Whatsapp icon Whatsapp

Aracnídeos

Os aracnídeos são animais invertebrados do grupo dos artrópodes que apresentam quatro pares de patas, um par de quelíceras e pedipalpos. Não possuem asas nem antenas.
Escorpião preto em cima de uma pedra, na natureza.
O corpo dos aracnídeos é revestido por um exoesqueleto de quitina.

Aracnídeos são o maior grupo dos quelicerados e abrange representantes como aranhas, escorpiões, carrapatos e ácaros. Esses animais apresentam como características mais marcantes a presença de seis pares de apêndices articulados (quatro pares de pernas, um par de quelíceras e um par de pedipalpos) e a ausência de antenas e asas.

Esses animais se destacam por serem, em sua maioria, predadores carnívoros, entretanto há também representantes parasitas. São animais que apresentam sexos separados, fecundação interna e desenvolvimento direto.

Leia também: Insetos — o maior grupo de animais do planeta

Resumo sobre aracnídeos

  • Aracnídeos são artrópodes pertencentes ao clado dos quelicerados.

  • Aracnídeos possuem corpo dividido em cefalotórax e abdome.

  • Não possuem antenas nem asas.

  • Aracnídeos possuem quatro pares de pernas, um par de quelíceras e um par de pedipalpos.

  • São animais, em sua maioria, predadores carnívoros.

  • Algumas espécies, como carrapatos, são animais parasitas.

  • Nesses animais, a fecundação é interna, e o desenvolvimento, direto.

  • São exemplos de aracnídeos os carrapatos, ácaros, escorpiões e aranhas.

O que são aracnídeos?

Os aracnídeos são animais invertebrados, do filo Arthropoda, mais precisamente do clado dos quelicerados. São encontrados, principalmente, no ambiente terrestre, porém existem representantes adaptados também a viver no ambiente aquático de maneira secundária.

Exemplos de animais aracnídeos

São exemplos de aracnídeos os carrapatos, ácaros, escorpiões e aranhas. Escorpiões e aranhas destacam-se pelos acidentes que podem provocar, sendo algumas espécies venenosas e extremamente perigosas para os seres humanos. O acidente com alguns aracnídeos pode ser fatal.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Quais são as principais características dos aracnídeos?

Os aracnídeos, por fazerem parte do grupo dos artrópodes, possuem algumas características típicas do grupo, tais como a presença de um exoesqueleto de quitina, que reveste seu corpo, e a presença de apêndices articulados.

Exoesqueleto de quitina dos aracnídeos

O exoesqueleto de quitina está relacionado com a proteção do corpo do animal e também fornece pontos de fixação para os músculos. O exoesqueleto, apesar de todos os benefícios, impede o crescimento dos artrópodes de forma contínua, sendo necessário realizar uma troca periódica dessa estrutura, em um processo conhecido como muda ou ecdise.

Apêndices articulados em aracnídeos

Aracnídeos possuem, no total, seis pares de apêndices, constituídos por quatro pares de pernas, um par de quelíceras e um par de pedipalpos.

  • Quelíceras: são estruturas que dão nome ao clado (Clado Chelicerata). São apêndices utilizados para alimentação e defesa. Nas aranhas, as quelíceras, que possuem formato de pinça, são equipadas com glândulas de veneno. As aranhas perfuram a vítima com essa estrutura e secretam sucos digestivos sobre ela, iniciando uma digestão parcial ainda fora do corpo do animal.

  • Pedipalpos: estes se destacam por serem utilizados na alimentação, defesa, reprodução e também na sensibilidade. Nos escorpiões, os pedipalpos apresentam-se como pinças grandes e bastante especializadas.

Ilustração da estrutura do corpo de uma aranha, espécie de aracnídeo.
Observe algumas das principais partes do corpo de um aracnídeo.

Outras características gerais que podem ser citadas são a presença de órgãos sensoriais bem desenvolvidos e um sistema circulatório aberto, o qual é responsável por garantir que a hemolinfa circule pelo corpo desses animais.

Veja também: Crustáceos — outro grupo de animais artrópodes

Como é dividido o corpo dos aracnídeos?

Aracnídeos apresentam corpo dividido em cefalotórax (prossoma) e abdome (opistossoma). Na região do cefalotórax estão concentradas as funções de percepção, locomoção e alimentação. A região do abdome, por sua vez, combina funções como trocas gasosas, digestão e produção dos gametas.

No corpo dos carrapatos e dos ácaros, não é possível perceber uma divisão clara entre cefalotórax e abdome, sendo observado apenas uma única parte. Nos escorpiões, uma característica marcante é a presença de um prolongamento do abdômen (pós-abdômen), conhecido popularmente como cauda. A cauda termina em um aguilhão, o qual é usado para injetar o veneno no corpo de sua vítima.

Na região do abdômen das aranhas, é possível observar as fiandeiras, as quais estão associadas a glândulas de seda. A seda é utilizada pelas aranhas para a fabricação de teias, as quais são usadas, geralmente, para a captura de suas presas.

Aranha andando no chão e uma pessoa caminhando atrás dela.
Alguns aracnídeos são peçonhentos e podem provocar acidentes graves.

Aracnídeos apresentam estruturas especializadas na excreção chamadas de glândulas coxais e túbulos de Malpighi. Em algumas espécies, ambas as estruturas estão presentes, enquanto em outras ocorre apenas uma delas. Em relação às trocas gasosas, elas podem ocorrer por meio de pulmões laminares, traqueias ou ambos. As traqueias se assemelham às que estão presentes nos insetos, caracterizando-se por serem tubos revestidos de quitina pelos quais os gases se difundem.

O sistema nervoso dos aracnídeos é formado por um cérebro que é uma massa ganglionar anterior localizada acima do esôfago. Os órgãos sensoriais dos aracnídeos são bastante desenvolvidos. Dentre essas estruturas podemos citar a presença de cerdas quimiorreceptoras e mecanorreceptoras e olhos simples, os quais sempre são formados por uma córnea e um cristalino combinados, os quais são contínuos com a cutícula, porém se apresentam mais espessos.

Qual é a alimentação dos aracnídeos?

Carrapato, um aracnídeo parasita, preso na orelha de um cachorro.
Carrapatos podem ser encontrados parasitando diferentes espécies.

A maioria dos aracnídeos são predadores carnívoros, sendo observada, na maioria dos casos, a digestão da presa ocorrendo parcialmente no lado externo do corpo do animal. Esses animais se alimentam, principalmente, de pequenos artrópodes, porém outras presas também podem fazer parte da dieta. Algumas espécies de aranhas, por exemplo, podem se alimentar de pequenos roedores e até mesmo de pequenas aves.

Entretanto, é importante salientar que algumas espécies possuem hábito parasita. Os carrapatos, por exemplo, são animais parasitos que sobrevivem sugando o sangue de suas vítimas. Podem ser encontrados vivendo sobre a superfície corporal de diferentes espécies de mamíferos e répteis. Há também os ácaros, que podem ser encontrados vivendo sobre ou dentro de animais e plantas.

Saiba mais: Quais as principais diferenças entre os grupos de artrópodes?

Reprodução dos aracnídeos

Aracnídeos são animais que possuem sexos separados, ou seja, há indivíduos machos e fêmeas. Nesse grupo de animais, a fecundação destaca-se por ser interna, e o desenvolvimento, direto. Há representantes vivíparos e ovíparos

Publicado por Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos Relacionados

Aranha (Ordem Araneae)
Saiba as características das aranhas peçonhentas encontradas em nosso país.
Artrópodes
Vamos conhecer mais sobre os artrópodes? Clique aqui e estude as principais características desse grupo de invertebrados.
Escorpiões peçonhentos
Conheça aqui as principais espécies de escorpiões peçonhentos encontradas no território brasileiro.
Inseto é artrópode?
Todo inseto é artrópode? Todo artrópode é inseto? O que é artópode? O que é inseto? Descubra aqui!
Insetos
Saiba mais sobre as características gerais dos insetos, um grupo de animais do filo dos artrópodes e que apresenta representantes com asas.
Muda ou ecdise em artrópodes
Já ouviu falar a respeito da muda ou ecdise? Clique aqui, entenda como esse processo ocorre e a sua importância para os artrópodes.
Os Acaros
Os Ácaros, o que são ácaros, como os ácaros se alimentam, onde os ácaros são encontrados, como os ácaros provocam alergias.
Principais diferenças entre os grupos de artrópodes
Conheça as principais diferenças entre os grupos de artrópodes e aprenda a identificar melhor os animais pertencentes a esse filo.
video icon
Ilustração da imagem de Dom Pedro I ao lado do escrito"Primeiro Reinado".
História
Primeiro Reinado: características gerais
Assista à nossa videoaula para conhecer as principais características do Primeiro Reinado (1822–1831) do imperador d. Pedro I. Confira também no nosso canal outras informações sobre o Primeiro Reinado e o Império Brasileiro.