Whatsapp icon Whatsapp

Período Pré-Homérico

O Período Pré-Homérico da história da Grécia Antiga, compreendido entre 2000 a.C. e 1200 a.C., destaca-se pela existência de civilizações como a cretense e a micênica.
Afrescos encontrados nas paredes do palácio cretense de Cnossos*
Afrescos encontrados nas paredes do palácio cretense de Cnossos*

O Período Pré-Homérico da história da Grécia Antiga foi estabelecido cronologicamente entre 2000 a.C. e 1200 a.C. pelos historiadores e marcou a formação da cultura e do povo grego. A constituição desse povo contou com a existência de duas grandes civilizações: a minoica, também conhecida como cretense, e a micênica, cujo povo também ficou conhecido como aqueu.

Durante esse período, o povo grego foi constituído pelas culturas de minoicos, micênicos e de outros povos que se instalaram na região, como dórios, eólios e jônios. O estabelecimento do Período Pré-Homérico é uma convenção definida pelos historiadores, que organizaram a história da Grécia Antiga da seguinte forma:

  • Período Pré-Homérico (2000 a.C.-1200 a.C.)
  • Período Homérico (1200 a.C.-800 a.C.)
  • Período Arcaico (800 a.C.-500 a.C.)
  • Período Clássico (500 a.C.-338 a.C.)
  • Período Helenístico (338 a.C.-146 a.C.)

Civilização cretense

Os cretenses formaram uma civilização que se desenvolveu na ilha de Creta a partir de 2000 a.C. Localizada no Mar Egeu, essa ilha passou a ser habitada por grupamentos humanos há 9000 anos, aproximadamente, mas os povos de características típicas dos minoicos somente estabeleceram-se por volta de 2000 a.C. Os historiadores acreditam que os minoicos tenham migrado originalmente da Anatólia.

O termo “minoico”, usado para nomear esse povo, foi cunhado pelo arqueólogo britânico Arthur Evans em referência a um rei lendário dos cretenses, Minos. Em regiões litorâneas, os minoicos construíram grandes palácios, que concentravam a vida administrativa, econômica e religiosa das cidades cretenses. O maior palácio cretense era o de Cnossos.

Desses palácios, os arqueólogos realizaram o resgate e a restauração de afrescos (pinturas feitas nas paredes), que ajudaram a conhecer mais detalhes e características desse povo, uma vez que sua forma de escrita – a Linear A – não foi decifrada ainda pelos linguistas. Outros objetos encontrados em ruínas, como pequenas estátuas, também ajudaram a ampliar o conhecimento sobre os cretenses.

Os cretenses tiravam seu sustento do comércio marítimo e, por isso, ficaram conhecidos como ótimos comerciantes e navegantes. Em razão disso, diz-se que eles formavam uma talassocracia, isto é, um sistema político no qual o poder dos governantes é exercido em um contexto de dominação marítima.

O enfraquecimento da civilização cretense ocorreu a partir de 1600 a.C. e 1500 a.C., aproximadamente. Os historiadores não sabem ao certo os fatores que determinaram a decadência desse povo, mas apontam alguns eventos que podem ter contribuído para isso, como terremotos, tsunamis e erupções vulcânicas que atingiram Creta naquela época. Além dos desastres naturais, o fortalecimento dos micênicos contribuiu para a conquista militar e absorvição cultural dos cretenses.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Micênicos


Ruínas da principal cidade dos aqueus, Micenas

Os micênicos foram um povo indo-europeu que se estabeleceu na Grécia Continental por volta de 2000 a.C. e que, a partir de 1600 a.C., iniciou um período de auge com a dominação hegemônica dessa região. No entendimento de historiadores, “indo-europeu” são os povos originários da região do Cáucaso e proximidades que iniciaram migração e que se estabeleceram em diferentes partes da Europa, como também no planalto iraniano e na Índia.

Os micênicos desenvolveram cidades muito bem fortificadas, diferentemente das cretenses, e isso aponta a existência de uma cultura militarista naquela civilização. As grandes cidades micênicas foram Micenas, Tirinto e Argos, nas quais o centro administrativo e o comercial também concentravam-se nos palácios.

Esses povos mantiveram um intenso contato comercial com outras populações locais, e ainda existem evidências do comércio realizado também com os mesopotâmicos e os egípcios, entre outros. Os micênicos desenvolveram uma forma de escrita conhecida como Linear B, que foi parcialmente decifrada e, partir dela, foi possível constatar que eles referiam-se a si mesmos como aqueus.

A decadência desse povo iniciou-se por volta de 1200 a.C. e levou ao desaparecimento dessa civilização. Novamente, os historiadores sugerem que desastres naturais podem ter contribuído para o enfraquecimento e empobrecimento dessa região. Além disso, a chegada dos dórios, povo indo-europeu de capacidade militar superior, foi definitiva para o fim daquele povo.

O desaparecimento dos micênicos e a chegada dos dórios podem estar diretamente relacionados com a diminuição populacional sofrida pela região da Grécia, que caracterizou parte do Período Homérico. Houve também uma forte ruralização dos territórios gregos com a formação do genos, unidade social e agrícola, o que levou ao surgimento da pólis durante o Período Arcaico.

*Créditos da imagem: Dziewul e Shutterstock

Publicado por Daniel Neves Silva
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

A arquitetura e a escultura grega assumiram diferentes traços ao longo de sua história.
Arquitetura e escultura grega
As características fundamentais desses dois campos da cultura grega.
Ruínas dos hititas descobertas por escavações arqueológicas realizadas na Turquia
Civilização Hitita
Entenda como surgiu a Civilização Hitita, que formou um império por volta de 1700 a.C. na região da atual Turquia.
Civilização Micênica
Acesse e saiba mais sobre a Civilização Micênica, que existiu no período de formação da Grécia. Veja as principais foram características dos micênicos.
Cretenses
Acesse e descubra detalhes dos cretences, civilização antiga que habitou a ilha de Creta. Entenda como se estabeleceram lá, e conheça o seu modo de vida.
Os preceitos da democracia atual e grega se diferem na definição de seus cidadãos.
Democracia grega x Democracia contemporânea
A nossa democracia é mesma que foi criada pelos gregos na Antiguidade?
Deuses gregos
Conheça mais sobre os deuses gregos. Acompanhe como a mitologia grega trata o surgimento desses deuses, e veja quais eram suas características principais.
Guerra do Peloponeso
Clique no link e acesse o site para acompanhar as causas que levaram espartanos e atenienses a entrarem em guerra. Veja como terminou a Guerra do Peloponeso.
Hades era o deus do submundo e contava com a ajuda de seu cão de três cabeças, Cérbero, para impedir que as almas fugissem de lá.
Hades
Clique para conhecer mais sobre Hades, importante deus da religiosidade dos gregos antigos. Conheça a história de Hades e Perséfone.
Período Homérico: surgimento e desintegração das comunidades gentílicas.
Período Homérico
Grécia Antiga, Período Homérico, Antiguidade Ocidental, comunidades gentílicas, coletivismo, crescimento populacional, desintegração dos genos, migração das comunidades gregas, formação das cidades-Estado.
Os gregos organizavam vários cultos públicos em homenagem às suas divindades.
Religiosidade grega
Os traços que marcam a origem e o significado dos vários deuses adorados pelos gregos.
video icon
Biologia
Sistema imunológico
O sistema imunológico ou imunitário é formado por vários elementos que interagem entre si e têm como principal função defender o corpo humano contra doenças, vírus, bactérias, fungos, protozoários, vermes, entre outros. O sistema imunológico é então nossa principal barreira de proteção contra os famosos antígenos que podem causar algum mal ao nosso organismo

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Filosofia
Anaxágoras
Assista nossa videoaula para entender mais sobre o pensamento pluralista de Anaxágoras.
video icon
Videoaula Brasil Escola
Guia de Profissões
Publicidade e Propaganda
Que tal conhecer um pouco mais sobre as funções de um publicitário?
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Estrangeirismo
Nessa videoaula você entende sobre o estrangeirismo na música "Samba do Approach."