Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Biologia
  3. Fisiologia
  4. Síndrome do intestino irritável

Síndrome do intestino irritável

A síndrome do intestino irritável acomete mais mulheres do que homens e é uma condição muito comum em todo o mundo. Por não apresentar infecções ou úlceras é chamada de funcional. Até hoje esse distúrbio do trato digestivo não apresentou nenhuma alteração metabólica, bioquímica ou estrutural de órgãos envolvidos, caracterizando-se apenas pela inibição, acentuação ou modificação das funções intestinais. Essa síndrome pode estar associada a alterações psicológicas, como depressão e ansiedade.

Por não ser uma síndrome conhecida, não se sabe ao certo quando a pessoa passa a apresentar os sintomas, que geralmente são cólicas abdominais, náuseas, gases, constipação, diarreia, distensão abdominal, queimação, aumento na frequência diária de evacuações e sensação de evacuação incompleta. Algumas pessoas podem apresentar flatulência, muco nas fezes e urgência retal.

Também não se sabe o que causa o aparecimento dessa síndrome, mas especialistas acreditam que a causa esteja nas alterações dos movimentos que levam o alimento desde a boca até o ânus. Em observações feitas em pacientes que possuem a síndrome do intestino irritável, verificaram-se volumes pequenos de fezes e gases no intestino, que são capazes de gerar uma sensação interpretada pelos pacientes como dor, enquanto que as pessoas que não possuem a síndrome não sentiriam nenhuma perturbação.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Como essa síndrome não apresenta infecções e nem úlceras, o médico prescreve diversos exames – não para diagnosticar a síndrome, mas para afastar todas as prováveis doenças que tenham sintomas semelhantes. A partir do histórico, sintomas, exames laboratoriais e exames físicos minuciosos o médico pode descartar outras patologias e diagnosticar a síndrome.

Se os sintomas aparecerem após os 40 anos, apresentando quadro de sangramento via retal, emagrecimento, febre, anemia e diarreia intensa, o médico deverá investigar com mais atenção as causas que estão provocando esses sintomas.

Até o momento não se conhece um tratamento que seja eficaz para essa síndrome. Sendo assim, o tratamento se baseia na alteração dos hábitos alimentares. Em alguns casos, antidepressivos são prescritos pelo médico. 

A Síndrome do Intestino Irritável acomete mais mulheres jovens
A Síndrome do Intestino Irritável acomete mais mulheres jovens
Publicado por: Paula Louredo Moraes
Assuntos relacionados
O esforço físico e a concentração de ácido lático na musculatura.
Fermentação lática no músculo
Uma opção do organismo em condições de baixa oxigenação.
Aparelho bucal das borboletas (probóscide).
Aparelho bucal dos insetos
De acordo com a formação e posição do aparelho bucal dos insetos, eles podem ser subdivididos. Saiba mais!
Os rins são essenciais para a excreção!
Produtos da excreção dos vertebrados
Saiba porque excretar amônia nem sempre é a melhor opção para alguns animais.
O câncer colorretal possui ligação direta com a alimentação
Câncer colorretal
Conheça os sintomas do câncer colorretal e saiba como é possível prevenir-se dessa doença.
O transplante de fezes restabelece a flora intestinal
Transplante de fezes
Saiba mais sobre o transplante de fezes, um tratamento nada convencional para diarreia.
Os intestinos são mantidos conectados à cavidade abdominal pelo mesentério
Mesentério
Saiba mais sobre o mesentério, estrutura que passou a ser considerada um órgão em 2016 e que se relaciona com a sustentação dos intestinos.
As doenças provocam sintomas específicos e possuem causas definidas
O que são doenças, síndromes e transtornos?
Você sabe a diferença entre doenças, síndromes e transtornos? Clique aqui e aprenda o significado desses termos amplamente utilizados na medicina.
Ansiedade
Conheça mais sobre ansiedade, um sentimento vivido por várias pessoas no mundo. Neste texto abordaremos o que ela é, seus sintomas e formas de evitar suas crises.
Fisiologia da excreção dos animais invertebrados
Os sistemas de eliminação de rejeitos por organismos invertebrados.
Esquema da anatomia interna de um anelídeo, evidenciando um segmento do sistema digestivo e circulatório.
Respiração e circulação dos anelídeos
O transporte de nutrientes e gases através do sistema circulatório.
Etapas da metamorfose (pupa ou crisálida → inseto adulto).
Desenvolvimento dos insetos
A metamorfose dos insetos.
Este senhor do Sri Lanka é capaz de amamentar. Segundo os médicos, “os homens com hormônio prolactina hiperativo podem produzir leite no peito”.
Prolactina
Saiba mais sobre este hormônio que é produzido, principalmente, durante a gravidez e na amamentação.