Por que o Natal é comemorado no dia 25 de dezembro?

O dia 25 de dezembro é uma data especial, sobretudo na cultura ocidental, por ser o dia conhecido por abrigar o Natal, uma das festas mais importantes do cristianismo. Essa festa celebra o nascimento de Jesus Cristo, evento que aconteceu no ano 1 d.C., em Belém, cidade localizada na atual Palestina.

O Natal é uma comemoração tradicional que surgiu nos primórdios da Igreja Católica e reúne elementos e símbolos que são originários tanto na cultura cristã quanto em cultura pagã. Um dos grandes enigmas do Natal é o questionamento que muitos fazem: Jesus nasceu mesmo no dia 25 de dezembro? Essa e outras perguntas serão respondidas neste texto.

Acesse também: Origem da festa cristã realizada em homenagem à Eucaristia

O que a Bíblia diz sobre o nascimento de Jesus?

A Bíblia narra alguns acontecimentos relacionados ao nascimento de Jesus Cristo, porém com detalhes limitados. Um dos detalhes mais importantes e que abordaremos neste texto – a data do nascimento de Jesus - não é mencionado na Bíblia.

Além disso, não existe nenhuma fonte documental que comprove o dia em que Jesus nasceu. Assim, é importante dizer que não sabemos o dia exato em que Jesus nasceu e não existe comprovação histórica acerca de ele ter nascido no dia 25 de dezembro.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Quando nasceu Jesus?

Também não existe certeza do momento exato em que o dia 25 de dezembro tornou-se o dia do nascimento de Jesus. No entanto, algumas informações podem nos ajudar a ter algum horizonte e podem nos ajudar a entender mais ou menos quando as coisas aconteceram. É importante, porém, frisarmos novamente a seguinte informação: não sabemos se Jesus, de fato, nasceu na data em que celebramos atualmente.

Nos dois primeiros séculos d.C., o nascimento de Jesus não era celebrado entre os membros da Igreja Católica, no entanto, isso não significa que o assunto não fosse debatido. Atualmente, sabemos, por meio de escritos da época, que existia uma extensa discussão a respeito disso. O destaque que podemos fazer é acerca dos apontamentos realizados por Clemente de Alexandria, teólogo e filósofo que viveu nos séculos II e III d.C.

O teólogo e filósofo cristão, Clemente de Alexandria, deixou relatos acerca do debate sobre o nascimento de Jesus.
O teólogo e filósofo cristão, Clemente de Alexandria, deixou relatos acerca do debate sobre o nascimento de Jesus.

O relato de Clemente de Alexandria traz as seguintes informações:

Há aqueles que determinaram não somente o ano do nascimento de nosso Senhor, mas também o dia; eles dizem que aconteceu no 28º ano do reinado de Augustus e no dia 25 de Pachon (20 de maio) […].

E tratando de Sua Paixão, com grande precisão, alguns dizem que aconteceu no 16º ano do reinado de Tiberius, no dia 25 de Paremhat (21 de março); outros em 25 de Pharmuthi (21 de abril) […]. Posteriormente, outros disseram que Ele nasceu no dia 24 ou 25 de Pharmuthi (20 ou 21 de abril)|1|

Com esse trecho, podemos perceber que a discussão a respeito do nascimento de Jesus era intensa e que eram cogitadas diferentes datas. Nenhuma delas, no entanto, fazia menção ao 25 de dezembro. Conforme mencionamos, nesse momento – virada do século II para o século III – o Natal não era celebrado.

Isso fica evidente, pois grandes nomes do cristianismo da época, como Orígenes de Alexandria, consideravam as celebrações de aniversário como uma prática abertamente pagã. O teólogo Joseph F. Kelly chega a afirmar que Orígenes baseava sua afirmação no fato de que a Bíblia registra apenas duas celebrações de aniversário e ambas resultaram na morte de alguém. Joseph F. Kelly também menciona o fato de que Sexto Júlio Africano, historiador que viveu nos séculos II e III, chegou a apontar o dia 25 de dezembro como a data do nascimento de Jesus|2|.

Acesse também: Detalhes sobre as origens da festa que celebra a ressurreição de Cristo

Quando surgiu o Natal?

Acredita-se que a celebração do nascimento de Jesus tenha surgido por volta dos séculos III e IV d.C.[1]
Acredita-se que a celebração do nascimento de Jesus tenha surgido por volta dos séculos III e IV d.C.[1]

Depois de todas essas considerações sobre o que os antigos cristãos diziam sobre o nascimento Jesus, podemos afirmar que o Natal, enquanto festa cristã que celebrava o nascimento de Jesus, surgiu em algum momento entre os séculos III d.C. e IV d.C. O surgimento do Natal, segundo a teoria mais aceita atualmente, foi uma reação da Igreja Católica contra uma festividade pagã.

Essa festa pagã era em homenagem ao Sol Invencível, culto romano que tinha muita associação com o culto a Mitra, um deus de origem persa. Essa festa acontecia no dia 25 de dezembro, dia em que se comemorava o nascimento de ambos. Além disso, no solstício de inverno (aproximadamente 21 de dezembro) acontecia a Saturnália, celebração a Saturno.

Podemos perceber que nesse período final de dezembro havia uma convergência de festividades pagãs. A Saturnália era uma festa tradicional que existia desde muitos séculos em Roma e a festa ao Sol Invencível tinha sido criada em 274 d.C.. Com o crescimento do Cristianismo, sobretudo a partir do século IV, acredita-se que o dia 25 de dezembro foi ressignificado como o nascimento de Cristo para enfraquecer as comemorações pagãs e conquistar fiéis para o cristianismo.

Existem alguns historiadores que afirmam que a oficialização do 25 de dezembro como Natal foi realizada pelo papa Júlio I, em 350. Inclusive, a primeira menção ao dia 25 de dezembro como o dia do nascimento de Jesus que conhecemos é o Cronógrafo de 354, um calendário produzido por um calígrafo romano chamado Fúrio Dionísio Filócalo.

Créditos de imagens

[1] meunierd/Shutterstock

Notas

|1| How December 25 became Christmas. Para acessar, clique aqui [tradução livre de um trecho em inglês].

|2| KELLY, Joseph F. The Birth of Christmas. Para acessar, clique aqui [em inglês].

Publicado por Daniel Neves Silva

Artigos Relacionados

24 de junho - Dia de São João
Saiba quem foi São João Batista e como é celebrado o seu nascimento. O Dia de São João faz parte das celebrações das Festas Juninas.
25 de dezembro – Dia de Natal
Fique sabendo por que o dia de Natal é celebrado em 25 de dezembro e entenda como a tradição cristã assimilou elementos das culturas pagãs ao longo de sua história.
História do Papai Noel
Clique no texto para saber mais detalhes sobre a história do Papai Noel. Veja a origem cristã e pagã dessa emblemática figura natalina.
Missa do Galo
Acesse este texto e saiba do que se trata a Missa do Galo. Veja o que é, quais as teorias que explicam seu nome e quem criou essa tradição.
A árvore de Natal é um dos símbolos natalinos mais tradicionais, e suas origens remontam a crenças pagãs.
Origem da Árvore de Natal
Acesse este texto e amplie seus conhecimentos a respeito de um dos símbolos mais tradicionais do período natalino: a árvore de Natal. Conheça um pouco sobre a origem e a evolução desse símbolo ao longo da história. Entenda também o que a árvore representava para diferentes povos da antiguidade.
A Páscoa cristã relembra a crucificação e celebra a ressurreição de Cristo
Páscoa Cristã
Acesse este link do Mundo Educação e tenha acesso a informações sobre o significado da Páscoa para os cristãos. Entenda como essa comemoração está relacionada com a crucificação e ressurreição de Cristo e veja como ela é comemorada aqui no Brasil durante a Semana Santa.
video icon
Geografia
Climatologia no Enem: como esse tema é cobrado?
Assista à videoaula entenda a diferença entre tempo e clima. Saiba quais são os fatores que influenciam os climas do mundo. Veja como esse assunto pode ser abordado no Enem.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Guia de Profissões
Publicidade e Propaganda
Que tal conhecer um pouco mais sobre as funções de um publicitário?
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Genitive Case
É hora de aperfeiçoar sua gramática na Língua Inglesa. Assista!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Português
Preposições
Vamos aprender mais sobre essa classe conectiva de termos?