Whatsapp icon Whatsapp

As articulações da língua

As articulações da língua dizem respeito à combinação existente entre os signos e os sons que há entre as palavras
As articulações da língua dizem respeito à combinação existente entre os signos e os sons que há entre as palavras

A língua representa um conjunto de signos mediados por um sistema convencional, pertencente a um grupo de indivíduos. Logo, é preciso entender o processo que ocorre mediante a materialização das palavras utilizadas para construir discursos e, assim, expor pensamentos e opiniões.

Ao pronunciarmos as palavras, utilizamos duas combinações: uma diz respeito aos sons que elas representam – fazendo referência ao significante; e outra diz respeito à ideia associada a elas – denominada significado. Dessa forma, cabe ressaltar que a primeira articulação se refere a uma combinação lógica que há entre esses signos: os vocábulos, as frases, depois as orações e em seguida os textos. A título de tornar ainda mais claro o que afirmamos, observe:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Cinema vou ao hoje. Combinando os elementos da oração, obteríamos:

Vou hoje ao cinema.

Tal relacionamento, realizado de modo correto, resulta na primeira articulação, da qual falamos.

A segunda articulação da língua diz respeito à combinação de fonemas dentro de cada signo linguístico, formado pelo significante e pelo significado. Dessa forma, vejamos:

/r/a/t/o/
/g/a/t/o
/f/a/t/o
/p/a/t/a
/b/a/t/a

Notamos que a distinção de significado que há entre as palavras que nos serviram de exemplo se dá mediante as distintas unidades fônicas – ora denominadas fonemas.

Mediante tais elucidações, chegamos à conclusão que quando há a combinação entre os signos temos a primeira articulação da língua, e quando há a combinação entre fonemas há a segunda articulação dessa.

Publicado por Vânia Maria do Nascimento Duarte

Artigos Relacionados

Estudar dígrafo consonantal e encontro consonantal é entender que, naquele, duas letras possuem um som, e nesse, as consoantes têm sons independentes
Dígrafo Consonantal X Encontro Consonantal
Aprenda como diferenciar dígrafo consonantal e encontro consonantal. É só clicar!
Na reunião das letras, vogais e consoantes encontram-se, mas no encontro vocálico, a entrada é restrita às vogais e semivogais
Encontro vocálico
Você já pensou que um encontro vocálico pode não ser um encontro entre duas vogais? Leia!
Fonologia é a parte da gramática que estuda os sons das palavras
Fonologia
Fonologia é a parte da gramática que estuda os sons representados pelas palavras, sendo que esses sons são representados por meio dos fonemas.
Os monossílabos átonos e tônicos se classificam de acordo com a intensidade com que são pronunciados
Monossílabos átonos e tônicos
Os monossílabos átonos e tônicos se classificam de acordo com a intensidade com que são pronunciados. Conheça-os aqui.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Sigmund Freud
Filosofia
Sigmund Freud
Nessa videoaula você conhecerá mais sobre a vida e estudos do "pai" da psicanálise.
video icon
Thumb Brasil Escola
Literatura
Realismo fantástico
Trazemos uma análise sobre realismo fantástico. Assista já!
video icon
Thumb Brasil Escola
Química
Funções orgânicas
Tire um tempo para entender melhor o que são as amidas