Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Química
  3. Química Inorgânica
  4. Dissociação e Ionização

Dissociação e Ionização

A partir das experiências do físico-químico sueco August Arrhenius, realizadas com a passagem de corrente elétrica através de soluções aquosas, formulou-se a hipótese de que estas continham os íons, partículas carregadas. Diante disso, Arrhenius instituiu a teoria da dissociação iônica, baseado nos seguintes princípios:

- Segundo Arrhenius, os íons positivos, os cátions, os íons negativos, e os ânions são oriundos de determinadas substâncias dissolvidas em água.

- Duas soluções aquosas: uma de sal de cozinha (NaC?) e outra de soda cáustica (NaOH) foram utilizadas para experimentar a condutividade elétrica.

- O fenômeno da dissociação iônica foi comprovado por Arrhenius, quando verificou em ambos os casos a passagem de corrente elétrica associando-a a existência de íons livres nas soluções.

Dissociação iônica do NaC? em água, através desta reação podemos constatar que:

1. A água é uma substância constituída por moléculas polares, o pólo negativo está situado no átomo de oxigênio e o pólo positivo está nos átomos de hidrogênio.

2. A solução iônica é obtida da interação entre H2O e NaC?.

3. Água de solvatação são as moléculas de água que abrangem os íons.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)


Arrhenius atentou para os seguintes fatos, ao experimentar a condutividade de compostos moleculares, como o açúcar (C12H22O11) e o ácido clorídrico (HC?):
 

- Concluiu que nessa solução não existem íons, devido à solução aquosa de açúcar não conduzir corrente elétrica. Sendo assim, o açúcar dissolveu somente na água.

- Concluiu a existência de íons livres, devido à condução de corrente elétrica pela solução aquosa de ácido clorídrico.

- O HC? é um composto constituído por moléculas, sendo assim os íons são formados mediante a quebra dessas moléculas pela água. Esse fenômeno é designado ionização.

Etapas da ionização
Etapas da ionização
Publicado por: Líria Alves de Souza
Assista às nossas videoaulas
Assuntos relacionados
A ilustração retrata fórmulas químicas de substâncias estudadas na Química Inorgânica
Definição de Química Inorgânica
Veja a definição antiga e a atual de Química Inorgânica, saiba diferenciá-la da Química Orgânica e entenda quais são as funções inorgânicas.
Existem vários tipos de sais inorgânicos que precisam ser classificados em grupos específicos para serem estudados
Classificação e nomenclatura dos sais
Conheça a classificação dos sais em neutros, ácidos, básicos, duplos, hidratados e alúmen, além de compreender como é realizada a nomenclatura em cada caso.
Adição de água pura em uma solução ácida
Lei de Ostwald
Conheça a lei de Ostwald e aprenda a determinar a constante de ionização utilizando apenas a molaridade e o grau de ionização.
Imagem de Jacobus Henricus van 't Hoff Júnior, o cientista que estudou os efeitos coligativos e relacionou como calcular a pressão osmótica
Determinação da pressão osmótica
Aprenda a calcular a pressão osmótica para as soluções moleculares e iônicas.
Selo impresso na Holanda em homenagem a J. H. Van't Hoff, ganhador do Prêmio Nobel de Química em 1901 *
Fator de Van’t Hoff
Entenda o que é o fator de Van’t Hoff (i), como determiná-lo e qual é o seu papel nos aspectos quantitativos das propriedades coligativas.
Representação dos íons de algumas bases dissociadas
Equações de dissociação das bases
Aprenda a interpretar e a construir equações de dissociação de bases!
É possível calcular o pOH de uma solução de Hidróxido de Sódio (NaOH)
Cálculo do pOH de uma solução
Entenda como são aplicadas as fórmulas para o cálculo do pOH de uma solução.
O sangue é um exemplo de solução-tampão natural
Solução-tampão
Clique e aprenda as condições para a formação de uma solução-tampão, além do efeito provocado por ácidos e bases fortes nessas soluções!
Exemplos de bases consideradas solúveis em água
Solubilidade das bases
Aprenda a classificar uma base quanto à sua capacidade de dissolver-se muito, pouco ou quase nada em água!
Equações representando equilíbrios iônicos
Deslocamento em equilíbrios iônicos
Clique e conheça como ocorre o deslocamento em equilíbrios iônicos após a adição de íons comum ou reativos.
Exemplos de bases fortes (esquerda) e fracas (direita)
Força das bases
Aprenda a determinar a força das bases por meio da simples análise de sua fórmula, nome e grau de dissociação!
Cuba eletrolítica realizando a eletrólise aquosa do NaCl
Descarga de cátions e ânions
Clique e aprenda a determinar o cátion ou o ânion que sofrerá descarga durante uma eletrólise em meio aquoso.
O cloreto de sódio é um exemplo de sal solúvel
Solubilidade dos sais
Clique e aprenda a classificar os sais inorgânicos quanto à solubilidade em água, isto é, se solúveis ou praticamente insolúveis.
O hidróxido (OH) é o ânion liberado em toda dissociação de bases
Dissociação das bases
Entenda a dissociação das bases, fenômeno físico que ocorre com essas substâncias quando submetidas à dissolução ou à fusão. Esse processo está diretamente relacionado com a capacidade de liberar íons (cátions e ânions) no meio. Nesse caso, o ânion sempre será o mesmo, ou seja, o hidróxido. Clique e saiba mais!
Os cálculos renais são agregados cristalinos formados pela precipitação de alguns sais, como o fosfato de cálcio
Produto de Solubilidade
Entenda o que é produto de solubilidade (KPS) e aprenda a realizar o seu cálculo!
O princípio de funcionamento do catalisador ou conversor catalítico se baseia na catálise heterogênea
Catálise Heterogênea
Aprenda o conceito de catálise heterogênea e veja também exemplos de sua utilização em nosso cotidiano, incluindo as reações que ocorrem nos catalisadores automotivos.
O sangue humano precisa estar com o pH em torno de 7,4
Alcalose e Acidose no organismo humano
Entenda como o sangue atua como solução-tampão, impedindo que ocorram casos de alcalose e acidose no organismo e mantendo seu pH estável.