Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Química
  3. Química Geral
  4. Ligação iônica e covalente: qual delas é polar?

Ligação iônica e covalente: qual delas é polar?

Polaridade se define como a capacidade que as ligações possuem de atrair cargas elétricas, e o local onde essas cargas se acumulam é denominado de pólo, que se classifica em pólos negativos ou positivos.

Mas no que se trata de ligação iônica e covalente: como elas se classificam?

Toda ligação iônica é uma ligação polar. Os compostos iônicos são carregados de cargas elétricas positivas (cátions) e negativas (ânions) e, portanto, apresentam pólos. As substâncias iônicas se tornam instáveis, pois reagem facilmente com outros compostos.


Polaridade das ligações iônica e covalente.

 Como pode ser observado na figura acima, a água composta por dois átomos de Hidrogênio e um de Oxigênio é um composto polar, os sinais δ+ e δ- (pólo positivo e negativo) representam esse aspecto. Já o composto covalente C2H6 (Etano) é apolar.

Mas não significa que todo composto covalente é apolar. Os pólos neste caso estão associados à eletronegatividade. Se a ligação covalente for entre átomos de mesma eletronegatividade, como é o caso do Etano, a ligação será apolar, porque não ocorre formação de pólos. 

                           
 
*A ligação ocorre entre elementos iguais e com mesma eletronegatividade.

Agora, se a ligação covalente ocorrer entre átomos com eletronegatividades diferentes, a ligação será polar. Essa diferença induz o acúmulo de carga negativa ao redor do elemento mais eletronegativo, gerando assim, pólos δ- na molécula. Esta regra obedece à escala de eletronegatividade de Pauling:



A eletronegatividade é crescente no sentido da seta. Para memorizar a escala acima, sugerimos um macete:

Fui Ontem No Clube, Briguei I SCorrendo Para o Hospital”.

Os elementos são representados pelas letras em destaque.

Exemplo: a molécula de ácido clorídrico é composta por hidrogênio (H) e cloro (Cl). De acordo com a escala de Pauling, o “Cl” se encontra em uma extremidade e o “H” na outra, ou seja, estão bem afastados. Por isso a molécula de HCl é classificada como polar, pois os elementos que a formam possuem eletronegatividades distintas.

δ+        δ-
H ─ Cl               *Como o Cloro é mais eletronegativo, atrai para si o pólo com carga negativa.


Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Publicado por: Líria Alves de Souza
Assuntos relacionados
O dióxido de carbono é formado por ligações covalentes entre o carbono e dois átomos de oxigênio
Ligação Covalente
Entenda como ocorre a ligação covalente e como ela é representada por meio de fórmulas eletrônicas e estruturais.
O cloreto de sódio é um exemplo de composto formado a partir de ligação iônica entre os átomos
Ligação Iônica
Entenda como ocorre a ligação iônica, descubra seus princípios e características e aprenda a montar as fórmulas de compostos iônicos.
As moléculas de água possuem geometria angular
Geometria Molecular
Saiba mais sobre o estudo da geometria molecular, sua importância e exemplos.
O crômio é um exemplo de metal pesado encontrado na forma de minério
Metais pesados
Clique para conhecer as características, fontes e utilizações dos metais pesados!
Moléculas de Oxigênio e Ozônio.
Alotropia do Oxigênio
Você sabe em que consiste a alotropia do oxigênio? Não? Clique aqui e confira!
Isótopos de hidrogênio
Conheça as variáveis deste elemento.
A disposição espacial dos átomos em uma molécula é a geometria molecular
Determinação da Geometria Molecular
Aprenda aqui a determinar qual é a geometria molecular para todo tipo de molécula.
Valores de eletronegatividade dos elementos da Tabela Periódica segundo Linus Pauling
Eletronegatividade
Conheça umas das propriedades periódicas mais importantes, a eletronegatividade.
Íon-fórmula de um importante sal utilizado no cotidiano, o cloreto de sódio
Íon-fórmula
Aprenda a construir a fórmula que representa qualquer composto iônico, isto é, o chamado íon-fórmula!
Letra grega que representa o vetor momento dipolar resultante
Vetor momento dipolar resultante em moléculas
Clique e aprenda por meio de vários exemplos a determinar o vetor momento dipolar resultante de uma molécula.
Água e óleo é uma mistura heterogênea bifásica
Classificação das misturas heterogêneas
Confira aqui como ocorre a classificação das misturas heterogêneas!
Como obter cafeína a partir de chá verde
Destilação fracionada: método usado para obter cafeína
Clique aqui e entenda como é realizado o método de destilação fracionada!
Gás Hélio: gás perfeito em balões flutuantes.
Gás perfeito
A energia cinética é diretamente proporcional à temperatura.
As três maiores partículas subatômicas
Aprenda sobre elétrons, nêutrons e prótons.
Em laboratórios de Química, as unidades em escalas macro e microscópicas (como o número atômico e a massa atômica) são muito importantes.
Diferença entre número de massa e massa atômica
Número de massa é a soma dos prótons e nêutrons. Massa atômica é a média ponderada das massas atômicas dos isótopos naturais do elemento.
A reação entre água de cloro e iodeto de potássio ocorre porque o cloro é um ametal mais reativo que o iodo
Reatividade dos Ametais
Conheça a fila de reatividade dos ametais, que pode ajudá-lo a prever se determinada reação de oxirredução ocorrerá ou não.
Lavoisier foi o criador de uma das Leis Ponderais, denominada de Lei de Conservação das Massas
Leis Ponderais
Conheça quais são as leis ponderais mais importantes que foram desenvolvidas no século XVIII e que representaram um grande avanço para a Química como Ciência.