equador, na região norte do espaço brasileiro. Assim sendo, as coordenadas geográficas do Brasil são:

Latitudes: 5ºN até -33ºS (cinco graus norte até 33 graus sul)

Longitudes: -35ºW até -75ºW (trinta e cinco graus oeste até setenta e cinco graus oeste).

É importante observar que a distância entre os pontos extremos do país é bastante parecida, ou seja, o Brasil possui uma distância leste-oeste muito próxima da distância norte-sul, desde que sejam desconsideradas as ilhas localizadas no Oceano Atlântico, que também pertencem ao território brasileiro. Da Ponta do Seixas (Paraíba) até a Nascente do Rio Moa (Acre), 4.319 km de extensão; já do Monte Caburaí (Roraima) até o Arroio Chuí (Rio Grande do Sul), são 4.394 km. Observe a ilustração a seguir:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Distanciação entre os pontos extremos do Brasil
Distanciação entre os pontos extremos do Brasil

As grandes distâncias no sentido das latitudes, ou seja, entre o norte e o sul do país, fazem com que o território brasileiro apresente uma grande variação climática, o que é intensificado pela ação de outros agentes climáticos, como a maritimidade e a vegetação. No extremo sul do país encontram-se as menores temperaturas, muito embora não sejam frias o ano todo. Já no extremo norte, o clima é mais quente (pela proximidade com a Linha do Equador) e muito úmido, em consequência da presença da Floresta Amazônica.

A elevada extensão no sentido leste-oeste (ou seja, as longitudes) faz com que o Brasil apresente certa diferenciação em termos de fusos horários, que perfazem um total de quatro horários oficiais estabelecidos nas distintas áreas do país. O Acre, por exemplo, encontra-se atrasado em duas horas com relação à capital Brasília, diferença essa que se eleva no horário de verão para três horas.

O Brasil é, portanto, um território muito diversificado, não tão somente pela amplitude de sua área, mas principalmente pelos conteúdos que lhe são pertencentes. A alta disponibilidade de áreas ocupáveis e recursos naturais torna o nosso país um dos locais de maior importância natural e social do planeta.

O território Brasileiro é um dos maiores do mundo
O território Brasileiro é um dos maiores do mundo
Publicado por: Rodolfo F. Alves Pena
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Lista de Exercícios

Questão 1

“O Brasil dispõe de uma extensa rede fluvial, que pode servir à navegação em condições naturais. São 28 mil quilômetros de rios naturalmente navegáveis, ou seja, não há necessidade de nenhuma obra de dragagem ou transposição para sua utilização como meio de transporte. No entanto, apenas 10 mil quilômetros são utilizados para o transporte de passageiros e de carga”.

SILVA, A. C. et. al. Geografia contextos e redes. 1º ed, vol. 2. São Paulo: Moderna, 2013. p.51.

Um fator geográfico do território brasileiro que dificulta um maior aproveitamento do potencial hidroviário é:

a) o distanciamento entre os centros econômicos e os rios de planície.

b) a baixa velocidade de vazão dos principais cursos d'água do país.

c) o assoreamento constante dos rios por processos aluviais.

d) a ausência de matérias-primas para a construção das embarcações.

e) a baixa conectividade entre as diferentes bacias hidrográficas.

Questão 2

Uma característica do território brasileiro bastante relevante é a sua grande extensão longitudinal. Do extremo leste, a Ponta do Seixas, em Paraíba, até o extremo oeste, a Nascente do Rio Moa, no Acre, há uma distância de 4.319 quilômetros.

Uma característica socioespacial do Brasil resultante do fator acima apresentado é:

a) elevada variação climática

b) presença de domínios naturais diversificados

c) existência de vários fusos horários

d) acentuada unidade topográfica

e) facilidade para o deslocamento rodoviário

Mais Questões
Assuntos relacionados
Os fusos horários do Brasil passaram a ser quatro novamente a partir de 2013
Fusos horários no Brasil
Um texto atualizado sobre quantos e quais são os fusos horários no Brasil.
O processo de divisão regional do território brasileiro
As diferentes regionalizações realizadas no Brasil.
O jogo de Xadrez pode ser visto como uma metáfora da disputa pelo território
Conceito de Território
O conceito de território, suas abordagens e tipologias.
Afinal, quantos fusos horários possui o Brasil atualmente?
As mudanças dos fusos horários no Brasil
Afinal, como estão os fusos horários no Brasil atualmente? Como eram no passado? Entenda essa confusa questão aqui!