Whatsapp icon Whatsapp

Senão ou se não?

Os termos “senão” e “se não” são termos homófonos usados em contextos relativamente parecidos, mas não devem ser confundidos. É preciso entender quando usar cada um.
As expressões “senão” e “se não” causam dúvidas ortográficas por serem homófonas.
As expressões “senão” e “se não” causam dúvidas ortográficas por serem homófonas.

A palavra “senão” e a expressão “se não” são muito confundidas por serem homófonas, isto é, terem o mesmo som. No entanto, elas têm grafias e significados diferentes e devem ser usadas em contextos específicos.

Leia também: Encima ou em cima?

Qual a diferença entre “senão” e “se não”?

A palavra “senão” é uma conjunção. Dependendo do contexto, pode ser uma conjunção alternativa (aquela que indica alternância) ou uma conjunção adversativa (aquela que indica oposição). Essa conjunção pode significar “do contrário”, “mas”, “exceto” ou “a não ser”, dependendo do contexto.

A expressão “se não” é composta por uma conjunção condicional (“se”) e por um advérbio de negação (“não”). Assim, é uma expressão usada para indicar a negação de uma condição, podendo ser substituída por “caso não”.

Videoaula sobre “se não” ou “senão”

Quando usar corretamente “senão”?

A conjunção “senão” pode ser usada em contextos para indicar alternância ou oposição. Pode ser substituída por um de seus sinônimos, mas é importante perceber que nem sempre esses sinônimos funcionam, sendo importante entender quando se aplicam ao contexto.

Além de ser usado como conjunção, a palavra “senão” pode ser usada como substantivo, casos em que significa “defeito”, “problema”, “imperfeição”, “falha”.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Veja alguns exemplos:

  • Sinônimo de “do contrário”

    • Eu estava muito ocupada, senão teria ido à sua festa.

    • Eu estava muito ocupada, do contrário teria ido à sua festa.

  • Sinônimo de “mas”

    • Não era azul nem rosa, senão roxo.

    • Não era azul nem rosa, mas roxo.

  • Sinônimo de “exceto”, “a não ser”

    • Nunca havia viajado, senão para o interior do próprio estado.

    • Nunca havia viajado, a não ser para o interior do próprio estado.

  • Substantivo, sinônimo de “defeito”, “problema”, “falha”

    • É uma ótima pessoa, apesar daquele senão.

    • É uma ótima pessoa, apesar daquela falha.

Quando usar corretamente “se não”?

A expressão “se não” deve ser pensada como duas palavras separadas. É o sinônimo de “caso não”, ou seja, a negativa de uma condição. Por exemplo, a oposição existente entre as expressões “se for possível” e “se não for possível”. Veja mais alguns exemplos:

  • Eu vou tentar chegar mais cedo amanhã. Se não der, eu aviso.

  • Se não fosse pela chuva, o passeio teria sido ótimo.

  • Dandara e Pedro serão ótimos matemáticos, se não quiserem seguir outra carreira.

Veja também: Quis ou quiz?

Exercícios resolvidos

Questão 1 - (FGV) A frase cuja grafia do vocábulo sublinhado está correta é:

A) Ambição não é nada se não a sombra maligna da aspiração.

B) O que é uma erva daninha se não uma planta cujas virtudes ainda não foram descobertas?

C) Liberdade não é nada se não a distância entre a caça e o caçador.

D) Se você espera pelo amanhã, o amanhã chega; se não espera pelo amanhã, o amanhã chega.

E) A civilização nada mais é se não uma camada de pintura que qualquer chuvinha lava.

Resolução

Alternativa D, pois há a negação de uma condição: “Se você espera” / “se [você] não espera”. Nas demais alternativas, deveria ser usado a conjunção “senão”, indicando relação de alternância ou oposição entre as orações.

Questão 2 - (FGV) Assinale a frase em que a forma sublinhada está corretamente grafada.

A) “O que é a honestidade, se não o medo da prisão?”

B) “Nada é bom ou ruim se não for por comparação.”

C) “Conheceríamos bem melhor muitas coisas senão quiséssemos identificá-las com tanta precisão.”

D) “A arte não é outra coisa se não a força de sugestão de um detalhe.”

E) “Só obteremos a salvação senão pecarmos.”

Resolução

Alternativa B. Nessa alternativa, há uma negação da condição: “se for por comparação”.

Publicado por Guilherme Viana
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

Dúvidas podem cercar o uso da palavra “acima” e da expressão “a cima”, ambas existentes na língua portuguesa.
Acima ou a cima?
Descubra qual é a diferença entre a palavra “acima” e a expressão “a cima”, ambas existentes na língua portuguesa. Entenda quando usar cada uma delas.
Encima ou em cima?
Saiba se o correto é utilizar “encima” ou “em cima”. Veja os significados de cada um desses termos. Descubra quando você deve usar um ou outro.
Jeito ou geito?
Descubra se essa palavra é escrita com a letra j ou g. Entenda o que é homofonia e como isso induz a dúvidas de ortografia como essa.
Mecher ou mexer?
Descubra se o correto é escrever “mecher” ou “mexer”. Veja os usos do verbo “mexer” e a sua conjugação. Além disso, saiba quando usar “x” nas palavras.
Quis ou quiz?
Saiba quando usar “quis” ou “quiz”. Entenda o significado dessas palavras. Veja exemplos do uso de cada um desses termos. Faça exercícios para fixar o conteúdo.
Serrar ou cerrar?
Entenda qual é a diferença entre os verbos “serrar” e “cerrar”. Saiba quando utilizar um ou outro. Veja também alguns exemplos do uso dessas duas palavras.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Sigmund Freud
Filosofia
Sigmund Freud
Nessa videoaula você conhecerá mais sobre a vida e estudos do "pai" da psicanálise.
video icon
Thumb Brasil Escola
Literatura
Realismo fantástico
Trazemos uma análise sobre realismo fantástico. Assista já!
video icon
Thumb Brasil Escola
Química
Funções orgânicas
Tire um tempo para entender melhor o que são as amidas