Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Geografia
  3. Geografia Física
  4. Pressão atmosférica

Pressão atmosférica

A pressão atmosférica sofre variações conforme as altitudes e as temperaturas.

Pressão atmosférica é o peso que o ar exerce sobre a superfície terrestre. Sua manifestação está diretamente relacionada à força da gravidade e à influência que essa realiza sobre as moléculas gasosas que compõem a atmosfera. Assim, a pressão atmosférica sofre variações conforme as altitudes e as condições de temperatura do ar.

Quanto maior a altitude de um dado relevo, isto é, quanto mais elevado ele estiver em relação ao nível do mar, menor será a pressão atmosférica. Isso ocorre porque a força da gravidade mantém a maior parte do ar próxima à superfície, o que explica o fato de grandes cadeias de montanhas apresentarem um ambiente mais rarefeito.

As temperaturas, por sua vez, também são fatores decisivos sobre os níveis de intensidade da pressão atmosférica. Quimicamente falando, quando as substâncias estão mais frias, as moléculas agrupam-se, e quando as substâncias estão mais quentes, as moléculas afastam-se.

Por isso, nas zonas da Terra em que as temperaturas encontram-se menos elevadas, as moléculas de ar unem-se, ficando mais densas e, portanto, mais pesadas, aumentando a pressão. Quando as temperaturas se elevam, as partículas se afastam, o ar fica menos denso e a pressão diminui.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

As variações de pressão atmosférica existentes nos diversos pontos da Terra são responsáveis pela ocorrência dos ventos, que se deslocam das zonas de alta pressão para as zonas de baixa pressão. Por esse motivo, temos a formação da circulação atmosférica e o deslocamento das massas de ar, bem como todos os fenômenos climáticos resultantes desses processos.

A pressão atmosférica também interfere nas condições do tempo. Isso porque as zonas de baixa pressão provocam a subida das frentes de ar, o que propicia a formação de nuvens, enquanto as zonas de alta pressão propiciam a descida do ar, impedindo a formação de nuvens e deixando o tempo mais “limpo”.

O instrumento utilizado para medir a pressão atmosférica de um dado local é o barômetro, que realiza a medição em mb (milibares). A pressão média da Terra é de 1013mb.

Cadeias de montanhas apresentam uma menor pressão atmosférica
Cadeias de montanhas apresentam uma menor pressão atmosférica
Publicado por: Rodolfo F. Alves Pena
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Lista de Exercícios

Questão 1

(UFES) A altitude é um fator que influencia condições ambientais e, por isso, é levada em consideração na prática esportiva. É correto afirmar que o aumento da altitude causa

a) aumento da longitude.

b) diminuição da latitude.

c) aumento da densidade do ar.

d) diminuição da pressão atmosférica.

e) diminuição dos valores de insolação.

Questão 2

(UNIFEI – Adaptada) Pode-se afirmar que o clima corresponde ao comportamento do tempo atmosférico, ao longo do ano, num determinado lugar da Terra. O clima tem comportamento diversificado, caracterizado pela combinação de diferentes fatores. Com relação aos fatores climáticos, assinale a alternativa incorreta.

a) A latitude é o mais evidente fator climático, e quanto mais se afastar do Equador, menores serão as temperaturas.

b) As massas de ar influem diretamente nas condições climáticas.

c) As massas de ar podem ser frias ou quentes, secas ou úmidas e, ao se deslocarem, interagem umas com as outras, trocando e distribuindo calor pela Terra.

d) Em maiores altitudes, o ar torna-se mais rarefeito, ou seja, há mais concentração de gases e umidade, o que aumenta a retenção de calor e a pressão atmosférica.

Mais Questões
Assuntos relacionados
A umidade do ar é um importante elemento climático
Umidade do Ar
Entenda o que é a umidade do ar e descubra a importância desse elemento climático, bem como as diversas influências que ele possui sobre a nossa vida.
Imagem do planeta Vênus.
Planeta Vênus
Clique para conhecer as principais características do planeta Vênus!
O relevo é a representação da dinâmica natural do planeta Terra
Formas de relevo
Conheça os tipos ou formas de relevo e compreenda suas características principais, com exemplos e imagens!
A umidade do ar, ao atingir certo nível de saturação, precipita-se
Umidade atmosférica
Saiba mais sobre a umidade atmosférica, seus efeitos sobre o clima e a diferença entre umidade absoluta e umidade relativa do ar.
Áreas mais altas costumam ser mais frias
Altitude, latitude e clima
Conheça a relação entre altitude, latitude e clima, além de conhecer um pouco mais sobre o funcionamento e o comportamento da atmosfera.
Há muita Física envolvida no processo de estourar pipoca!
Física da pipoca
Clique aqui e saiba como a Física atua no processo de transformação do milho na deliciosa pipoca!
A visualização de um solo exposto
Alguns Aspectos do Solo
Alguns Aspectos do Solo, O que é solo, Como é constituído os solos, Quais são os tipos de solos, A importância dos solos para a sociedade, O solo e a produção agrícola, Os solos e o processo erosivo.
Exemplo de relevo acidentado
Agentes de formação do relevo
Confira aqui quais são os agentes de formação do relevo e veja como eles atuam.
Os elementos que compõem a Biosfera.
A Biosfera
Biosfera, O que é a Biosfera, Os aspectos favoráveis a vida na Biosfera, A Biosfera e seus elementos, A constituição da Biosfera, Biosfera esfera da vida.
Oceano Pacífico
Oceano Pacífico
Oceano Pacífico, características do Oceano Pacífico, maior oceano do mundo, geografia, regiões marítimas.
Dano provocado por terremoto em São Francisco, Estados Unidos.
A intensidade dos terremotos e suas conseqüências
A intensidade dos terremotos e suas conseqüências, Como os terremotos são medidos, A variação de escala dos tremores e seus respectivos prejuízos, A quantidade de tremores no mundo.
Área da Patagônia argentina coberta pela vegetação do tipo estepe.
Estepes
Formação vegetal constituída basicamente por gramíneas.
Deserto do Saara
Deserto do Saara
As características do maior deserto quente do planeta.