Whatsapp icon Whatsapp

Pressão atmosférica

A pressão atmosférica sofre variações conforme as altitudes e as temperaturas.
Cadeias de montanhas apresentam uma menor pressão atmosférica
Cadeias de montanhas apresentam uma menor pressão atmosférica

Pressão atmosférica é o peso que o ar exerce sobre a superfície terrestre. Sua manifestação está diretamente relacionada à força da gravidade e à influência que essa realiza sobre as moléculas gasosas que compõem a atmosfera. Assim, a pressão atmosférica sofre variações conforme as altitudes e as condições de temperatura do ar.

Quanto maior a altitude de um dado relevo, isto é, quanto mais elevado ele estiver em relação ao nível do mar, menor será a pressão atmosférica. Isso ocorre porque a força da gravidade mantém a maior parte do ar próxima à superfície, o que explica o fato de grandes cadeias de montanhas apresentarem um ambiente mais rarefeito.

As temperaturas, por sua vez, também são fatores decisivos sobre os níveis de intensidade da pressão atmosférica. Quimicamente falando, quando as substâncias estão mais frias, as moléculas agrupam-se, e quando as substâncias estão mais quentes, as moléculas afastam-se.

Por isso, nas zonas da Terra em que as temperaturas encontram-se menos elevadas, as moléculas de ar unem-se, ficando mais densas e, portanto, mais pesadas, aumentando a pressão. Quando as temperaturas se elevam, as partículas se afastam, o ar fica menos denso e a pressão diminui.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

As variações de pressão atmosférica existentes nos diversos pontos da Terra são responsáveis pela ocorrência dos ventos, que se deslocam das zonas de alta pressão para as zonas de baixa pressão. Por esse motivo, temos a formação da circulação atmosférica e o deslocamento das massas de ar, bem como todos os fenômenos climáticos resultantes desses processos.

A pressão atmosférica também interfere nas condições do tempo. Isso porque as zonas de baixa pressão provocam a subida das frentes de ar, o que propicia a formação de nuvens, enquanto as zonas de alta pressão propiciam a descida do ar, impedindo a formação de nuvens e deixando o tempo mais “limpo”.

O instrumento utilizado para medir a pressão atmosférica de um dado local é o barômetro, que realiza a medição em mb (milibares). A pressão média da Terra é de 1013mb.

Publicado por Rodolfo F. Alves Pena

Artigos Relacionados

A Biosfera
Biosfera, O que é a Biosfera, Os aspectos favoráveis a vida na Biosfera, A Biosfera e seus elementos, A constituição da Biosfera, Biosfera esfera da vida.
A intensidade dos terremotos e suas conseqüências
A intensidade dos terremotos e suas conseqüências, Como os terremotos são medidos, A variação de escala dos tremores e seus respectivos prejuízos, A quantidade de tremores no mundo.
Agentes de formação do relevo
Confira aqui quais são os agentes de formação do relevo e veja como eles atuam.
Alguns Aspectos do Solo
Alguns Aspectos do Solo, O que é solo, Como é constituído os solos, Quais são os tipos de solos, A importância dos solos para a sociedade, O solo e a produção agrícola, Os solos e o processo erosivo.
Deserto do Saara
As características do maior deserto quente do planeta.
Estepes
Saiba quais são as principais características das vegetações de estepes. Veja detalhes sobre essa vegetação que ocorre em zonas de climas considerados inóspitos.
Oceano Pacífico
Saiba mais sobre o Oceano Pacífico, o maior e mais profundo oceano do planeta. Confira suas características, ilhas, curiosidades e mais!
video icon
Texto"Matemática do Zero | Número de diagonais de um polígono convexo" em fundo azul.
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Número de diagonais de um polígono convexo
Nessa aula demonstrarei a fórmula do número de diagonais de um polígono convexo e resolveremos questões modelo.