Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Biologia
  3. Animais

Animais

 Animais são organismos pertencentes ao reino Animalia. Esse reino reúne cerca de 1,3 milhão de espécies conhecidas, entretanto pesquisadores acreditam que esse número seja muito maior, atingindo mais de 10 milhões de espécies.

Os animais são encontrados em diferentes locais e adotam diferentes hábitos de vida, existindo, por exemplo, espécies sésseis, espécies que se locomovem livremente e aquelas que adotam hábito de vida parasitário, vivendo sob ou no interior de outros seres vivos. A variação corporal dentro desse grupo também é extremamente grande, havendo espécies microscópicas e espécies com mais de 10 metros de comprimento. Os seres humanos são um exemplo de animal.

Leia também: Animais especialistas e generalistas

Principais características dos animais

Existe uma grande variedade de espécies no reino animal, mas algumas características fazem com que essas espécies estejam reunidas em um mesmo grupo. Veja a seguir as características encontradas em todos os animais.

Os animais são um grupo heterogêneo, entretanto a nutrição heterotrófica e a presença de várias células formando seu corpo são características observadas em todos os representantes.
Os animais são um grupo heterogêneo, entretanto a nutrição heterotrófica e a presença de várias células formando seu corpo são características observadas em todos os representantes.
  • Animais apresentam célula eucariótica: espécies do Reino Animalia apresentam, portanto, células contendo núcleo definido e organelas celulares.

  • Os animais são multicelulares: ou seja, os animais são formados por mais de uma célula. Na grande maioria dos animais, as células estão organizadas em tecidos, que são agrupamentos de células semelhantes que atuam como uma unidade funcional.

  • Animais são organismos heterotróficos: a nutrição dos animais nos permite diferenciá-los de outros grupos de seres vivos. Enquanto as plantas são capazes de sintetizar as moléculas orgânicas das quais necessita por meio da fotossíntese, os animais necessitam ingerir a matéria orgânica. Os fungos são também organismos heterotróficos, como os animais, porém o modo nutricional é diferenciado. Nos fungos, a alimentação ocorre por absorção, que, geralmente, acontece após a liberação de enzimas que atuam na digestão do alimento.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Animais herbívoros, onívoros e carnívoros

Os animais são frequentemente classificados de acordo com o tipo de alimento que ingerem, podendo receber a denominação de herbívoros, onívoros ou carnívoros.

  • Animais herbívoros: animais que se alimentam de algas e/ou plantas. Como exemplos de animais herbívoros, podemos citar abelha, arara, coala, coelho, girafa e tantos outros.

  • Animais onívoros: animais que se alimentam tanto de algas e/ou plantas quanto de outros animais. Os seres humanos, porcos e baratas são exemplos de animais onívoros.

  • Animais carnívoros: animais que se alimentam exclusivamente de outros animais. São exemplos de animais carnívoros o tigre, leão, urso e onça.

A depender do alimento ingerido pelos animais, eles ocupam diferentes níveis tróficos na cadeia alimentar. Os animais herbívoros são sempre considerados consumidores primários, por se alimentarem de produtores. Os carnívoros podem ser considerados, por exemplo, consumidores secundários, terciários e assim por diante, a depender do animal que for predado, mas não podem ser consumidores primários, pois não se alimentam de produtores. Os onívoros, por sua vez, podem ocupar qualquer nível dos consumidores, pois se alimentam tanto de produtores quanto de consumidores.

Leia também: Animais silvestres — características e exemplos

Classificação dos animais

O reino animal é dividido em vários filos, sendo os mais conhecidos os apresentados a seguir.

As esponjas apresentam o corpo repleto de poros.
As esponjas apresentam o corpo repleto de poros.
  • Porifera: os animais pertencentes ao grupo dos poríferos são conhecidos popularmente como esponjas. São animais sésseis e que não apresentam tecidos verdadeiros. São conhecidos como poríferos devido à presença de vários poros em seu corpo.

Águas-vivas são exemplos de cnidários.
Águas-vivas são exemplos de cnidários.
  • Cnidaria: animais que possuem uma cavidade gastrovascular e uma abertura única, que funciona como boca e ânus. Nesse grupo estão as águas-vivas, hidras e corais.
Platelmintos são vermes de corpo achatado.
Platelmintos são vermes de corpo achatado.
  • Platyhelminthes: animais que apresentam corpo achatado dorsoventralmente, sendo, devido a essa característica, conhecidos também como vermes planos ou achatados. Existem espécies de vida livre e parasitas, sendo essas últimas as mais conhecidas. Como exemplos de platelminto, podemos citar a tênia e o esquistossomo.

Nematódeos apresentam o corpo cilíndrico e afilado nas extremidades.
Nematódeos apresentam o corpo cilíndrico e afilado nas extremidades.
  • Nematoda: animais que apresentam corpo cilíndrico com as extremidades afiladas. Podem ser encontrados no solo e em ambiente aquático, bem como vivendo em plantas e animais. A lombriga é um nematódeo bastante conhecido, sendo responsável por causar doença no ser humano.
Anelídeos apresentam corpo repleto de anéis.
Anelídeos apresentam corpo repleto de anéis.
  • Annelida: animais que apresentam corpo formado por uma série de anéis fusionados. Ocorrem no solo úmido e no ambiente aquático, tanto de água doce quanto marinho. Sanguessugas e minhocas são exemplos de anelídeos.
Moluscos apresentam corpo mole e, muitas vezes, protegido por conchas.
Moluscos apresentam corpo mole e, muitas vezes, protegido por conchas.
  • Mollusca: todos os moluscos apresentam um corpo mole, o qual pode ser ou não protegido por uma concha. São encontrados em diferentes ambientes, porém a maioria é marinha. Como exemplos de moluscos, podemos citar lesmas, polvos, lulas e mariscos.
Artrópodes possuem corpo envolvido por um exoesqueleto.
Artrópodes possuem corpo envolvido por um exoesqueleto.
  • Arthropoda: maior grupo de animais conhecido, apresentando mais de um milhão de espécies. São encontrados em todos os ambientes e apresentam como características marcantes a presença de um exoesqueleto quitinoso e apêndices articulados. Nesse grupo temos como representantes os insetos, aranhas, escorpiões, carrapatos, ácaros, lagostas, camarões, lacraias e embuás.
Muitos equinodermos possuem corpo coberto por espinhos.
Muitos equinodermos possuem corpo coberto por espinhos.
  • Echinodermata: animais que vivem no ambiente marinho e apresentam um endoesqueleto formado por placas calcárias rígidas. Muitos equinodermos apresentam espinhos recobrindo seu corpo. Estrela-do-mar e ouriço-do-mar fazem parte desse grupo.

Os vertebrados são cordados que apresentam coluna vertebral.
Os vertebrados são cordados que apresentam coluna vertebral.
  • Chordata: todos os cordados compartilham quatro características básicas: presença de notocorda, cordão nervoso dorsal oco, fendas faringianas e uma cauda muscular pós-anal. Apesar de não ser o grupo mais numeroso de animais, os cordados se destacam como o grupo mais conhecido, uma vez que nesse grupo estão os vertebrados, cordados com coluna vertebral. No grupo dos vertebrados, temos os peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos.

Dos grupos citados acima, poríferos, cnidários, platelmintos, nematódeos, anelídeos, moluscos, artrópodes e equinodermos são conhecidos como invertebrados, devido à ausência de coluna vertebral e crânio. 95% das espécies animais conhecidas são invertebrados. Os animais chamados de vertebrados, por sua vez, correspondem a um grupo de animais do filo Chordata que possui coluna vertebral e crânio.

Publicado por: Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos de "Animais"