Whatsapp icon Whatsapp

Clorofórmio

O clorofórmio é um líquido incolor, volátil e altamente tóxico
O clorofórmio é um líquido incolor, volátil e altamente tóxico

Clorofórmio é um composto pertencente ao grupo dos haletos orgânicos. Ele é na realidade o composto triclorometano (CHCl3).

Fórmulas do clorofórmio – triclorometano

Ele é um líquido incolor, volátil, mais denso que a água e de cheiro característico agradável. Em presença de luz ele se oxida gerando o cloreto de carbonila, também chamado de fosgênio. Este composto é um gás tóxico e corrosivo. Então, para impedir a sua oxidação, o clorofórmio é abrigado em frascos que impedem a entrada de luz (conforme as figuras abaixo) e ainda se adiciona um pouco de álcool etílico para destruir o fosgênio porventura existente.

O clorofórmio deve ser guardado em frascos que impeçam a entrada de luz, evitando que ele oxide

O clorofórmio foi obtido pela primeira vez em 1831, por Liebig e Soubeiran, a partir do álcool etílico, sob a ação de cloro e solução diluída de hidróxido de sódio.

Ele foi usado pela primeira vez como anestésico em procedimentos cirúrgicos, em 1847, na Inglaterra. Ele atuava da seguinte maneira: ao ser aplicado sobre a pele, a temperatura abaixava, pois ele absorvia calor; deste modo, os nervos sensitivos perdiam a atividade e a sensação de dor diminuía.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Porém, seu uso foi gradativamente abandonado, em razão do seu alto grau de toxidade, tanto por ingestão quanto por inalação. Ficou comprovado também que o clorofórmio pode causar parada respiratória, comprometimento do sistema nervoso central e danos irreparáveis ao fígado e rins.

Ele também é bastante empregado como solvente de verniz e borrachas. Apesar de pouco solúvel na água, ele atua também como poluente dela. 

O clorofórmio foi usado como anestésico em cirurgias pela primeira vez em 1847

Comercialmente, o clorofórmio é obtido através da reação de redução do tetracloreto de carbono (CCl4):

Reação de obtenção do clorofórmio a partir do tetracloreto de carbono

Publicado por Jennifer Rocha Vargas Fogaça

Artigos Relacionados

Seus olhos podem ser sua senha.
Biometria: tecnologia precisa
Tecnologia que identifica uma pessoa através de traços biológicos.
O DDT é um haleto orgânico cujo nome oficial é bastante complexo (1,1,1-tricloro-2,2-di (p-clorofenil))
Classificação e Nomenclatura dos Haletos Orgânicos
Entenda como são classificados os haletos orgânicos e aprenda a realizar a nomenclatura oficial e usual desses compostos.
Por meio do deslocamento de um equilíbrio químico, as lentes fotossensíveis escurecem com a radiação solar
Equilíbrio químico em lentes fotossensíveis
Entenda como funcionam as lentes fotossensíveis que escurecem ou clareiam, conforme a luminosidade local.
Qual o segredo da composição da borracha?
Investigando a borracha
O que faz a borracha apagar a grafite? Clique aqui e descubra!
O gelo pegando fogo é na verdade um hidrato, cuja chama é alimentada pelo gás metano
O gelo que pega fogo
Descubra qual é o segredo do gelo que pega fogo, bem como de águas dos rios que queimam. Veja aqui qual é a substância responsável por esses fenômenos!
Cristais salinos encontrados no Mar Morto.
Por que o mar morto recebe este nome?
Conheça as propriedades do ponto mais baixo do planeta Terra.
A laranja é rica em vitamina C
Vitaminas solúveis e insolúveis
O perigoso consumo de vitaminas insolúveis.
video icon
Português
As falácias na argumentação
Nesta aula vamos dar um passeio nas maiores enganações argumentativas para você saber evitá-las em seu texto ou debate, além de poder apontar essas falcatruas nos discursos alheios!

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Sigmund Freud
Filosofia
Sigmund Freud
Nessa videoaula você conhecerá mais sobre a vida e estudos do "pai" da psicanálise.
video icon
Thumb Brasil Escola
Literatura
Realismo fantástico
Trazemos uma análise sobre realismo fantástico. Assista já!
video icon
Thumb Brasil Escola
Química
Funções orgânicas
Tire um tempo para entender melhor o que são as amidas.