Tricomas

Os tricomas são estruturas da epiderme vegetal que apresentam diversas funções, como a diminuição da perda de água, proteção contra herbivoria e atração de polinizadores.

Os tricomas são apêndices epidérmicos encontrados em várias espécies de plantas. Eles apresentam diferentes formatos, que servem, inclusive, como uma característica taxonômica, ou seja, o formato e as substâncias produzidas por determinado tricoma podem ajudar a identificar uma espécie. Além de exercer papel fundamental na taxonomia, os tricomas relacionam-se com a diminuição da perda de água e proteção contra a herbivoria.

Tipos de tricomas

Tricomas tectores

Os tricomas tectores, também chamados de não glandulares, são incapazes de produzir secreções. Por essa razão, estão mais relacionados com a redução da perda de água, diminuição da incidência luminosa, além de formarem uma densa cobertura que pode servir como barreira mecânica.

Esses tricomas podem ser unicelulares, quando constituídos por uma única célula da epiderme, ou multicelulares, quando são formados por várias células. Os tricomas multicelulares podem ser ainda ramificados ou não.

Os tricomas radiculares, ou pelos radiculares, são geralmente descritos separadamente. Como não possuem secreção, podem ser classificados como tectores. A função desses pelos é garantir a absorção de água e nutrientes.

Tricomas glandulares

Os tricomas glandulares são capazes de produzir secreções. Essas substâncias, tais como óleos, néctar, sucos digestivos e resinas, apresentam uma variada quantidade de funções na planta, Existem, por exemplo, tricomas urticantes, os quais afastam os herbívoros. Existem ainda os tricomas glandulares encontrados em plantas carnívoras, que produzem secreção capaz de prender a presa e também enzimas que garantem sua digestão. Tricomas secretores também podem ser observados em flores com a função de atrair polinizadores.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Os tricomas glandulares são capazes de produzir secreções (óleos, néctar, sucos digestivos e resinas) e apresentam uma variada quantidade de funções na planta. Veja alguns exemplos:

  • Tricomas urticantes: afastam os herbívoros;

  • Tricomas glandulares: são encontrados em plantas carnívoras e produzem secreção capaz de prender a presa e também enzimas que garantem sua digestão.

  • Tricomas secretores: podem ser observados em flores e possuem a função de atrair polinizadores.

Os tricomas glandulares possuem uma cabeça, que pode ser formada por uma ou várias células e é o local da síntese da secreção. Além da cabeça, existe um pedúnculo que une a cabeça à epiderme e varia em relação ao comprimento.

Tricomas mistos

Os tricomas mistos possuem uma porção não glandular e uma região capaz de secretar substâncias. Eles podem ser observados na planta Leandra australis.

Os tricomas evitam a perda de água por transpiração, além de garantirem proteção contra a herbivoria
Os tricomas evitam a perda de água por transpiração, além de garantirem proteção contra a herbivoria
Publicado por: Vanessa Sardinha dos Santos
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Lista de Exercícios

Questão 1

Os tricomas são estruturas encontradas em algumas espécies de plantas e caracterizam-se por ser

a) estruturas caulinares.

b) modificações foliares.

c) projeções de tecidos vasculares.

d) projeções do parênquima.

e) apêndices epidérmicos.

Questão 2

Os tricomas são estruturas presentes nos vegetais que apresentam várias funções. Alguns tricomas são incapazes de produzir secreções, entretanto, atuam, por exemplo, reduzindo a perda de água pela planta. Esses tricomas são chamados de

a) tricomas radiculares.

b) tricomas glandulares.

c) tricomas urticantes.

d) tricomas secretores.

e) tricomas tectores.

Mais Questões
Assuntos relacionados
Transpiração da planta e a condensação da água no recipiente
Transpiração nas plantas
Entenda um pouco mais a respeito do processo de transpiração que ocorre nos vegetais. Neste texto abordaremos o que é a transpiração, em que regiões do corpo da planta ela ocorre, quais fatores influenciam esse processo e a importância e malefícios da transpiração para o vegetal.
Pteridófitas
Descubra mais sobre as pteridófitas lendo nosso texto. Apresentaremos aqui as características básicas desse grupo, sua reprodução e classificação.
A raiz é uma importante estrutura da planta, pois permite a fixação e absorção de nutrientes
Partes da raiz
Compreenda as partes da raiz e como elas estão relacionadas com o crescimento do órgão.
A epiderme, um dos tecidos de revestimento das plantas, é encontrada em órgãos com crescimento primário.
Tecidos de revestimento
Clique aqui e descubra mais sobre os tecidos de revestimento, importantes tecidos que envolvem a planta. Neste texto, abordaremos sobre as principais características da epiderme e da periderme. Além disso, falaremos sobre as funções desses tecidos vegetais.
Zoofilia: animais polinizadores (insetos, aves e mamíferos).
Adaptações para a polinização
A estrutura da pétala e os recursos de atratividade aos agentes polinizadores.
Alguns exemplares de plantas carnívoras
Plantas carnívoras
Conheça mais sobre estas dicotiledôneas que também se utilizam da fotossíntese como fonte nutricional!
Quais características permitiram que as plantas conquistassem o meio terrestre?
Plantas e o meio terrestre
Compreenda como as plantas conseguiram se desenvolver no meio terrestre.
Raízes respiratórias no ambiente de mangue
Tipos de raízes
Aprenda como diferenciar os diversos tipos de raízes.