Whatsapp icon Whatsapp

Celulite infecciosa

A celulite infecciosa é uma doença cutânea que ocorre como consequência da penetração de bactérias na pele. Trata-se de uma infecção grave que pode levar à morte.
Ilustração de estreptococos, causadores de celulite infecciosa, com formato esférico.
Bactérias do tipo estreptococos estão entre os principais causadores de celulite infecciosa.

Celulite infecciosa é uma infecção cutânea que compromete as camadas mais profundas da pele. É uma doença causada por bactérias, as quais entram no organismo por meio de lesões na pele, tais como feridas, úlceras, micoses e bolhas. As principais bactérias relacionadas com o problema são os estreptococos do grupo A e Staphylococcus aureus.

A doença provoca sintomas como vermelhidão, calor e dor local. As lesões da celulite destacam-se por serem dolorosas, com bordas mal delimitadas e que não crescem centrifugamente. O tratamento da celulite infecciosa é feito com a administração de antibióticos específicos e deve ser realizado imediatamente após o diagnóstico da doença, uma vez que a celulite pode evoluir para sepse.

Leia também: Gangrena — uma das consequências da evolução de uma infecção bacteriana

Resumo sobre celulite infecciosa

  • Celulite infecciosa é uma doença grave causada por bactérias e que necessita de tratamento imediato.

  • Provoca lesão dolorosa e com bordas mal delimitadas.

  • Pode cursar para infecção generalizada.

  • O tratamento da celulite infecciosa envolve o uso de antibióticos e pode demandar internação.

  • Celulite infecciosa e celulite comum, que consiste em ondulações na pele, são problemas distintos.

O que é celulite infecciosa?

Celulite infecciosa é uma infecção bacteriana que acomete as camadas mais profundas da pele, atingindo a derme e o tecido subcutâneo. É importante destacar que celulite infecciosa não é o mesmo que celulite comum, que provoca ondulações na pele — por exemplo, na região das pernas e glúteos.

Esse outro problema recebe a denominação de lipodistrofia ginoide e, apesar de também ser chamado de celulite, ocorre devido ao acúmulo de gordura embaixo da pele e não é decorrente da ação de bactérias.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que causa a celulite infecciosa?

A celulite infecciosa é uma doença causada por bactérias, em especial os estreptococos do grupo A e Staphylococcus aureus. Essas bactérias penetram na pele por meio de lesões no órgão, tais como feridas, bolhas, úlceras e micoses. É importante destacar que não se trata de uma doença contagiosa.

Veja também: Hanseníase — doença de pele que já foi conhecida como “lepra” e gerou muito preconceito no passado

Quais são os sintomas da celulite infecciosa?

Inicialmente, a celulite infecciosa provoca sintomas como:

  • vermelhidão;

  • dor;

  • calor local.

Os locais mais acometidos pela doença são os membros inferiores e a face. À medida que a infecção avança, podem surgir outros sintomas, como:

  • febre;

  • calafrios;

  • mal-estar.

As lesões provocadas pela celulite infecciosa são dolorosas e, em geral, apresentam bordas mal delimitadas que se estendem ao tecido subcutâneo. A lesão, diferentemente do observado na erisipela, não cresce centrifugamente. Além disso, em casos mais graves, pode-se observar a formação de bolhas e necrose.

Perna de uma pessoa com lesões vermelhas provocadas pela celulite infecciosa.
A celulite infecciosa provoca lesões vermelhas, dolorosas e quentes na pele.

Qual o perigo da celulite infecciosa?

É importante destacar que celulite infecciosa é um problema grave de saúde, uma vez que pode evoluir para infecção generalizada. Assim sendo, diante de qualquer sintoma, é fundamental procurar um médico para evitar o agravamento do quadro e complicações.

Tratamento da celulite infecciosa

O tratamento deve ser iniciado imediatamente após o diagnóstico da doença, o qual é feito baseando-se, principalmente, nas manifestações clínicas apresentadas pelo paciente. O tratamento da celulite infecciosa envolve o uso de antibióticos específicos. Em quadros mais graves, recomenda-se a hospitalização do paciente.

Saiba mais: Furúnculo — inflamação na pele que também é causada por bactérias do gênero Staphylococcus

Prevenção da celulite infecciosa

Para se prevenir da celulite infecciosa, é importante sempre manter limpas as feridas, picadas e qualquer outra lesão de pele e nunca tocar em lesões com as mãos sujas. Manter a higiene pessoal é fundamental para reduzir os riscos de desenvolver essa condição.

Publicado por Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos Relacionados

Bactérias
Amplie seus conhecimentos sobre as bactérias, organismos unicelulares que podem ser encontrados em colônias!
Camadas da pele
Conheça mais sobre a estrutura da pele e suas camadas.
Erisipela
Quer saber mais sobre a erisipela? Clique aqui e descubra o que é essa doença, quais são seus sintomas e qual é o tratamento disponível atualmente.
Furúnculo
Você sabe o que é furúnculo? Clique aqui e saiba mais sobre essa inflamação que causa lesões dolorosas, quentes e ricas em pus.
Hanseníase
Clique aqui e leia sobre a hanseníase. Saiba o que é a hanseníase, sua forma de transmissão e seu tratamento. Confira nossa tabela dos principais sintomas da doença.
video icon
Texto"Matemática do Zero | Teorema de Pitágoras" em fundo azul.
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Teorema de Pitágoras
Nessa aula veremos que o teorema de Pitágoras está relacionado a um triângulo retângulo. Nesta figura, temos o lado oposto ao ângulo de 90º, chamado hipotenusa, e os outros dois lados são catetos. O Teorema de Pitágoras afirma que o quadrado da hipotenusa é igual à soma dos quadrados dos catetos.